Raúl Bentancor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raúl Bentancor
Informações pessoais
Nome completo Raúl Higino Bentancor Ferraro
Data de nasc. 11 de janeiro de 1930
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Falecido em 3 de maio de 2012
(82 anos)
Local da morte Montevidéu, Uruguai
Apelido Bigode que Joga
Informações profissionais
Posição Meia-atacante / Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19471957
1958
19591963
Uruguai Danubio
Uruguai Montevideo Wanderers
Brasil Sport
Seleção nacional
Flag of Uruguay.svg Uruguai
Times/Equipas que treinou
1965–1970
1971–1972
1973
1975–1976
1977
1979
1980
1981
1982–1983
1985
1986
1987–1988
Brasil Sport
Uruguai Danubio
Uruguai Bella Vista
Uruguai Danubio
Flag of Uruguay.svg Uruguai
Flag of Uruguay.svg Uruguai (juvenil)
Uruguai Bella Vista
Flag of Uruguay.svg Uruguai (juvenil)
Uruguai Bella Vista
Uruguai Danubio
Flag of Uruguay.svg Uruguai (juvenil)
Costa Rica Deportivo Saprissa

Raúl Higino Bentancor Ferraro (Montevidéu, 11 de janeiro de 19303 de maio de 2012) foi um futebolista e treinador uruguaio que atuava como meia-atacante. É o avô materno do também futebolista Alejandro Lembo.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Bentancor defendeu as cores do Danubio por uma década, entre 1947 e 1957, pelo qual disputou 280 partidas[2] e com o qual foi vice-campeão uruguaio em 1954. Em 1958, transferiu-se ao Montevideo Wanderers.

Em 1959, mudou-se para o Brasil, onde vestiu a camisa do Sport Club do Recife por indicação do também uruguaio Walter Morel, que atuava no clube.[3] Esteve presente nas conquistas do Campeonato Pernambucano de 1961 e 1962. É o oitavo maior artilheiro do clube,[4] com 91 gols marcados com a camisa rubro-negra em 254 jogos. Bentancor atuou na equipe pernambucana até 1963, quando encerrou a carreira de futebolista.

Pela Seleção Uruguaia, foi pré-convocado para a Copa do Mundo de 1950 e jogou o Campeonato Sul-Americano de 1953.[5]

Treinador[editar | editar código-fonte]

Foi treinador do Sport entre 1965 e 1970. Também comandou Danubio, Bella Vista, Wanderers, Deportivo Saprissa da Costa Rica e equipes de base da Seleção Uruguaia.

Dirigindo a seleção nacional Sub-20, conquistou os Campeonato Sul-americanos em 1977 e 1979, além de obter uma terceira colocação (1979) e quarta (1977) colocação no Mundial da categoria. Também comandou a Seleção principal em 1977, em duas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 1978, contra Venezuela e Bolívia.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Sport

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção Uruguaia Sub-20
  • Campeonato Sul-americano Sub-20: 1977 e 1979

Referências

  1. ABC Color (4 de maio de 2012). «Falleció Raúl Bentancor, ex DT de la selección uruguaya» (em espanhol). Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  2. Folha de Pernambuco (5 de abril de 2017). «Danubio: celeiro de craques». Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  3. Vavel (24 de janeiro de 2015). «Sport e Uruguai: Uma relação histórica e marcante». Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  4. Jornal do Commercio (5 de abril de 2017). «Raúl Bentancor: o elo entre Sport e Danúbio». Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  5. RSSSF (18 de abril de 2008). «Southamerican Championship 1953» (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018. 
  6. La Prensa (5 de maio de 2012). «Falleció Don Raúl Bentancor» (em espanhol). Consultado em 11 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]