Furacão Camille

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furacão Camille
Furacão maior categoria 5 (SSHWS/NWS)
imagem ilustrativa de artigo Furacão Camille
O furacão Camille no Golfo do México
Formação 14 de agosto de 1969
Dissipação 22 de agosto de 1969

Ventos mais fortes sustentado 1 min.: 335 km/h (205 mph)
Pressão mais baixa 905 mbar (hPa); 26.72 inHg

Fatalidades 259 mortes
Danos 8 bilhões de dólares (Valores corrigidos em 2007)
Áreas afectadas Cuba e sudeste e centro-leste dos Estados Unidos
Parte da Temporada de furacões no oceano Atlântico de 1969

O Furacão Camille foi um furacão ativo de 14 a 22 de agosto de 1969, e que foi considerado de Categoria 5 pela Escala de Furacões de Saffir-Simpson com ventos de 190 mph (305 km/h), chegando a 210 mph (340 km/h).

Camille causou no total 256 mortes e prejuízos de 7,5 bilhões de dólares. Afetando os Estados de Alabama, Mississippi, Louisiana, e os Estados da Região Sul dos Estados Unidos.

Ao total, 8 931 pessoas ficaram desabrigadas, 5 662 casas foram destruídas, e 13 915 casas sofreram algum dano importante.

Estados afetados pelo Furacão Camille em 1969.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.