Paddington (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paddington
Paddington (PT)
As Aventuras de Paddington (BR)
 Reino Unido
 França

2014 •  cor •  95 min 
Realização Paul King
Produção David Heyman
Produção executiva Bob Weinstein
Harvey Weinstein
Argumento Paul King
Hamish McColl
Baseado em Paddington Bear de Thomas Michael Bond
Elenco
Género Comédia
Música Nick Urata
Cinematografia Erik Wilson
Edição Mark Everson
Companhia(s) produtora(s) Heyday Films
StudioCanal
Distribuição Reino Unido StudioCanal
Brasil Diamond Films[1]
Portugal NOS Audiovisuais[2]
Lançamento Reino Unido 28 de novembro de 2014
França 3 de dezembro de 2014
Brasil 4 de dezembro de 2014
Portugal 12 de março de 2015
Angola 3 de abril de 2015
Idioma Inglês
Orçamento US$ 55 milhões[3]
( 38,5 milhões)
Receita US$ 268 047 808[3]
Cronologia
Paddington 2
(2017)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Paddington (As Aventuras de Paddington (título no Brasil) ou Paddington (título em Portugal)) é filme anglo-francês de comédia, realizado por Paul King, escrito por ele e Hamish McColl, e produzido por David Heyman. Foi baseado em Paddington Bear de Michael Bond, o filme mistura live-action e animação digital. O filme contou com a participação de Ben Whishaw que foi o dublador do protagonista, Hugh Bonneville, Sally Hawkins, Julie Walters, e Nicole Kidman. Foi lançado no Reino Unido em 28 de novembro, na França em 3 de dezembro e no Brasil em 4 de dezembro de 2014, em Portugal o filme foi lançado em 12 de março de 2015 e em Angola em 3 de abril de 2015.

O próximo filme será: "As Aventuras de Paddington 2" que vai estrear em 2017 com data especifica.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Nas mais escuras e profundas selvas do Peru, um geógrafo chamado Montgomery Clyde acha uma família de ursos semi-inteligentes, e então ele aprende que eles podem aprender Inglês e tem um apetite profundo por doces. Ele diz que sempre serão bem-vindos, se quiserem vir para o Reino Unido. Os ursos Lucy e Pastuzo, vivem em harmonia com seu sobrinho. Um dia, um terremoto atinge o lar deles, forçando-os a procurar um abrigo subterrâneo. Pastuzo é incapaz de alcançar o abrigo depois de se distrair vendo sua casa ser destruída e desaparecer (mas Paddington recupera o chapéu), e Lucy incentiva o sobrinho a ir encontrar refúgio em Londres enquanto ela vai para uma casa de repouso com os ursos velhos.

O jovem urso chega a Londres, mas não consegue encontrar um lar, até que ele é adoptado pela família Brown, que lhe dá o nome de Paddington. Henry Brown está convencido de que Paddington fique apenas uma noite, até eles encontrarem um lugar para ele viver permanentemente. Paddington provoca uma série de estragos em toda a casa, que levam a família a loucura. Paddington acredita que ele possa encontrar uma casa com o explorador que encontrou ele, o senhor Montgomery Clyde. Os Browns descobrem que o chapéu de Paddington, dado a ele por Pastuzo, é um artefato valioso de Clyde, e assim leva-o a uma loja de antiguidades para achar Clyde.

Enquanto isso, uma museóloga sádica taxidermista Millicent captura materiais e animais exóticos para exposição no Museu de História Natural de Londres. Quando ela fica sabendo de Paddington, ela imediatamente tenta caçá-lo. Com a ajuda do Sr. Brown, Paddington localiza arquivos que revelam uma série de nomes que correspondam ao "Clyde", e usam listas telefônicas para rastrear os endereços de cada um. Paddington fica sozinho em casa, Millicent, planeando com o vizinho dos Brown, o Sr. Curry, vão e tentam capturar Paddington, ele foge, mas parte da casa é destruída pelas chamas. Os Browns não acreditam na história de Paddington, e diz que ele deve se mudar para uma nova casa, logo que possível. Paddington, se sentindo indesejado nos Browns, sai e tenta localizar Montgomery Clyde sozinho. Quando ele finalmente acha a casa, ele descobre que Clyde morreu há muitos anos, e que Millicent é realmente sua filha, e ficou amarga por seu pai por perder o seu emprego de filiação com o museu, porque ele tinha mudado e se recusou a trazer um valioso urso peruano ao museu, que teria feito dele o homem mais rico do mundo feito. Ela está determinada a ter sucesso onde seu pai falhou e ser rica e famosa. Millicent consegue tranquilizar Paddington e prepara ele para empalhar, mas o Sr. Curry trai ao descobrir suas verdadeiras intenções e informa a família Brown dos acontecimentos. Eles imediatamente correm para salvar Paddington, que está preso no museu. Eles conseguem resgatá-lo, e Paddington joga um sanduíche de marmelada em Millicent, o que atrai um enorme bando de pombos.

