Pagan Poetry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2014)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
"Pagan Poetry"
Single de Björk
do álbum Vespertine
Lado B "Domestica"
"Batabid"
Lançamento Novembro de 2001
Formato(s) CD Single
Gênero(s) Eletrônica
Duração 5:14
Gravadora(s) One Little Indian
Composição Björk
Produção Björk, Marius De Vries
Cronologia de singles de Björk
Hidden Place
(2001)
Cocoon
(2002)

Pagan Poetry é uma música do álbum Vespertine de 2001, da cantora islandesa Björk.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A música é composta de caixinhas de música, coros, harpas entre outras inovações. A letra da música tem ênfase em uma mulher que ao que parece, tem medo de perder seu amor. Há a parte da música em que Björk canta "This time, I'm gonna keep it to myself. It makes me want to hand myself over", ("agora, eu vou deixar isso para mim mesma. Isso me faz querer me entregar"), seguida por um coro nas letras She loves him, she loves him (ela o ama, ela o ama).

Lista de Faixas[editar | editar código-fonte]

CD1[editar | editar código-fonte]

  1. "Pagan Poetry" (Video Edit) — 4:02
  2. "Pagan Poetry" (Matthew Herbert Handshake Mix) — 6:16
  3. "Aurora" (Opiate Version) — 4:06

CD2[editar | editar código-fonte]

  1. "Pagan Poetry" — 5:14
  2. "Domestica" — 3:25
  3. "Batabid" — 2:26

DVD[editar | editar código-fonte]

  1. "Pagan Poetry" (Videoclipe) — 4:02
  2. "Pagan Poetry" (Matthew Herbert Handshake Mix) — 6:16
  3. "Aurora" (Opiate Version) — 4:06

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O clipe de Pagan Poetry causou escândalo quando foi lançado. O diretor entregou uma filmadora caseira a Björk para que gravasse seus momentos íntimos com seu marido. Posteriormente as imagens foram digitalizadas e ganharam um aspecto abstrato, então foram adicionadas ao clipe. Pode-se constatar, por exemplo, imagens de penetrações e felações, porém muito abstratas. Também há imagens de pérolas sendo costuradas em partes de seu corpo. Björk também aparece seminua usando um vestido desenhado pelo estilista inglês Alexander McQueen que não cobre seus seios, exibindo grandes piercings nos seus mamilos ligados a cordões de pérolas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]