Rafail Levitsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rafail Levitsky
Ilya Repin (1878), Galeria Nacional da Finlândia
Nome completo Rafail Sergeevich Levitsky
Nascimento 1847
São Petersburgo, Império Russo
Morte 1940 (93 anos)
Leningrado, União Soviética
Nacionalidade russo
Área Pintura e fotografia
Formação Academia de Artes da Rússia
Movimento(s)
Patronos Alexandre II, Alexandre III, Nicolau II, Napoleão III

Rafail Sergeevich Levitsky em russo: Рафаи́л Сергее́вич Леви́цкий (São Petersburgo, 1847 - Leningrado, 1940) foi um pintor russo bastante ativo nos movimentos impressionista e dos Itinerantes. Além de pintor com patrocinadores entre a realeza russa, era também fotógrafo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rafail nasceu em 1847, em São Petersburgo, no seio de uma abastada família aristocrática.[1] Seu pai era o conde Sergei Lvovich Levitsky (1819–1898), um dos fundadores da fotografia na Rússia e um dos pioneiros da área na Europa. Era primo em segundo grau de Aleksandr Ivanovich Herzen (1812–1870), escritor e artista proeminente da época. Era grande amigo de Liev Tolstói.[1]

Além de pintor e professor de artes, era um proeminente fotógrafo, conhecido pelas fografias que fez da família do czar Nicolau II, o último imperador da Rússia.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1866, Rafail ingressou na Academia de Artes da Rússia, onde pode estudar com vários mestres da época no país, como Pavel Petrovich Chistyakov (1832–1919). Sob a orientação de Chistyakov, Rafail pode combinar as melhores tradições da academia com sua percepção da natureza. Foi a partir de suas aulas na academia que Chistyakov levou ao desenvolvimento do realismo na arte russa.[1][2] Em 1867, Rafail recebeu 2 medalhas de prata em exposições de arte e em 1872 recebeu duas honrarias.[2]

Em 1880, ele se juntou ao movimento dos Itinerantes, que rompeu com a formalidade e a rigidez da academia oficial de artes em nome do livre pensamento artístico. De 1884 até 1918, Rafail foi professor de desenho e pintura na Imperial Society for the Encouragement of the Arts, até que ela foi fechada pelos soviéticos.[2]

Morte[editar | editar código-fonte]

Rafail morreu em Leningrado, em 1947, aos 93 anos, após uma longa carreira. Hoje é reconhecido como um dos grandes nomes da arte russa e da fotografia.[1][2]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Russell, Jesse; Cohn, Ronald (2012). Rafail Levitsky. Dinamarca: Russel. p. 90. ISBN 9785511286808 
  2. a b c d e «Louis Valtat». Spoken Vision. Consultado em 15 de setembro de 2018 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rafail Levitsky