Rodrigo Castro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodrigo Castro
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Rodrigo Octávio Coelho da Rocha e Castro
Estilo nado livre
Nascimento 21 de dezembro de 1978 (38 anos)
Belo Horizonte,  Minas Gerais
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 81 kg Altura: 1.84 m
Medalhas
Campeonatos Mundiais – Piscina Curta
Bronze Indianápolis 2004 4x200m livre
Jogos Pan-Americanos
Ouro Rio de Janeiro 2007 4x200m livre
Prata Winnipeg 1999 4x200m livre
Prata Santo Domingo 2003 4x200m livre
Bronze Santo Domingo 2003 200m livre

Rodrigo Octávio Coelho da Rocha e Castro (Belo Horizonte, 21 de dezembro de 1978) é um nadador brasileiro.[1]

Formado em economia, passou a trabalhar na empresa de manutenção elétrica da família.[2]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Começou a nadar no Minas Tênis Clube e, aos 15 anos, ganhou a primeira medalha em campeonato brasileiro.[2] Aos 18 anos, foi convocado para a seleção brasileira adulta e, dois anos depois, passou a treinar e a estudar na Universidade do Estado da Luisiana.[2]

Participou dos Jogos Pan-Americanos de 1999 em Winnipeg, onde obteve a medalha de prata nos 4x200 metros livre,[3] obtida com a marca de 7m22s92, recorde sul-americano, junto com Gustavo Borges, André Cordeiro e Leonardo Costa.[4][5][6]

Participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000 em Sydney, onde ficou em 13º lugar nos 4x200 metros livre e em 33º lugar nos 200 metros livre.[1]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2002 realizado em Moscou, ficou em décimo lugar nos 200 metros livre[7] e em quarto lugar nos 4x200 metros livre.[8]

Participando do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2003 em Barcelona, Castro ficou em 18º nos 200 metros livre[9] e nono nos 4x200 metros livre.[10]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2003 em Santo Domingo, Castro obteve a medalha de bronze nos 200 metros livres, e a medalha de prata nos 4x200 metros livre, junto com Carlos Jayme, Rafael Mósca e Gustavo Borges.[11]

Foi aos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 em Atenas, onde ficou em nono lugar nos 4x200 metros livre, em 20º lugar nos 200 metros livre, e em 12º lugar nos 4x100 metros livre.[1]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2004 em Indianápolis, teve seus melhores resultados num mundial de curta: obteve a medalha de bronze no revezamento 4x200 metros livre[12] e também foi finalista dos 200 metros livres, terminando na oitava colocação.[13]

Esteve no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2006 em Xangai, onde ficou em sétimo lugar nos 200 metros livre[14] e em quinto lugar nos 4x200 metros livre.[15]

Participou do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2007 em Melbourne, e ficou em 36º lugar nos 200 metros livre[16] e em 11º lugar nos 4x200 metros livre.[17]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2007 no Rio de Janeiro, Rodrigo Castro conquistou a medalha de ouro no revezamento 4x200 metros livre[18] e ficou em quinto lugar nos 200 metros livre.[19]

Participando do Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2008 em Manchester, Castro ficou em sexto lugar nos 200 metros livres.[20]

Os Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim foram sua terceira Olimpíada. Ficou em 16º lugar nos 200 metros livre e nos 4x200 metros livres; também nadou os 4x100 metros livre, onde a equipe brasileira foi desqualificada.[1] Quebrou o recorde sul-americano de Gustavo Borges na prova dos 200 metros livre em piscina olímpica, que já durava dez anos, com o tempo de 1m47s87[21]. Após isto, pensou em encerrar sua carreira, mas continuou nadando oficialmente. Embora tenha perdido este recorde posteriormente, até hoje[22] ainda detém o recorde sul-americano da prova de revezamento 4x200 metros livre em piscina olímpica de 50 metros, com 7m09s71, feito realizado no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2009, junto com Thiago Pereira, Lucas Salatta e Nicolas Oliveira[23]; e na piscina curta de 25 metros, com 7m06s09, junto com César Cielo, Thiago Pereira e Lucas Salatta, estabelecido em 2006 no Mundial de Xangai[24].

