The Cheetah Girls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Cheetah Girls (grupo))
Ir para: navegação, pesquisa
The Cheetah Girls
The-Cheetah-Girls 2009-11.jpg
The Cheetah Girls no The Magnificent Mile 2008.
Informação geral
Origem Nova Iorque
Nova Jérsei
Virgínia
Orange County, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s)
Período em atividade 2003 - 2009
Gravadora(s) Walt Disney Records(2003-2007)
Hollywood Records(2007-2009)
Ex-integrantes Adrienne Bailon
Kiely Williams
Sabrina Bryan
Página oficial TCG.com ou TCGDisney.com

The Cheetah Girls foi um girl group americano criado pela Walt Disney Company, que protagonizou o bem-sucedido filme The Cheetah Girls, e suas sequências, The Cheetah Girls 2 e The Cheetah Girls: One World, cujas trilhas sonoras já venderem mais de 3 milhões de cópias.

Mesmo cantando juntas desde 2003, em seu primeiro musical, o grupo só veio a se tornar oficial em 2005.

O grupo, formado pelas atrizes e cantoras Adrienne Bailon, Kiely Williams , Sabrina Bryan e Raven Symoné arrecadou cerca de 36 milhões de dólares com uma turnê entre 2006 e 2007,[1] que ficou entre as 10 melhores do ano e até os dias atuais é uma das mais bem sucedidas na Disney.

Em 2007, o grupo assinou contrato com a Hollywood Records, onde gravaram seu primeiro álbum oficial, TCG, que estreou já entre os 50 mais bem colocados do Billboard 200.

Nos seus 6 anos de carreira, as Cheetah Girls ganharam sete prêmios da Radio Disney e um prêmio da Associação Nacional da Comunicação.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formação[editar | editar código-fonte]

Em 1999, Deborah Gregory começou a escrever uma série de livros contando a história de um grupo de meninas de diferentes origens que lutavam para chegar ao topo das paradas musicais. Elas eram as "Cheetah Girls" e em 2002 o Disney Channel quis adaptar as histórias dos livros para um telefilme. A famosa Raven-Symoné foi convidada para viver Galleria, estrela principal do filme, pelo seu destaque no seriado As Visões da Raven. Depois de passarem nos testes, as integrantes do grupo de hip-hop e R&B 3LW Adrienne Bailon e Kiely Williams também ganharam papéis no filme e deram vida, respectivamente, a Chanel e Aqua. E a dançarina Sabrina Bryan ficou como Dorinda. O filme, lançado em agosto de 2003, rendeu 6,5 milhões de espectadores só na estreia e mesmo sem turnê ou performances de divulgação, sua trilha sonora vendeu mais de 2 milhões de cópias, se tornando a 2ª trilha sonora mais bem-sucedida de 2004 (Perdendo apenas para a trilha do filme "Shrek"). Com o notável sucesso, a Disney investiu nas Cheetah Girls e resolveu trazer o grupo para a vida real. Raven preferiu investir em sua carreira solo e de atriz, por isso, apenas Adrienne, Kiely e Sabrina seguiram como Cheetah Girls.

2005: Cheetah-Licious Christmas[editar | editar código-fonte]

O grupo começou, oficialmente, em 2005. O primeiro trabalho das garotas foi no CD "DisneyMania 3", onde participaram com sua primeira música, I Won't Say (I'm in Love). Em dezembro, as Cheetah Girls, se apresentando ainda como Aqua, Chanel e Dorinda, lançaram seu primeiro álbum, "Cheetah-licious Christmas". O CD natalino trazia músicas tradicionais e novas, todas com tema natalino, em um ritmo bem pop. No mês de dezembro, as Cheetah Girls fizeram sua primeira turnê de shows, nomeada Cheetah-Licious Christmas, assim como o CD e a canção. Os shows tinham cenários enfeitados com objetos relacionados ao natal, como caixas de presentes, neve artificial e bengalas doces enormes.

