TV Kids

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Kids
Logotipo do programa (2012-2015)
Informação geral
Formato Programa de variedades
Gênero Infantil
Duração 60 minutos (2014-2015)
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Samille Araujo (2009-2012)

Teleco e Teco (2014-2015)

Tema de abertura Instrumental
Tema de encerramento Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original RedeTV!
Formato de exibição (480i) SDTV
Formato de áudio Mono
Transmissão original
N.º de temporadas 4
Cronologia
Último
Estação Teen (2012)

Te Peguei (2014)

Estação Teen (2012)

Betty, a Feia (2013) Morning Show (2013)

Próximo
Programas relacionados TV Clubinho

TV Kids foi um programa infantil de televisão brasileiro exibido pela RedeTV!. Estreou no dia 5 de junho de 2006, focado em maior parte na transmissão de desenhos animados e séries infanto-juvenis.

Inicialmente o programa foi dedicado a transmissão apenas de animações japonesas,[1] baseado no sucesso de outros programas infantis como Band Kids e TV Globinho. Muitas vezes já foi cancelado e retornou a programação no decorrer dos anos. Por um tempo chegou a ter patrocínio da Dolly e consequentemente ganhou uma apresentadora, além de buscar maior foco em outros tipos de animações infantis. Algumas de suas séries de maior sucesso foram Fullmetal Alchemist, Pokémon, Chaotic, Ryukendo, Super Onze e Ilha dos Desafios.

De dezembro de 2014 até fevereiro de 2015, o programa foi apresentado pelos palhaços Teleco e Teco, com um formato bem semelhante aos programas Carrossel Animado e Quintal da Cultura, voltados para o público pré-escolar.[2]

História[editar | editar código-fonte]

1ª Fase (2006-2007)[editar | editar código-fonte]

O programa estreou no dia 5 de junho de 2006 nas tardes do canal, como uma atração focada em animes distribuídos pela Swen Entretenimentos, representante da Televix no Brasil. Os primeiros animes a serem transmitidos foram Fullmetal Alchemist, na versão ocidental censurada pela empresa,[3] e Super Campeões, numa continuação da transmissão da Rede Manchete na temporada Road to 2002, coincidindo com a época de Copa do Mundo.[4] Em meio a boa audiência no ibope do canal que atingiu 5 pontos, foram comprados ainda pro ano seguinte os animes Hunter X Hunter (numa versão censurada e com uma abertura dublada) e Viewtiful Joe.[5] Ambos os animes também deram ótimos rendimentos.

No ano seguinte, em 2007, foi lançado um bloco irmão ao TV Kids na Rede TV! chamado TV Clubinho, destinado ao público pré-escolar com transmissão de séries derivadas do Nick Jr. tais como Dora, a Aventureira, Go, Diego, Go! e Backyardigans.[6] No entanto, no mesmo ano, o canal cancelou os dois programas por motivos desconhecidos.

2ª Fase (2008-2012)[editar | editar código-fonte]

Depois de mais de um ano após sua primeira saída, o canal passou a transmitir a partir de junho de 2008 o anime Pokémon, na época sendo um tapa-buraco nas tardes da programação.[7] Diante do sucesso do anime, o canal logo adquiriu mais séries como Chaotic e Ryukendo, em seguida retornando a reabrir o bloco TV Kids com uma nova abertura e logotipo indicando uma nova fase.[8]

Em agosto de 2009, completando os três anos do programa, o canal anunciou a estreia de novas atrações, como TWF, Dinossauro Rei, Pokémon Crônicas, além da 5ª temporada de Pokémon (não apresentada antes). Porém, a transmissão durou pouco tempo, pois no mesmo mês das estreias o canal começou a cortar a exibição do programa para exibição de infomerciais, exceto em São Paulo.[9] Durante esse tempo, o canal foi adquirindo novos atrações, porém sua transmissão permaneceu apenas disponível em algumas poucas cidades do sudeste deixando sua programação em outros estados inédita. No final do ano, o programa ganhou uma apresentadora, com o nome de Samille Araujo, licenciada pela Dolly.

Em abril de 2010, teve a estreia de Digimon 4 na programação, infelizmente barrado pelos infomerciais cobrindo sua programação.[10] Os infomerciais só foram finalmente tirados da programação no dia 7 de junho com a estreia do anime Super Onze e da animação canadense Ilha dos Desafios.[11] Ambos as novidades arrecadaram muito sucesso fazendo o canal até mesmo adquirir a segunda temporada de Ilha dos Desafios intitulada Luzes, Drama, Ação. E em outubro, o canal começou a passar Yu-Gi-Oh! GX em sua programação, apenas transmitindo a 3ª temporada.[12]

No começo de 2011, o canal fez um contrato para transmissão de desenhos animados da Nickelodeon,[13] porém houve uma recaída, sem ter novas estreias e reprisando bastante seus desenhos animados anteriores tanto de noite quanto na tarde e nos sábados, perdendo cada vez mais sua audiência o que resultou num segundo cancelamento no dia 12 de abril de 2012 sendo substituído pelo game show Estação Teen.[14] Assim todas as aquisições foram perdidas com o tempo.

