Se Meu Dólar Falasse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Se Meu Dólar Falasse
 Brasil
1970 •  cor •  100 min 
Direção Carlos Coimbra
Roteiro Carlos Coimbra
Elenco Dercy Gonçalves
Grande Otelo
Borges de Barros
Zilda Cardoso
Sadi Cabral
Milton Ribeiro
David Cardoso
Dedé Santana
Género comédia
Música Carlos Castilho
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

"Se Meu Dólar Falasse" é um filme brasileiro de 1970, dirigido por Carlos Coimbra, do gênero comédia.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A dona de uma boutique é encarregada, sem saber, de efetuar uma grande transação do tráfico de drogas que envolve 15 mil dólares e cinco quilos de cocaína, mas o dinheiro vai parar em um lixão e um grupo de mendigos o acha, o que desencadeia grandes confusões.

A cena da perseguição final mostra imagens do centro de São Paulo (buraco do Ademar, túnel Nove de Julho) e do Aeroporto de Viracopos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Foi uma tentativa de levar de volta ao cinema a comediante Dercy Gonçalves , depois que sua carreira na TV começou a sofrer perseguições por parte da Censura. Na cena final a atriz aparece como ela mesma, da mesma maneira que apresentava o programa "Dercy em Família".
  • No elenco, Zilda Cardoso e Borges de Barros, que ficaram conhecidos interpretando mendigos famosos em programas humorísticos da TV brasileira.
  • Grande Otelo tem mais um momento impagável como ator de comédias, e numa cena na parte final do filme menciona sua participação em 71 filmes até então. Nos letreiros finais é lida uma dedicatória sua ao ex-companheiro recém-falecido Oscarito.
  • O nome do iate da quadrilha oriental é National Kid, referência a um famoso seriado de TV popular na época.