2006: The Party's Just Begun[editar | editar código-fonte]

As Cheetah Girls foram, junto com Raven-Symoné e Belinda, para Espanha gravar o filme The Cheetah Girls 2, que na época da estréia foi o DCOM mais assistido, ultrapassando High School Musical. O filme foi um sucesso e gerou uma turnê muito bem-sucedida, a The Party's Just Begun Tour, que durou cerca de 5 meses. Em um show no Texas as Cheetah Girls bateram recorde de lotação do estádio Relliant,em 3 minutos de show mais de 80 mil ingressos foram vendidos, anteriormente de Elvis Presley, e arrecadou cerca de 36 milhões com pouco mais de 80 shows e produtos relacionados. A turnê também rendeu o segundo CD das Cheetah, In Concert: The Party's Just Begun Tour, onde as três começaram a se impor como Kiely, Adrienne e Sabrina.

2007: TCG[editar | editar código-fonte]

No início do ano, as Cheetah Girls anunciaram um novo CD, que não seria trilha sonora, nem um CD de música natalina, e sim o primeiro (e único) CD oficial. A gravação do CD foi feita na Hollywood Records, o que não rompeu o ligamento delas com a Walt Disney Records. Elas ainda voltariam a esta para gravar trilhas de filmes e fazer participações em álbuns, como Disneymania. Ao participarem do Disney Channel Games 2007, elas lançaram a primeira música, So Bring it On, um pop-rock bem agitado que virou tema de Twitches Too. Em setembro foi lançado o tão esperado álbum, TCG, que trouxe composições das próprias Cheetah, músicas mais maduras e as apresentou como as artistas, e não as personagens. O trabalho com o CD foi interrompido por causa das gravações do filme The Cheetah Girls: One World, que começaram menos de quatro meses depois.

2008: One World[editar | editar código-fonte]

As Cheetah foram para Índia, onde seu terceiro filme, The Cheetah Girls: One World, dessa vez sem Raven-Symoné, que estava ocupada com outros projetos e por isso sua personagem, Galleria, seguiu para a faculdade e não está presente no filme. O filme gerou bastante promoção e contou com o seriado "Road to The Cheetah Girls: One World", que mostrava os bastidores do filme, mas mesmo assim foi a pior audiência dos três filmes das Cheetah Girls. Em outubro as Cheetahs seguiram com mais uma turnê, a One World Tour, a mais grandiosa e mais bem produzida de todas, e ficaram em turnê até o fim do ano. Nesse ano, as meninas também começaram a se dedicar a projetos solo, Sabrina gravou "Byou 2" e lançou o livro "Princess of Gossip", Kiely atuou na comédia "The House Bunny" e todas se dedicam a álbuns solo.

2009: O Fim[editar | editar código-fonte]

A Cheetah Kiely Williams deu uma entrevista dizendo que a turnê "One World" foi, provavelmente, a última das meninas,[2] já que todas se dedicariam a projetos solo em 2009. Adrienne também disse que ainda tinha esperanças de que a Disney fizesse mais um filme com elas, se por acaso a Disney o fizesse seria gravado no Brasil, "Adoraria que o quarto filme fosse gravado no Brasil" Disse Kiely na entrevista.[3] Mais tarde, Adrienne alegou que elas e as Cheetah Girls se separaram,[4] porque a Disney não renovou contrato delas.

Carreiras Solo[editar | editar código-fonte]

Atualmente, as três estão se dedicando a projeto solo.

A ex-Cheetah Girl Adrienne Bailon no período posterior ao fim do grupo.

Adrienne Bailon: Depois das Cheetah Girls, Adrienne assinou contrato com a Island/Def Jam e está gravando seu álbum solo desde o ano de 2009. Explorando os talentos de apresentadora, Adrienne trabalhou como VJ/Apresentadora de vários programas e eventos da MTV norte-americana e comandou o webshow "Ready. Set. Dance!" da Yahoo!. Veja mais no artigo principal: Adrienne Bailon.

Kiely Williams: Além de gravar vários filmes desde o fim das Cheetah Girls, Kiely tem gravado faixas na gravadora de sua família para seu primeiro disco solo. Ela ganhou notoriedade em 2010 com a polêmica que causou com a canção "Spectacular". Veja mais no artigo principal: Kiely Williams.

