Rodrigo Tavares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodrigo Tavares
Esteban Tavares.jpg
Informação geral
Nome completo Rodrigo da Fonseca Tavares
Nascimento 12 de abril de 1982 (35 anos)
Origem Camaquã, RS
País  Brasil
Gênero(s) Emocore,[1] Rock
Instrumento(s) baixo, vocal, guitarra, violão, piano, bateria, acordeon
Outras ocupações Produtor musical e compositor
Gravadora(s) Arsenal, Universal, Olelê Music
Afiliação(ões) Fresno, aBRIL, Esteban, Humberto Gessinger, David Ballot
Influência(s) Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger, The Beatles, Copeland, Anberlin, Emery, Cidadão Quem, Duca Leindecker, Fito Páez
Página oficial https://twitter.com/estebantavares

Rodrigo da Fonseca Tavares (Camaquã, 12 de abril de 1982) é um baixista, guitarrista, cantor, compositor, baterista e pianista brasileiro. Ficou conhecido ao fazer parte da banda Fresno. Fez parte da banda independente gaúcha aBRIL[2]. Começou sua carreira musical tocando em bares na noite. Em 2004 formou a banda Abril, lançando apenas um disco em 2005. Em 2006 foi convidado para ser baixista da banda Fresno na qual permaneceu até 2012. Antes de se tornar membro da Fresno, Tavares foi responsável pela produção de 2 de seus álbuns, tendo editado em seu apartamento no Rio Grande do Sul os trabalhos Quarto dos Livros, de 2003, e O Rio, A Cidade, A Árvore, de 2004. ja fez uma tour com Humberto Gessinger no projeto do álbum Insular.[2]

No dia 29 de março de 2012, Tavares anunciou sua saída da Fresno. O músico saiu para dar total atenção ao seu projeto solo intitulado Esteban, e para assim finalizar e lançar o seu primeiro álbum iAdiós, Esteban! no qual lançou primeiramente em download gratuito em seu site oficial. Tavares dividia a maioria das composições da Fresno com Lucas Silveira, e também compôs músicas como: “Vai Pagar Caro Por Me Conhecer” e "Sua Canção" para seus amigos da banda Gloria.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tavares passou por diversas cidades antes de chegar a São Paulo, tais como Curitiba, Pelotas e Porto Alegre. Aos 11 anos aprendeu a tocar bateria, e aos 13 já tocava guitarra. Aprendeu também a tocar piano e entrou na banda Fresno como baixista. Tavares é um torcedor fanático do Sport Club Internacional e diversas vezes aparece com a camiseta do clube em vídeos e fotos. Ele também não foge de suas raízes, em seu teclado possui adesivos da bandeira do estado do Rio Grande do Sul e também a bandeira da Argentina.

Abril[editar | editar código-fonte]

Fundou a banda de punk rock, Abril. Durante esse período a banda se reunia para fazer alguns shows, incluindo um tradicional show de fim de ano em Porto Alegre. A banda era composta por Rodrigo Tavares (guitarra e vocal), Cassiano Derenji (guitarra) e os irmãos Airton Ruschel (baixo) e Rodrigo Ruschel (bateria), que também foi chamado para tocar na Fresno em 2008. No ano de 2005 a Abril lançou o álbum "O Que Te Faz Feliz?", bem reconhecido na cena independente. Com a saída de Tavares da Fresno em 2012, a banda retomou as atividades, porém, em 2013, Tavares anunciou o fim da banda, pois nada era produzido desde 2006. Tavares também afirmou que estava cansado de tomar todas as decisões pela banda, e, sendo assim, preferiu continuar apenas com o Esteban e seus projetos paralelos.

