Sonho de Amor (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sonho de Amor
Song Without End
Cartaz promocional
 Estados Unidos[1] ·  Áustria[1]
1960 •  cor •  141 min 
Direção
  • Charles Vidor
  • George Cukor
Produção William Goetz
Roteiro Oscar Millard
Elenco
Gênero drama biográfico-musical
Música
Direção de fotografia James Wong Howe
Direção de arte Walter Holscher
Figurino Jean Louis
Edição William A. Lyon
Companhia(s) produtora(s) William Goetz Productions
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 11 de agosto de 1960
Idioma língua inglesa

Song Without End (prt/bra: Sonho de Amor)[2][3][4] é um filme austro-norte-americano de 1960, do gênero drama biográfico-musical, dirigido por Charles Vidor e George Cukor, com roteiro de Oscar Millard e atuações de Dirk Bogarde, Capucine e Geneviève Page.[1]

Cukor assumiu a direção após a morte de seu amigo Vidor, em 4 de junho de 1959, com cerca de metade das cenas já gravadas, mas seu trabalho não recebeu crédito.[1] O filme chegou a ser divulgado com o título Song Without End - The Story of Franz Liszt, como aparece em alguns cartazes.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Liszt se apaixona e deseja casar-se com a princesa russa Carolyne Wittgenstein, que já é casada. Para conseguir seu intento, ele precisa terminar o relacionamento que mantém com a Condessa Marie D'Agoult.[5]

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipientes Resultado
Oscar 1961 Melhor trilha sonora - filme musical Morris Stoloff, Harry Sukman Venceu[6]
Globo de Ouro 1961 Melhor filme - comédia ou musical William Goetz (prod.) Venceu[7]
Melhor atriz - comédia ou musical Capucine Indicada[7]
Melhor ator - comédia ou musical Dirk Bogarde Indicado[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Dirk Bogarde Franz Liszt
Capucine Princesa Carolyne Wittgenstein
Geneviève Page Condessa Marie D'Agoult
Patricia Morison George Sand
Ivan Desny Príncipe Nicholas
Martita Hunt Grã-Duquesa
Lou Jacobi Potin
Albert Rueprecht Príncipe Felix Lichnowsky
Marcel Dalio Chelard
Lyndon Brook Richard Wagner
Walter Rilla Arcebispo
Hans Unterkircher Czar
Erland Erlandsen Sigismond Thalberg
Alexander Davion Frédéric Chopin
Katherine Squire Anna Liszt

Recepção[editar | editar código-fonte]

Segundo o crítico Clive Hirschhorn, Sonho de Amor é uma biografia "kitsch, do começo ao fim",[8] do compositor Franz Liszt, com ênfase na sua vida amorosa. Para o crítico brasileiro Rubens Ewald Filho, o enredo "tolo" só é compensado pela trilha sonora.[3]

Referências

  1. a b c d e «Song Without End (1960)». American Film Institute. Consultado em 6 de maio de 2021 
  2. «Sonho de Amor». Brasil: CinePlayers. Consultado em 6 de maio de 2021 
  3. a b EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo: Global. p. 183. 210 páginas 
  4. «Sonho de Amor». Portugal: CineCartaz. Consultado em 6 de maio de 2021 
  5. Erickson, Hal. «Song Without End» (em inglês). AllMovie. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  6. «The 33rd Academy Awards | 1961». Oscars.org. Consultado em 6 de maio de 2021 
  7. a b c «World Without End». GoldenGlobes.com. Consultado em 6 de maio de 2021 
  8. Hirschhorn, Clive (1989). The Columbia Story (em inglês). Londres: Pyramid Books. ISBN 1871307872 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.