Sabrina Bryan: Com o fim do grupo, Sabrina, que tinha sido destaque da 5ª temporada de Dancing With the Stars mesmo sem ter ganho, começou a trabalhar como repórter do programa cobrindo os bastidores semanalmente. Sabrina também participou de uma produção independente chamada "If It Ain't Broke, Break It". Veja mais no artigo principal: Sabrina Bryan.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

EPs[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

  • 2005 - DisneyMania 3 In Concert: Performance de "I Won't Say (I'm In Love)" ao vivo.
  • 2006 - California Adventures: (incluso na edição especial da trilha sonora de The Cheetah Girls 2)
  • 2006 - Radio Disney's Totally 15th Birthday: Performance de "The Party's Just Begun", "Cinderella" and "Shake A Tail Feather" ao vivo.
  • 2007 - In Concert: The Party's Just Begun Tour (incluso no CD de mesmo nome).

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Singles das trilhas sonoras
Ano Single Disco
2003 Cinderella*(com Raven-Symoné) Cheetah Girls Soundtrack
Girl Power*(com Raven-Symoné)
Cheetah Sisters*(com Raven-Symoné)
2005 I Won't Say (I'm In Love) DisneyMania 3
Cheetah-Licious Christmas Cheetah-licious Christmas
5 More Days 'Til Christmas
Shake a Tail Feather O Galinho Chicken Little
2006 If I Never Knew You DisneyMania 4
The Party's Just Begun*(com Raven-Symoné) Cheetah Girls 2 Soundtrack
Strut*(com Raven-Symoné)
Step Up*(com Raven-Symoné)
Amigas Cheetahs*(com Raven-Symoné)
Route 66 The Cheetah Girls 2 Soundtrack: Edição Especial
2007 So This is Love DisneyMania 5
So Bring It On TCG
Fuego
2008 One World* The Cheetah Girls: One World Soundtrack
Dance Me If You Can*
Cheetah Love*

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Título Original Sinopse (Resumo) Notas
2003 The Cheetah Girls The Cheetah Girls 4 amigas,que moram em Nova York, mas são de várias origens, lutam para alcançar a fama com seu grupo musical, The Cheetah Girls. Estrelado pela atriz e cantora Raven-Symoné e filmado no final de 2002, antes do grupo.
2006 The Cheetah Girls 2 The Cheetah Girls 2: When In Spain As 4 melhores amigas (Galleria, Chanel, Dorinda e Aqua) vão para Espanha competir no Festival de Música de Barcelona, mas ao chegar lá suas pesperctivas individuais as levam para caminhos diferentes. Com participação de Raven Symoné e Belinda.
2008 The Cheetah Girls: Um Mundo The Cheetah Girls: One World As amigas, Aqua, Chanel e Dorinda, vão para a Índia gravar um filme em Bollywood, mas ao chegar lá terão de competir entre si pelo papel, o que pode abalar a amizade das meninas. O primeiro com apenas as três Cheetah Girls e o priméiro DCOM gravado na Índia.

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • Vídeos dos filmes lançados como clipe para divulgar os filmes e as trilhas sonoras
Ano Vídeo Diretor
2005 Cheetah-Licious Christmas -
2006 Shake a Tail Feather
If I Never Knew You
The Party's Just Begun* Kenny Ortega
Strut*
Amigas Cheetahs*
Route 66 -
Cherish The Moment* Kenny Ortega
2007 So This is Love Shane Drake
So Bring It On (Ao Vivo) -
Fuego Marcus Raboy
Fuego (Versão em Espanhol)
2008 One World* Paulo Hoen
Dance Me If You Can*
Cheetah Love*
Feels Like Love*

Turnês[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Turnês de The Cheetah Girls

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Rádio Disney Awards - Música do Ano (Cinderella), (2003)
  • National Association for Multi-ethnicity in Communications Awards - Melhor Vídeo(Strut), (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor Estilo de Dança, (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor grupo, (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor música para acordar(Step Up), (2007)
  • Rádio Disney Awards - Melhor música para dançar (Strut), (2007).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde agosto de 2009).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Cheetah Girls