Temporada de furacões no Atlântico de 1969

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada de furacões no Atlântico de 1969
1969 Atlantic hurricane season map.png
Primeiro sistema1 formado: Anna - 25 de julho
Sistemas ativos1: Temporada encerrada
Total de tempestades nomeadas: 18
Total de furacões: 12
Grandes furacões (Cat. 3+): 5
Tempestade mais forte: Camille - 305 km/h, 905 mbar
Número de sistemas1 que atingiram terras emersas: 7
Danos totais: 1,7 bilhões de dólares (valores em 1970)
ECA Total:
Fatalidades confirmadas: 364
1Inclui depressões tropicais e depressões subtropicais

A temporada de furacões no Atlântico de 1969 começou oficialmente em 1º de Junho de 1969 e terminou em 30 de Novembro de 1969. Estas datas delimitam oficialmente o período de casa ano quando a maioria dos ciclones tropicais formam-se na bacia do Atlântico. A temporada está entre as mais ativas da história, com 18 ciclones tropicais, 12 dos quais tornaram-se furacões. Apesar da alta atividade, a maioria das tempestades manteve-se longe da costa ou fizeram landfall com força mínima.

A tempestade mais notável da temporada foi o furacão Camille, o sétimo furacão mais forte registrada na história na bacia do Atlântico e o segundo mais forte no momento do landfall nos Estados Unidos. Camille fez landfall perto de Bay St. Louis, Mississippi como um furacão de categoria 5 na escala de furacões de Saffir-Simpson, matando 256 pessoas e causando mais de $1,4 bilhões de dólares em danos ($9,2 bilhões de dólares, corrigidos em 2005).

Outras tempestades notáveis incluem o furacão Francelia, que causou enchentes severas em Belize que matou 100 pessoas; o furacão Inga, que durou quase 25 dias e foi, naquela época, o sistema que mais durou na história registrada; e o furacão Martha, que causou enchentes e deslizamentos na Costa Rica e no Panamá.

Nomes das tempestades[editar | editar código-fonte]

Os seguintes nomes foram usados para nomear tempestades que se formaram na bacia do Atlântico em 1969.

  • Holly
  • Inga
  • Jenny
  • Kara
  • Laurie
  • Martha
  • Netty (Sem usar)
  • Orva (Sem usar)
  • Peggy (Sem usar)
  • Rhoda (Sem usar)
  • Sadie (Sem usar)
  • Tanya (Sem usar)
  • Virgy (Sem usar)
  • Wenda (Sem usar)

Na primavera do ano seguinte, o nome Camille foi retirado definitivamente de qualquer lista devido aos seus impactos.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Furacão Catrina Portal da
meteorologia

Referências

  1. «1970 Atlantic hurricane season» (em inglês). Centro Nacional de Furacões. 17 de dezembro de 2002. Consultado em 13 de janeiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.