3ª Fase (2012-2013)[editar | editar código-fonte]

Depois de sair do ar em abril, o programa voltou a ser exibido como um tapa-buraco ocasional na programação com Pokémon nos domingos. Logo depois, no dia 25 de junho, foi anunciado o retorno do bloco em uma nova fase do programa com nova abertura, além da estreia do desenho animado Johnny Test, ao lado de outras reprises de Pokémon e Yu-Gi-Oh! GX.[15] Um segundo horário à tarde também foi lançado nesse meio tempo. Em agosto, o programa adquiriu os direitos de exibição de Gormiti que estreou no horário matinal.[16] Na época o canal tinha fechado uma aparente parceria com a Marathon e chegou a comprar Três Espiãs Demais e Redakai.[17] Contudo, no dia 4 de março, seu horário da tarde foi substituído pela novela Betty, a Feia e no dia 8 de abril, seu horário matinal foi substituído pelo programa Morning Show. Após isso, o programa passou a ser um tapa-buraco da emissora apresentando apenas Johnny Test em variados horários e as demais aquisições foram desmanchadas.[18]

4ª fase (2014-2015)[editar | editar código-fonte]

Depois de mais de um ano fora do ar sem novidades, o canal tentou fazer uma negociação com os palhaços Patati Patatá, ex-apresentadores infantis do SBT para comandar um programa infantil no canal, no entanto as negociações não foram adiante e o contrato foi rompido.[19] Depois de vários meses sem dar notícia em dezembro o canal divulgou um teaser de uma nova temporada do TV Kids, desta vez apresentada pelos palhaços Teleco e Teco, que atuavam em histórias fictícias, misturando live-action com animação em flash, e apresentando as animações nacionais oriundas da Vídeo Brinquedo: Os Carrinhos, Abelhinhas e Escola de Princesinhas.[20] Esta fase passou a ser muito mais infantil que as outras, e dava mais destaque aos apresentadores do que aos desenhos. No entanto mesmo com as novidades o programa teve sua última edição no dia 27 de fevereiro de 2015, por falta de audiência a ponto de registrar "traço reto".[21] Em novembro de 2015, a RedeTV! adquiriu um pacote de animações, entre elas o longa-metragem Planeta Hulk.[22] As animações especulavam o retorno do TV Kids, no entanto meses depois do anúncio, a RedeTV! informou que não há nenhuma previsão do retorno do bloco devido à uma alteração no planejamento da grade de programação de 2016 do canal.[23]

Referências

  1. «Desenho dobra audiência da Rede TV!». Anime Pró. Julho de 2006. 
  2. RedeTV estreia programa infantil com desenhos animados brasileiros InfoAnimation. (Dezembro, 2014).
  3. «Fullmetal Alchemist na Rede TV!». Universo Online. Henshin!. 2 de junho de 2006. Consultado em 21 de julho de 2012. 
  4. Feltrin, Ricardo (10 de julho de 2006). «Sem Brasil, ibope da Copa desaba na Globo». Ooops!. Universo Online. Consultado em 21 de julho de 2012. 
  5. «Hunter X Hunter na RedeTV!». Internetey. Interney. 21 de setembro de 2006. Consultado em 10 de abril de 2013.. 
  6. «RedeTV! estréia TV Clubinho». Areavip. 21 de setembro de 2006. Consultado em 10 de abril de 2013.. 
  7. «Pokémon estreia na Rede TV!». Dotaku. 27 de julho de 2009. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  8. «Rede Tv! Estréia Ryukendo em Horário Nobre». JBox. 26 de março de 2009. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  9. «Tv Kids Perde Metade da Duração no Sinal da Parabólica». JBox. 27 de julho de 2009. Consultado em 21 de julho de 2012. 
  10. «"Digimon Frontier" estreia em abril na RedeTV!». InfoAnimation. 27 de março de 2010. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  11. «Novo anime "Super Onze" estreia na próxima segunda». InfoAnimation. 1 de junho de 2010. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  12. «Yu-Gi-Oh! estreia no TV Kids na próxima segunda». ANMTV. 4 de outubro de 2010. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  13. RedeTV! exibirá desenhos animados da Nickelodeon InfoAnimation. (Fevereiro, 2011).
  14. «RedeTV! define data de estreia do programa "Estação Teen"». NaTelinha. 1 de abril de 2012. Consultado em 20 de julho de 2012. 
  15. «TV Kids retorna às manhãs da RedeTV! com Johnny Test, Pokémon e Yugi-Gi-Oh!». Rede TV!. 22 de julho de 2012. Consultado em 3 de agosto de 2012. 
  16. «Colunas TV tudo e bate-rebate». O Paraná. 2 de agosto de 2012. Consultado em 4 de agosto de 2012. 
  17. RedeTV adquire 'Três Espiãs Demais' e 'Redakai' InfoAnimation. (Outubro, 2012).
  18. Retorno do Tapa Buracos: Tv Kids.  Noticias Animes (06 de dezenbro de 2013). Página visitada em 18 de dezembro de 2013.
  19. Patati Patatá e RedeTV! encerram negociações e não fecham contrato NaTelinha. (Junho, 2014).
  20. Marcos Mendes (18 de dezembro de 2014). «RedeTV estreia programa infantil com desenhos animados brasileiros». InfoAnimation. Consultado em 18 de dezembro de 2014. 
  21. RedeTV! compra desenhos e voltará a investir no público infantil NaTelinha. (Dezembro, 2015).
  22. Nielsen Souza (29 de novembro de 2015). «Rede TV! adquire pacote de animações». ANMTV. Consultado em 30 de novembro de 2015. 
  23. «RedeTV não tem previsão de estreia para o TV Kids». Revista da TV. 1 de fevereiro de 2016.