Pedra fundamental de Brasília

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedra fundamental de Brasília
Construção 7 de setembro de 1922
Material Concreto, alvenaria e ferro
Inscrições "Sendo Presidente da República o Excelentíssimo Senhor Dr. Epitácio da Silva Pessoa, em cumprimento ao disposto no decreto n.º 4.494 de 18 de janeiro de 1922, foi aqui colocada em 07 de setembro de 1922 ao meio-dia, a Pedra Fundamental da Futura Capital dos Estados Unidos do Brasil"
Altura 3.75m
Local atual Morro do Centenário  Distrito Federal
Data de instalação 7 de setembro de 1922
O monumento na Bandeira de Planaltina.

A pedra fundamental de Brasília é um obelisco construído como monumento arquitetônico de pedra fundamental de Brasília.

Localização[editar | editar código-fonte]

O obelisco está localizada no Morro do Centenário a 1033 metros de altitude e 47º39' de longitude, a exatamente 9 km de Planaltina, onde também se localiza a Igreja de São Sebastião, que tem aproximadamente 200 anos, contrastando com a idade real da cidade mais velha do Distrito Federal, a cidade de Planaltina.

História[editar | editar código-fonte]

Para comemorar o centenário da Independência, em 7 de setembro de 1922, ao meio dia, o presidente dos Estados Unidos do Brasil, Epitácio Pessoa, faz assentar a pedra fundamental da futura capital do país a dez quilômetros de Planaltina. Baseada no sonho de Dom Bosco, a pedra fundamental caracteriza o ponto central do Brasil, "entre os paralelos 15 e 20 graus."[1]

Missão quase impossível[editar | editar código-fonte]

O decreto para o assentamento da pedra fundamental foi assinado por Epitácio Pessoa em janeiro de 1922, mas o diretor da Estrada de Ferro Goiás em Araguari (MG), Balduíno Ernesto de Almeida, somente foi informado pelo Inspetor de Estradas de Ferro, Palhano de Jesus, por telegrama em 27 de agosto. Ou seja, somente a dez dias do Centenário ele soube que teria que erguer o monumento no Retângulo Cruls, a 450 km dali, e inaugurá-lo de forma solene, exatamente ao meio-dia de 7 de setembro.[2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

O Obelisco tem forma piramidal de base quadrada com 3,75 m de altura, a contar das fundações. As suas faces estão orientadas pelos pontos cardeais. A Placa comemorativa está situada na face oeste, na qual está escrito: "Sendo Presidente da República o Excelentíssimo Senhor Dr. Epitácio da Silva Pessoa, em cumprimento ao disposto no decreto n.º 4.494 de 18 de janeiro de 1922, foi aqui colocada em 07 de setembro de 1922 ao meio-dia, a Pedra Fundamental da Futura Capital dos Estados Unidos do Brasil".[1] O marco geodésico encontra-se a sete metros do monumento, a 7,5 km da cidade de Planaltina e a 24 km a NE da estação rodoviária de Brasília (em linha reta), em concreto, com chapa do IBGE cravada no topo, numa caixa com tampa móvel e de ferro fundido.

Características ambientais[editar | editar código-fonte]

A pedra foi assentada no ponto mais elevado do Morro do Centenário, proporcionando uma visão da área em todas as direções. A praça que a entorna, contribui par o bem-estar dos visitantes com passeios e bancos de concreto, existindo também, um heliporto para os visitantes que desejam locomover-se de helicóptero.

Referências