Ignacio Zoco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ignacio Zoco
Ignacio Zoco
Ignacio Zoco (1971)
Informações pessoais
Nome completo Ignacio Zoco Esparza
Data de nasc. 31 de julho de 1939
Local de nasc. Garde, Espanha,
Nacionalidade espanhol
Falecido em 28 de setembro de 2015 (76 anos)
Altura 1.84
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1957–1959
1959–1962
1959
1962–1974
Espanha Oberena
Espanha Osasuna
Espanha Iruña
Espanha Real Madrid

40 (4)

318 (8)
Seleção nacional
1961-1969 Flag of Spain.svg Espanha 26 (1)

Ignacio Zoco (Garde, 31 de julho de 193928 de setembro de 2015) foi um futebolista espanhol que jogava de zagueiro entre 1957 e 1959.[1] Ele jogou por 12 anos no Real Madrid, ele jogou em mais de 300 jogos oficiais e ganhou 10 títulos.

Zoco jogou 20 vezes com a Espanha, ganhando a Campeonato Europeu de Futebol de 1964 e jogou a Copa do Mundo FIFA de 1966.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sua carreira profissional começou no Osasuna, onde jogou de 1959 a 1962 e se destacou por sua presença física (1,84 m). 

Em 1962, ele assinou pelo Real Madrid, onde jogaria por doze temporadas, coincidindo com um dos tempos mais gloriosos do clube. Zoco no Real Madrid ganhou 7 Ligas e 1 Liga dos Campeões, a de 1966 , ganhando do Partizan na final por 2-1. 

Em 1974, ano de sua aposentadoria, ele se casou com a cantora e compositora espanhola María Ostiz, nombre artístico de María Dolores Ostiz Espila (Avilés, Asturias, 8 de junio de 1944). 

Após a sua aposentadoria, ele permaneceu ligado ao Real Madrid como membro do conselho de ex-jogadores do clube. 

Na Seleção[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira esportiva, Zoco vestiu 25 vezes a camisa da Espanha, fazendo 1 gol.

Ele estreou, ainda jogando pelo Osasuna, em 19 de abril de 1961 em Cardiff, contra o País de Gales (partida vencida pela Espanha por 2-1) em partida válida para a eliminatória da Copa do Mundo de 62.

Disputou seu último jogo em 23 de fevereiro de 1969 em Liège, contra a Bélgica (uma partida vencida pela Bélgica, também 2-1) em partida válida pelas as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1970. 

Ignacio Zoco fez parte do elenco da Seleção Espanhola de Futebol da Copa do Mundo de 1962, ele foi o capitão da esquadra,[2]e também participou do Campeonato Europeu de Futebol em 1964.

Estilo de Jogo[editar | editar código-fonte]

Zoco foi um jogador de grande força, sem grandes qualidades técnicas, mas com uma presença importante no campo e grande habilidade para destruir o jogo do oponente. Devido a essas características, ele foi usado como volante e, às vezes, também como defesor.

Morte[editar | editar código-fonte]

Ignacio Zoco morreu em 28 de setembro de 2015. Seus restos mortais foram transferidos para o cemiterio de La Paz (Alcobendas). Na quarta-feira, 30 de setembro, ele foi enterrado no cemitério de Pamplona. O Real Madrid, CF juntou-se à dor de sua família, mostrando suas condolências por sua morte.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]