Fresno[editar | editar código-fonte]

Fresno é uma banda formada em Porto Alegre no ano de 1999. Atualmente os membros são Lucas Silveira (vocal e guitarra), Gustavo Mantovani (guitarra), Mário Camelo (teclado) e Thiago Guerra (bateria) como substituto de Bell Ruschel que saiu da banda no dia 26 de agosto de 2013. Moram em São Paulo desde 2006. Com raízes no hardcore californiano, as composições da banda tratam basicamente de desilusões amorosas e sentimentos, tendo o CD "Redenção" uma influência pop. Em agosto de 2010 lançaram o CD "Revanche" dito pelos integrantes da banda como o melhor CD da Fresno até então, e notavelmente mais "pesado" que os anteriores. Em dezembro de 2011 a banda lançou virtualmente seu trabalho mais pesado, o EP temático intitulado "Cemitério das Boas Intenções" pela sua página oficial do Facebook. Em março de 2012 Tavares se desligou da banda para se dedicar ao seu projeto solo Esteban.

Trio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Tavares em 2012 fez um novo projeto paralelo na sua carreira, se juntou com Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaii) e com Paulinho Goulart e formou o "Trio Grande do Sul". O trio se reúne em Porto Alegre para tocar músicas de origem Gaúcha.

Esteban[editar | editar código-fonte]

Esteban é o nome do projeto solo de Rodrigo Tavares, no qual ele toca todos os instrumentos incluindo violão, piano, e, nas gravações, guitarra, bateria e outras coisas. Em alguns shows uma banda o acompanha, em outro, ele toca apenas com um teclado e um violão. O nome dado ao seu primeiro CD, "iAdiós, Esteban!", representa o fato de Tavares estar se despedindo de seu "antigo eu" (o "Tavares de 2009"). "Em 2009 eu era um babaca" - disse quando questionado em rede social. O primeiro single do CD foi a música "Canal 12". Uma das primeiras músicas divulgadas do projeto 'Esteban' foi 'Sophia' que é dona de um grande sucesso até hoje juntamente com a música 'Pianinho'. O nome "Adiós Esteban" surgiu a partir de uma foto que uma amiga do Tavares mandou quando estava no Uruguai, ele viu a foto e gostou, então decidiu escolher esse nome para seu primeiro CD.

Tavares em entrevista disse que fez a música 'Sophia' e postou só mesmo por diversão e acabou gerando uma repercussão muito boa levando assim ele a postar mais músicas e a seguir com o projeto. Tavares também criou este projeto pois havia muitas músicas que o próprio fazia, e estas não 'serviam' para atual banda em que ele fazia parte (A Fresno). Daí, então, a vontade de seguir adiante com o projeto aumentou. O álbum ¡Adiós, Esteban! foi lançado dia 20 de agosto de 2012 e foi disponibilizado em duas versões: download gratuito e o CD físico para compra.[3]

Recentemente, Tavares acompanhou Humberto Gessinger, líder dos Engenheiros do Hawaii em seu 2° trabalho solo.

Saca La Muerte de Tu Vida[editar | editar código-fonte]

No final de 2014 Esteban lançou a campanha para o financiamento do novo álbum com a ajuda dos fãs o cantor precisaria arrecadar cerca de 51.660,00 para a produção do novo CD que está para ser lançado ainda em 2015. Este álbum corrobora dois anos de trabalho e o acúmulo de anos vividos, trabalhando Humberto Gessinger, Aaron Marsh e outros , seguindo linhas musicais que destoam entre si desde o já marcante rock gaudério e o ritmo da milonga , o lo-fi , new wave oitentista caracterizado pela influencia de seu produtor e ídolo Aaron Marsh da banda norte-americana Copeland , e por fim o hard-rock de velha guarda presente na faixa " Me Sinto Humano" sintetizam a catarse e toda a bagagem musical atual de Rodrigo. O Saca La Muerte de Tu Vida foi lançado dia 8 de junho para quem ajudou a patrocinar o álbum e dia 9 para as demais pessoas no formato digital.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Individuais
Ano Prêmio Categoria Resultado
2009 VMB 2009 Baixista do Ano[4] Venceu
2010 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2010 Melhor instrumentista[5] Venceu
2012 Rock Show 2012 Melhor baixista[6] Venceu
Conjuntos
Ano Prêmio Categoria Resultado
2007 VMB 2007 Banda Revelação[7] Venceu
2008 VMB 2008 Artista do ano[8] Indicado
2009 VMB 2009 Artista do ano[4] Venceu
2009 VMB 2009 Melhor Artista Pop[4] Venceu
2009 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2009 Melhor Grupo[8] Venceu
2009 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2009 Melhor Clipe[9] Indicado
2010 VMB 2010 Artista do Ano[4] Indicado
2010 VMB 2010 Melhor Artista Pop[4] Indicado
2010 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2010 Melhor Grupo[10] Indicado
2010 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2010 Melhor DVD[10] Indicado
2010 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2010 Melhor Show[10] Indicado
2011 VMB 2011 Hit do Ano[11] Indicado
2011 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2011 Melhor Grupo[12] Indicado
2011 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2011 Melhor Clipe[12] Indicado
2011 Prêmio Multishow de Música Brasileira 2011 Melhor Álbum[12] Indicado

