Rush Hour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rush Hour
Hora de Ponta (PT)
A Hora do Rush (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1998 • cor • 98 min 
Direção Brett Ratner
Produção Roger Birnbaum
Jonathan Glickman
Arthur M. Sarkissian
Leon Dudevoir
Jay Stern
Wayne Morris
Roteiro Jim Kouf
Ross LaManna
Ross LaManna (história)
Elenco Jackie Chan
Chris Tucker
Tom Wilkinson
Chris Penn
Elizabeth Peña
Gênero Comédia de ação
Idioma Inglês
Cantonês
Mandarim
Música Lalo Schifrin
Cinematografia Adam Greenberg
Edição Mark Helfrich
Tim Chau (som)
Doug Jackson (efeitos de som)
Estúdio Roger Birnbaum Productions
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos 18 de setembro de 1998
Portugal 26 de fevereiro de 1999
Orçamento US$33 milhões
Receita US$244,386,864 (mundialmente)
Cronologia
Último
Último
Rush Hour 2
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Rush Hour (A Hora do Rush (título no Brasil) ou Hora de Ponta (título em Portugal)) é um filme estadunidense de artes marciais e comédia de ação lançado em 1998, dirigido por Brett Ratner e estrelado por Jackie Chan e Chris Tucker, como o Inspetor Lee e Detetive Carter; respectivamente. O sucesso vindouro da franquia o levou a garantir duas sequências, Rush Hour 2 (2001) e Rush Hour 3 (2007).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um grupo de mafiosos comandados pelo criminoso Juntao (Tom Wilkinson) tentam contrabandear peças importantes da cultura chinesa para o exterior, mas são impedidos pelo Inspetor Lee (Jackie Chan), no último dia do controle britânico sobre o local, em Hong Kong. O cônsul Han (Tzi Ma), que já era um velho amigo de Lee, passará a residir em Los Angeles, como um diplomata Chinês. Lá, Juntao planeja uma vingança e seqüestra a filha do cônsul. Mas como não confia totalmente no FBI, ele chama o Inspetor Lee para ajudar na missão e tentar resgatar sua filha. A polícia de Los Angeles acredita que essas ajudas externas certamente iriam atrapalhar nas investigações, então eles designam o rebelde detetive James Carter (Chris Tucker) para acompanhar Lee na missão. Mas a real intenção do FBI é tentar afastar Lee o máximo do caso, com a ajuda de Carter, embora ele não saiba disso. Mas, com Carter descobrindo sua real designação para o caso, ele passa a ajudar seriamente Lee a encontrar a garotinha sequestrada.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Homens de Juntao[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Rush Hour estreou como número 1 nas bilheterias da América do Norte com um bruto fim de semana de $33 milhões em setembro de 1998.[1] [2] Rush Hour arrecadou mais de $244 milhões em todo o mundo, tornando o filme foi um sucesso de bilheteria.[3] [4] O filme recebeu críticas positivas dos críticos.[5] Roger Ebert elogiou tanto Jackie Chan, por suas seqüências de ação de entretenimento sem o uso de dublês, e Chris Tucker, por seus atos cômicos do filme, e como eles formaram uma dupla cômica eficaz.[6] O filme possui atualmente um índice de aprovação de 61% no Rotten Tomatoes, apenas o suficiente para uma classificação de "Fresh". Ele também possui uma classificação de 6.8/10 no IMDb.[1] O filme foi visto em um total de 2,638 cinemas. Fez $54,123,698 no aluguel de filmes (EUA).[4] [7]

Sequências[editar | editar código-fonte]

A sequência Rush Hour 2, foi lançado em 2001, que foi definido principalmente em Hong Kong. O terceiro filme, Rush Hour 3, foi lançado em 10 de agosto de 2007,[8] que foi definido principalmente em Paris. Tucker ganhou $25 milhões para o seu papel no terceiro filme e Chan recebeu os direitos de distribuição do filme na Ásia.[9] Um quarto filme da série está em negociações, e supostamente pode ser definido, em Moscou.[10]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora apresenta o single de sucesso "Can I Get A..." de Jay-Z, Ja Rule e Amil, bem como as faixas de Edwin Starr, Flesh-n-Bone, Wu-Tang Clan, Dru Hill, Charli Baltimore e Montell Jordan.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • BMI Film and TV Awards 1999
  • Bogey Awards (Alemanha) 1999
    • Vencedor: Bogey Awards em Prata
  • Golden Screen (Alemanha) 1999
    • Vencedor: Golden Screen