Participou do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2009 em Roma, onde ficou em 30º lugar nos 200 metros livre[25] e em décimo lugar nos 4x200 metros livre.[26]

Esteve no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2010 em Dubai, onde ficou em 23º lugar nos 200 metros livre[27] e em oitavo nos 4x200 metros livre.[28]

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2011 em Xangai, ficou em 14º lugar nos 4x200 metros livre.[29]

No final de 2012, Castro, aos 33 anos, anunciou sua aposentadoria do esporte.[30][2]

Referências

  1. a b c d «Perfil no Sports Reference». Sports Reference. 2013. Consultado em 8 de março de 2013 
  2. a b c d Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: RODRIGO CASTRO Acessado em 17 de fevereiro de 2017
  3. «Medalhas no Brasil no Pan de 1999». UOL. 2007. Consultado em 1 de abril de 2013 
  4. «História de Gustavo Borges». Gustavo Borges-Site Oficial. 2012. Consultado em 1 de abril de 2013 
  5. «As Olimpíadas de David». CBDA. 17 de agosto de 2004. Consultado em 1 de abril de 2013 
  6. «Com 15 medalhas, sete de ouro, Pan de Winnipeg-1999 foi marco da natação». R7. 29 de maio de 2011. Consultado em 1 de abril de 2013 
  7. «Resultados dos 200 metros livres em Moscou 2002». OmegaTiming. 3 de abril de 2002. Consultado em 8 de março de 2013 
  8. «Resultados dos 4x200 metros livres em Moscou 2002». OmegaTiming. 4 de abril de 2002. Consultado em 8 de março de 2013 
  9. «Resultados dos 200 metros livres em Barcelona 2003». OmegaTiming. 21 de julho de 2003. Consultado em 8 de março de 2013 
  10. «Resultados dos 4x200 metros livres em Barcelona 2003». OmegaTiming. 23 de julho de 2003. Consultado em 8 de março de 2013 
  11. Medalhas no Pan de 2003
  12. «Resultados dos 4x200 metros livres em Indianapolis 2004». OmegaTiming. 8 de outubro de 2004. Consultado em 8 de março de 2013 
  13. «Resultados dos 200 metros livres em Indianapolis 2004». OmegaTiming. 7 de outubro de 2004. Consultado em 8 de março de 2013 
  14. «Resultados dos 200 metros livres em Xangai 2006». OmegaTiming. 5 de abril de 2006. Consultado em 8 de março de 2013 
  15. «Resultados dos 4x200 metros livres em Xangai 2006». OmegaTiming. 6 de abril de 2006. Consultado em 8 de março de 2013 
  16. «Resultados dos 200 metros livres em Melbourne 2007». OmegaTiming. 26 de março de 2007. Consultado em 8 de março de 2013 
  17. «Resultados dos 4x200 metros livres em Melbourne 2007». OmegaTiming. 30 de março de 2007. Consultado em 8 de março de 2013 
  18. «Revezamento dos 4x200m conquista o ouro». Globoesporte. 17 de julho de 2007. Consultado em 8 de março de 2013 
  19. «Mais dois ouros e a consagração de Thiago». Globoesporte. 20 de julho de 2007. Consultado em 8 de março de 2013 
  20. «Resultados dos 200 metros livres em Manchester 2008». OmegaTiming. 9 de abril de 2008. Consultado em 8 de março de 2013 
  21. «Rodrigo Castro bate recorde sul-americano que durava 12 anos». Globoesporte. 10 de agosto de 2008. Consultado em 8 de março de 2013 
  22. Recordes da natação na CBDA
  23. Recorde do 4x200m em Roma 2009
  24. Recorde do 4x200m em piscina curta
  25. «Resultados dos 200 metros livres em Roma 2009». OmegaTiming. 27 de julho de 2009. Consultado em 8 de março de 2013 
  26. «Resultados dos 4x200 metros livres em Roma 2009». OmegaTiming. 31 de julho de 2009. Consultado em 8 de março de 2013 
  27. «Resultados dos 200 metros livres em Dubai 2010». OmegaTiming. 15 de dezembro de 2010. Consultado em 8 de março de 2013 
  28. «Resultados dos 4x200 metros livres em Dubai 2010». OmegaTiming. 16 de dezembro de 2010. Consultado em 8 de março de 2013 
  29. «Resultados dos 4x200 metros livres em Xangai 2011». OmegaTiming. 29 de julho de 2011. Consultado em 8 de março de 2013 
  30. Aposentadoria de Castro