Na Estrada da Vida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Na estrada da vida
 Brasil
1980 •  cor •  100 min 
Direção Nelson Pereira dos Santos
Roteiro Chico de Assis
Elenco Nádia Lippi
Milionário & José Rico
Turíbio Ruiz
Género musical
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Na Estrada da Vida é um filme brasileiro de 1980, do gênero musical, dirigido por Nelson Pereira dos Santos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme conta as dificuldades vividas pela dupla Milionário & José Rico até atingerem o sucesso, mostrando perfeitamente, como é difícil pessoas humildes mostrarem seu talento. A própria dupla encena sua trajetória como pintores de paredes para sobreviver e apresentando-se em circos, inclusive levando calotes, dormindo em pastos abertos, alimentando-se com laranjas até conseguirem gravar o primeiro LP. Porém, a gravação do primeiro LP não significou para a dupla, que o sucesso estava garantido, tiveram que batalhar e muito para alcançar a tão sonhada consagração, que veio através de um "milagre", pois há no filme, um relato interessante, a dupla foi até o Santuário de Aparecida, e, ao entrarem na Igreja, pediram para que a Santa se tornasse a "Chefe", para que as pessoas compreendessem a música da dupla, que falava de amor, natureza, do povo, e como não tinham nada para oferecer à Santa, deixaram um disco no altar como presente. O Padre, deparou-se com o disco e imaginou que quem o tinha deixado na Igreja não precisava de nada, e mandou entregar o disco na rádio de Aparecida para que os programadores vissem se o mesmo poderia ser aproveitado. O locutor ouvir, gostou e resolveu tocar o disco. A partir desse momento, Nossa Senhora Aparecida já era a "Chefe" da dupla.


Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Ritter Fan em sua crítica para o Plano Crítico disse que o filme é "mais do que uma história linear, A Estrada da Vida é um estudo da alma humana e da necessidade que temos de salvação."[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ritter Fan (11 de junho de 2016). «Crítica - A Estrada da Vida». www.planocritico.com. Consultado em 24 de outubro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.