Marco Bode

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marco Bode
Informações pessoais
Nome completo Marco Bode
Data de nasc. 23 de julho de 1969 (47 anos)
Local de nasc. Osterode am Harz, Alemanha Ocidental Alemanha Ocidental
Altura 1,90 m
Esquerdo
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia-atacante/Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
–1988 Alemanha Oriental VfR Osterode
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1988–2002 Alemanha Oriental/Alemanha Werder Bremen 379 (101)
Seleção nacional
1989
1995-2002
Alemanha Oriental Alemanha Ocidental Sub-19
Bandeira da Alemanha Alemanha
4 (2)
40 (9)

Marco Bode (Osterode am Harz, 23 de julho de 1969) é um ex-futebolista alemão que atuava como meia-atacante ou lateral-esquerdo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jogou pelo clube de sua cidade, o VfR Osterode, depois se transferiu para o time amador do Werder Bremen. Ele foi descoberto por Otto Rehhagel e logo foi promovido para a equipe profissional em 1989.[1]

Entre 1989 e 2002, Bode jogou 379 partidas pela equipe principal do Werder, marcando 101 gols, tornando-se, até abril de 2016, o recordista de gols marcados pelo time, quando foi superado pelo peruano Claudio Pizarro.

Apesar de algumas ofertas através de principais clubes europeus, principalmente o Bayern de Munique, ele permaneceu leal ao Werder Bremen, se aposentando um pouco depois da Copa de 2002. Também era conhecido pelas várias entrevistas inteligentes na TV.

Seleção Alemã[editar | editar código-fonte]

De 1995 a 2002, participou de 40 partidas pela seleção alemã, marcando 9 gols. Disputou a final da Eurocopa de 1996 e a Copa de 2002, marcando um gol contra Camarões. Aquele foi seu último gol com a camisa do Nationaleif. Despediu-se da Seleção na final da Copa, contra o Brasil, onde não saiu do banco de reservas.

Referências

  1. «Perfil em Fussballdaten». Consultado em 22 de março de 2016.