Pandemia de COVID-19 em São Vicente e Granadinas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na América
Pandemia de COVID-19 em 2020 em São Vicente e Granadinas
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Reino Unido
Local Trindade e Tobago
Período 11 de março de 2020
(23 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 1
Mortes 0
Casos que recuperaram 0

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus de 2020 em São Vicente e Granadinas e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 11 de março, São Vicente e Granadinas confirmou o primeiro caso de COVID-19 no país, tratando-se de um paciente que havia viajado do Reino Unido para São Vicente e Granadinas via Barbados.[1][2][3]

Referências

  1. «Foreign travel advice - St Vincent and the Grenadines». Governo do Reino Unido. 11 de março de 2020. Consultado em 25 de março de 2020 
  2. Wong, Melissa (11 de março de 2020). «St Vincent and the Grenadines confirms coronavirus case». Loopnews Barbados. Consultado em 25 de março de 2020 
  3. «St. Vincent gearing for coronavirus». Buzz. 9 de março de 2020. Consultado em 25 de março de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.