Home Media[editar | editar código-fonte]

VHS[editar | editar código-fonte]

Data de lançamento
País
Classificação
Publicado
Formato
Línguagem Legendas Notas
REF
15 de junho de 1999 Estados Unidos PG-13 New Line Home Video NTSC Inglês Nenhum [12]
18 de outubro de 1999 Reino Unido 12 Eiv PAL Inglês Nenhum [13]

DVD[editar | editar código-fonte]

Data de lançamento
País
Classifição
Publicado
Formato
Região
Línguagem
Som
Legendas
Notas
REF
2 de março de 1999 Estados Unidos PG-13 New Line Home Video NTSC 1 Inglês Desconhecido Inglês Relação de Aspecto: 2.35:1 (16:9) [14]
1 de outubro de 1999 Reino Unido 12 Eiv PAL 2 Inglês Desconhecido Inglês Relação de Aaspecto: 1.77:1 (16:9) [15]

UMD[editar | editar código-fonte]

Data de lançamento
País
Classifição
Publicado
Formato
Região
Línguagem
Som
Legendas
Notaes
REF
1 de setembro de 2005 Reino Unido 12 Eiv PAL 2 Inglês Desconhecido Inglês [16]
3 de janeiro de 2006 Estados Unidos PG-13 New Line Home Entertainment NTSC 1 Inglês Desconhecido Inglês [17]

Blu-ray[editar | editar código-fonte]

Data de lançamento
País
Classificação
Publicado
Formato
Região
Línguagem
Som
Legendas
Notas
REF
11 de outubro de 2010 Reino Unido 15 Warner Home Video PAL Livre Inglês Desconhecido Inglês Relação de Aspecto: 2.40:1 (16:9) [18]
7 de dezembro de 2010 Estados Unidos PG-13 New Line Home Video NTSC Livre Inglês Desconhecido Inglês Relação de Aspecto: 2.40:1 (16:9) [19]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Rush Hour (1998). IMDb. IMDb.com Inc.. Página visitada em 9 November 2012.
  2. Natale, Richard. "What a 'Rush'--Tucker, Chan Fell Fall Records", The Los Angeles Times, 1998-09-21. Página visitada em 2010-10-24.
  3. Rush Hour. boxofficemojo.com (September 18, 1998). Página visitada em 2006-06-25.
  4. a b Wolk, Josh. "Losers Take All", Entertainment Weekly, 1998-09-28. Página visitada em 2010-10-24.
  5. Rush Hour, Movie Reviews. Metacritic. Página visitada em September 1, 2011.
  6. Ebert, Roger. "Rush Hour", rogerebert.com, September 18, 1998. Página visitada em 2006-06-25.
  7. [url=http://www.imdb.com/title/tt0120812/business]
  8. Chan Says Tucker Holding Up Rush Hour 3. The Associated Press (July 10, 2005). Página visitada em 2006-06-25.
  9. Jackie Chan Admits He Is Not a Fan of 'Rush Hour' Films
  10. 'Rush Hour 4' is Set in Faubourg Marigny
  11. "1999 MTV Movie Awards", MTV. Página visitada em 2010-10-24.
  12. Rush Hour [VHS (1998)]. Amazon.com. Página visitada em 10 January 2012.
  13. Rush Hour [VHS [1998]]. Amazon.co.uk. Página visitada em 8 January 2012.
  14. Rush Hour (New Line Platinum Series) (1998). amazon.com. Página visitada em 8 January 2012.
  15. Rush Hour [DVD [1998]]. amazon.co.uk. Página visitada em 8 January 2012.
  16. Rush Hour [UMD Mini for PSP]. amazon.co.uk. Página visitada em 31 January 2012.
  17. Rush Hour [UMD for PSP (1998)]. amazon.com. Página visitada em 31 January 2012.
  18. Rush Hour [Blu-ray [1998][Region Free]]. amazon.co.uk. Página visitada em 8 January 2012.
  19. Rush Hour [Blu-ray (1998)]. amazon.com. Página visitada em 8 January 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]