Manuel Sanchís Martínez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Sanchís
Manuel Sanchís
Informações pessoais
Nome completo Manuel Sanchís Martínez
Data de nasc. 26 de março de 1938
Local de nasc. Alberique, Espanha
Nacionalidade espanhol
Falecido em 28 de outubro de 2017 (79 anos)
Local da morte Madrid, Espanha
Altura 1,71 m
Informações profissionais
Posição Defensor
Clubes de juventude
Espanha CD Condal
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1955-1961
1961-1964
1965-1971
1971-1972
Condal
Valladolid
Real Madrid
Córdoba
Seleção nacional
1965–1967 Flag of Spain.svg Espanha 11 (1)

Manuel Sanchís Martínez (Alberique, 26 de março de 1938Madrid, 28 de outubro de 2017)[1] foi um futebolista e treinador espanhol, atuava como defensor.[2] Ele fez sucesso no Real Madrid. Ele jogou em 213 jogos na Liga ao longo de dez temporadas. Ele jogou pela Seleção Espanhola de Futebol durante quase dois anos e jogou a Copa do Mundo de 1966.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sanchís nasceu em Alberic, Valência. Durante sua carreira, ele representou o CD Condal, o Real Valladolid, o Real Madrid e o Córdoba CF.

Ele foi membro dos mais bem sucedidos times do Real Madrid em meados dos anos 60 que conquistou quatro campeonatos da Liga em cinco anos, ganhando também a Liga dos Campeões de 1965-66 (nesta competição, ele fez 35 jogos com a camisa do Real Madrid).

Na Seleção[editar | editar código-fonte]

Manuel Sanchís fez parte do elenco da Seleção Espanhola de Futebol da Copa do Mundo de 1962. Ele fez três partidas e um gol frente a Suíça, no empate em 1-1.

Carreira como Técnico[editar | editar código-fonte]

Depois de se aposentar, Sanchís começou a trabalhar como treinador. Depois de começar com os jovens do Real Madrid, ele também treinou o CD Tenerife na segunda divisão antes de assumir o comando da seleção nacional da Guiné Equatorial.

À medida que a nação estava imersa em uma situação que levaria ao golpe de Estado contra Francisco Macías Nguema, as instalações esportivas do país sofreram uma profunda falta de investimento, e Sanchís finalmente deixou seu posto e retornou ao seu país.

Morte [editar | editar código-fonte]

Sanchís morreu em 28 de outubro de 2017 em Madri aos 79 anos, de embolia pulmonar .  

Títulos[editar | editar código-fonte]

Real Madrid 

Referências

  1. «Muere Sanchís padre». ABC.es. 28 de outubro de 2017. Consultado em 28 de outubro de 2017. 
  2. «Perfil na BDF». Consultado em 4 de março de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]