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Estado das Coisas
  • Entre o Olho e a Garganta (2003)
aBRIL
  • O Quê Te Faz Feliz? (2005)
Fresno
Beeshop
  • The Rise and Fall of Beeshop (2010), como baterista
Esteban
Humberto Gessinger

Videografia[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

  • MTV Ao Vivo 5 Bandas de Rock (2007)
  • O Outro Lado da Porta - Fresno (2009)
  • Insular ao vivo(2014) - Humberto Gessinger

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

  • "Tudo Ou Nada" - aBRIL (2005)
  • "Alguém Que Te Faz Sorrir" - Fresno (2006)
  • "Pólo" (ao vivo) - Fresno (2007)
  • "Uma Música" - Fresno (2008)
  • "Alguém Que Te Faz Sorrir" (Segunda Versão) - Fresno (2008)
  • "Desde Quando Você Se Foi" - Fresno (2009)
  • "Deixa o Tempo" - Fresno (2010)
  • "Eu Sei" - Fresno (2011)
  • "Porto Alegre - Fresno (2011)
  • "Sentado à Beira do Caminho" - Fresno (2012)
  • "Canal 12" - Esteban (2012)
  • "Follow feat. Stephen Christian (Anberlin) - Esteban (2013)
  • "Segunda-Feira (ao vivo)" - Esteban (2015)
  • "Cigarros e Capitais (ao vivo)" - Teatro Mars - São Paulo-SP (2016)
  • "Carta aos Desinteressados" - Esteban (2017)

Referências

  1. «Banda emo gaúcha Fresno lança MP3 exclusivo no UOL». UOL Música. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  2. a b «Freneticos FCO - Tavares». Freneticos FCO. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  3. Site do álbum ¡Adiós, Esteban!
  4. a b c d e «Confira a lista dos vencedores do VMB 2009». O Globo. Consultado em 17 de dezembro de 2012  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "vmb09" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  5. «Entre falhas e escorregões, Prêmio Multishow 2010 não tem destaque de vencedores». UOL Música. Consultado em 17 de dezembro de 2012 
  6. «Prêmio Rock Show 2012 divulga categorias e indicados». Cena da Baixada. Consultado em 21 de dezembro de 2012 
  7. «Conheça os vencedores do VMB 2007». Omelete. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  8. a b «MTV anuncia indicados ao VMB 2008 e mudanças na premiação». Folha de S.Paulo. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  9. «Prêmio Multishow divulga os indicados da edição 2009». G1. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  10. a b c «Fiuk, Luan Santana, Cine e Restart indicados ao Prêmio Multishow 2010». Virgula. Consultado em 19 de dezembro de 2012 
  11. «MTV Brasil divulga lista de indicados para o VMB 2011». Tenho Mais Discos Que Amigos. Consultado em 21 de dezembro de 2012 
  12. a b c «Sai a lista dos indicados ao Prêmio Multishow 2011». Rolling Stone Brasil. Consultado em 19 de dezembro de 2012