Santa Terezinha II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções com o termo "Santa Terezinha", veja Santa Teresinha (desambiguação).
Santa Terezinha II
  Bairro do Brasil  
Vista parcial do bairro Santa Terezinha II
Vista parcial do bairro Santa Terezinha II
Localização
Unidade federativa  Minas Gerais
Zona Setor 3
Distrito Sede
Município Coronel Fabriciano
História
Criado em 1964
Características geográficas
Área total 0,3 km²
População total (2010) 2 392 hab.
Densidade 7 920,50 hab./km²
Outras informações
Domicílios 804
Limites Bairros Aparecida do Norte, Caladinho, Morada do Vale, Aldeia do Lago e Santa Terezinha e município de Timóteo
Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)[1]/

Santa Terezinha II é um bairro do município brasileiro de Coronel Fabriciano, no interior do estado de Minas Gerais. Localiza-se no distrito-sede, estando situado no Setor 3.[2] De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sua população no ano de 2010 era de 2 392 habitantes, sendo 1 156 homens e 1 236 mulheres, possuindo um total de 804 domicílios particulares distribuídos em uma área de 0,3 km².[1]

História[editar | editar código-fonte]

A área onde está situado o atual bairro Santa Terezinha II, assim como a do vizinho Santa Terezinha e da região compreendida pelos bairros Aldeia do Lago e Mangueiras, pertencia originalmente ao médico Rubem Siqueira Maia, que também fora primeiro prefeito de Coronel Fabriciano. As terras faziam parte da chamada Fazenda Santa Terezinha, cuja denominação foi dada por Rubem e sua nora, Idalina Winter, em referência à santa de mesmo nome. O local foi loteado em 1964 pela Imobiliária Santa Terezinha, também de propriedade da família Maia, dando origem aos bairros.[3]

Parte do Santa Terezinha II está incluída em um dos 20 aglomerados subnormais da cidade, o chamado Alto Santa Terezinha, que envolve 1 161 habitantes juntamente com o bairro vizinho Morada do Vale.[4] A Igreja Santo Afonso representa a sede da Comunidade Santo Afonso, cuja atuação pastoral católica está subordinada à Paróquia São Sebastião, jurisdicionada à Diocese de Itabira-Fabriciano.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (16 de novembro de 2011). «Sinopse por setores». Consultado em 9 de junho de 2014 
  2. Assessoria de Comunicação (3 de julho de 2009). «População/Setores». Prefeitura. Consultado em 19 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 9 de junho de 2014 
  3. Leonardo Gomes (janeiro de 2012). «Grande Guia dos Bairros de Coronel Fabriciano». Revista Nosso Vale (nº 15): pag. 4. Consultado em 9 de junho de 2014. Arquivado do original em 22 de março de 2014 
  4. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (21 de dezembro de 2011). «População residente em domicílios particulares ocupados em aglomerados subnormais (Pessoas)». Consultado em 9 de junho de 2014. Cópia arquivada em 9 de junho de 2014 
  5. Paróquia São Sebastião (abril de 2014). «Nossas comunidades». Boletim Informativo Redentor do Vale (nº 33): pag. 1. Consultado em 9 de junho de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santa Terezinha II
Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.