No final, os Browns adotam Paddington à família e Millicent é condenada a serviço comunitário em um zoológico. Paddington escreve a Tia Lucy, dizendo que ele está feliz e encontrou finalmente um lar.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens Reino Unido Original Portugal Portugal
Paddington Ben Whishaw (voz)[4] Luís Franco-Bastos[5]
Henry Brown Hugh Bonneville[6]
Mary Brown Sally Hawkins[6]
Judy Brown Madeleine Harris[6]
Jonathan Brown Samuel Joslin[6]
Sra. Bird Julie Walters[6]
Millicent Clyde Nicole Kidman[7] Ana Guiomar[5]
Samuel Gruber Jim Broadbent[6]
Sr. Curry Peter Capaldi António Machado[5]
Tia Lucy Imelda Staunton (voz)
Tio Pastuzo Michael Gambon (voz)
Montgomery Clyde Tim Downie
Barry Simon Farnaby
Joe Matt Lucas
Andre, o Ladrão Matt King
Cavalheiro Bondoso Michael Bond

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi anunciado em 2007 com David Heyman como produtor e Hamish McColl como argumentista.[8] Os desenvolvimentos do filme não foram feitos até 2013, quando as filmagens se iniciaram, Heyman anunciou o lançamento do elenco, e Colin Firth seria a voz de Paddington. Com um orçamento total de 38,5 milhões de euros (R$ 134 milhões), Paddington é o filme mais caro produzido pela produtora francesa StudioCanal.[9][10][11] A filmagem e as produções começaram em 13 de setembro de 2013.[12] Em junho de 2014, após a filmagem principal se enrolar, Firth saiu voluntariamente do filme após o estúdio decidir que sua voz não era adequada para Paddington.[13] O papel foi reformulado no mês seguinte, com Ben Whishaw assinando o contrato para atuar como protagonista.[4] Paddington foi criado usando animação digital (pela empresa britânica Framestore,)[14] com uma cabeça mecânica do personagem principal sendo usada em conjunto para ajudarem os atores a interagirem com ele. Bob Weinstein e Harvey Weinstein serviram como produtores executivos do filme.[15]

Música[editar | editar código-fonte]

Nick Urata compôs a banda sonora do filme.[16]

Home media[editar | editar código-fonte]

Paddington foi lançado em Blu-ray e DVD em 23 de março de 2015 no Reino Unido e será lançado em 28 de abril de 2015 nos Estados Unidos.[17]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Evento Categoria Destinatário(s) Resultado
68.º British Academy Film Awards[18] Prémio Alexander Kordafor de Melhor Filme Britânico David Heyman e Paul King Indicado
Melhor Roteiro Adaptado Paul King Indicado
20.º Empire Awards[19] Melhor Filme Britânico David Heyman e Paul King Indicado
Melhor Comédia Cinematográfica David Heyman e Paul King Venceu
41.º Prémio Saturno Melhor Filme de Fantasia David Heyman e Paul King Indicado

Referências

  1. «As Aventuras de Paddington». Diamond Films Brasil 
  2. «Paddington (2014)». filmSPOT 
  3. a b «Paddington : Total Lifetime Grosses : Worldwide:» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 11 de novembro de 2017. Arquivado do original em 11 de novembro de 2017 
  4. a b Yamato, Jen (17 de julho de 2014). «Bear Necessity: Ben Whishaw To Voice CG 'Paddington'» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 19 de novembro de 2014 
  5. a b c «Paddington é o filme mais visto». Diário de Notícias. 16 de março de 2015. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  6. a b c d e f Patten, Dominic (15 de novembro de 2013). «TWC-Dimension Sets 'Paddington' For December 2014 Release» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 4 de fevereiro de 2014 
  7. «Nicole Kidman: Paddington film is too vicious for my children to see». The Daily Telegraph (em inglês). 5 de setembro de 2014. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  8. Adam Dawtrey (13 de setembro de 2007). «WB bears down on 'Paddington' film» (em inglês). Variety. Consultado em 4 de fevereiro de 2014 
  9. «"Paddington" : Canal+ va produire le film le plus cher de son histoire». ozap.com (em francês). Consultado em 19 de novembro de 2014 
  10. Kemp, Stuart (5 de outubro de 2012). «'Harry Potter' Producer David Heyman to Adapt 'Paddington Bear'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 20 de novembro de 2014 
  11. Jaafar, Ali (28 de novembro de 2014). «'Paddington': Potential Game-Changer For Studiocanal; Euro Major Bares Ambition». Deadline.com (em inglês). Consultado em 28 de novembro de 2014 
  12. «Paddington Starts Principal Photography, Full Cast Announced» (em inglês). ComingSoon.net. 13 de setembro de 2013. Consultado em 16 de junho de 2014 
  13. Busis, Hillary (17 de junho de 2014). «Colin Firth leaving as voice of 'Paddington' movie» (em inglês). Insidemovies.ew.com. Consultado em 17 de junho de 2014 
  14. «Great campaign to feature in Paddington film : VisitBritain Corporate site» (em inglês). Consultado em 25 de novembro de 2014 
  15. «Paddington Bear (helped by Colin Firth and Nicole Kidman) goes to Hollywood - Daily Mail Online». Mail Online (em inglês). 6 de março de 2014 
  16. «Nick Urata to Score 'Paddington'» (em inglês). filmmusicreporter.com. 17 de setembro de 2014. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  17. http://www.blu-ray.com/movies/Paddington-Blu-ray/119575/
  18. «BAFTA Film Awards 2015: Full list of winners». NME.COM (em inglês). 8 de fevereiro de 2015. Consultado em 25 de fevereiro de 2015 
  19. «20th Empire Awards». screendaily.com. Consultado em 25 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]