Pandemia de COVID-19 na Bielorrússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Europa
Pandemia de COVID-19 em 2020 na Bielorrússia
COVID-19 Outbreak Cases in Belarus.svg
Mapa das províncias com casos confirmados de novo coronavírus (em 13 de março):
  Casos confirmados
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Irã
Local Bielorrússia
Período 28 de fevereiro de 2020
(1 mês e 6 dias)
Início Minsk
Estatísticas globais
Casos confirmados 152
Mortes 0
Casos que recuperaram 47

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus de 2020 na Bielorrússia e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 28 de fevereiro, a Bielorrússia confirmou o primeiro caso de COVID-19 no país. Um dia antes, um estudante do Irã testou positivo e foi enviado ao hospital em Minsk.[1][2] O indivíduo havia chegado na Bielorrússia por meio de um voo de Baku, no Azerbaijão, em 22 de fevereiro.[1][3]

Até 3 de março, 3 casos haviam sido confirmados.[4] Em 4 de março, o Ministério da Saúde confirmou 6 novos casos da doença, sendo 4 de Minks e dois casos de Vitebsk.[5]

Em 13 de março, 27 novos casos foram confirmados em Grodno, Gomei, Minsk, Vitebsk e Minsk Oblast, incluindo 5 estudantes da Faculdade de Relações Internacionais da Universidade Estadual da Bielorrússia. Três pacientes receberam alta do hospital.[6][7][8]

Em 16 de março, o Ministério da Saúde local afirmou que o número de infectados havia subido para 36.[9] Em 17 de março, nenhuma confirmação foi informada.[10] Até 18 de março, um total de 51 caso foram confirmados, incluindo 5 recuperações e 37 novos casos assintomáticos.[11][12]

Referências

  1. a b «У Беларусі зарэгістраваны завазны выпадак каронавіруса». minzdrav.gov.by (em russo). Consultado em 4 de março de 2020 
  2. «Belarus announces first case of coronavirus: TASS». Reuters (em inglês). 28 de fevereiro de 2020. Consultado em 4 de março de 2020 
  3. «Four Lawmakers In Iran Test Positive As Coronavirus Forces Cancellation Of Friday Prayers». RadioFreeEurope/RadioLiberty (em inglês). Consultado em 4 de março de 2020 
  4. «minzdrav.gov.by». minzdrav.gov.by (em russo). Consultado em 4 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  5. «minzdrav.gov.by». minzdrav.gov.by (em russo). Consultado em 4 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  6. https://sputnik.by/health/20200313/1044173360/Minzdrav-prokommentiroval-massovuyu-gospitalizatsiyu-studentov-FMO-BGU.html
  7. «Belarus has 27 cases of coronavirus: health ministry». Reuters. 13 de março de 2020. Consultado em 13 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  8. Гуштын, Адар'я (13 de março de 2020). «Пациентов с коронавирусом в Беларуси уже 27». Tut.by (em russo). Consultado em 13 de março de 2020 
  9. «Belarus registers 36 coronavirus cases, health ministry says». TASS. 16 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  10. «Коронавирус в Беларуси. Ситуация на 17 марта» [Coronavirus in Belarus. The situation on 17 March.] (em russo). 17 de março de 2020. Consultado em 17 de março de 2020. Cópia arquivada em 17 de março de 2020 
  11. «Ситуация с коронавирусной инфекцией расценивается, как контролируемая». minzdrav.gov.by (em russo). 18 de março de 2020. Consultado em 18 de março de 2020 
  12. «В Беларуси зафиксирован 51 случай коронавируса». minzdrav.gov.by (em russo). 18 de março de 2020. Consultado em 18 de março de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.