Reserva Extrativista de Arapiranga-Tromaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Reserva Extrativista de Arapiranga-Tromaí
Categoria VI da IUCN (Área Protegida de Manejo de Recursos)
A cidade de Carutapera (MA)
País Maranhão,  Brasil
Localidade mais próxima Carutapera e Luís Domingues
Dados
Área 186.908 ha
Criação 2018
Gestão ICMBio

A Reserva Extrativista de Arapiranga-Tromaí é uma unidade de conservação federal do Brasil categorizada como reserva extrativista e criada por Decreto Presidencial nº 9.339, de 5 de abril de 2018 numa área de 186.908 hectares no litoral ocidental estado do Maranhão. Fica localizada entre os municípios de Carutapera e Luís Domingues. [1]

A RESEX fica localizada na região conhecida como Reentrâncias Maranhenses, no litoral amazônico maranhense, e uma das regiões mais ricas em manguezais do país. Os rios Tromaí e Arapiranga banham a reserva.

Entre seus os objetivos estão: a proteção dos recursos naturais renováveis utilizados pela população extrativista de forma tradicional, valorizando e respeitando seu conhecimento e sua cultura; proteção das espécies marinhas da fauna ameaçada de extinção, em especial as áreas de reprodução, de alimentação e de abrigo do peixe-boi marinho (Trichechus manatus); proteção dos pontos de descanso, de alimentação e de reprodução de espécies de aves migratórias nas rotas neotropicais; e conservação dos bens e serviços ambientais costeiros prestados pelos manguezais, as praias, os campos de dunas e as lagunas da região. [2]

De acordo com dados do ICMBio, a unidade beneficiaria 5 mil famílias.[1]

Referências

  1. a b «RESEX de Arapiranga-Tromaí | Unidades de Conservação». uc.socioambiental.org. Consultado em 27 de outubro de 2018 
  2. «D9339». www.planalto.gov.br. Consultado em 27 de outubro de 2018