The Ico & Shadow of the Colossus Collection

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
The Ico & Shadow of the Colossus Collection
Desenvolvedora(s) Team ICO
Bluepoint Games[1]
Publicadora(s) Sony Computer Entertainment
Motor Blue Engine
Plataforma(s) PlayStation 3
Data(s) de lançamento
  • JP 22 de setembro de 2011[2]
  • AN 27 de setembro de 2011
  • EU 28 de setembro de 2011[3]
  • AU 29 de setembro de 2011
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Single-player, multiplayer

The Ico & Shadow of the Colossus Collection (conhecido nas regiões PAL como ICO & Shadow of the Colossus Classics HD e às vezes referido como The Team ICO Collection) é um pacote de jogos eletrônicos que contém remasterizações em alta definição de dois jogos passados do PlayStation 2 para o PlayStation 3. Os dois jogos, Ico e Shadow of the Colossus, foram desenvolvidos pela equipe da Sony Computer Entertainment, Team ICO, que contou com a ajuda da Bluepoint Games na remasterização, fornecendo suporte para monitores de alta definição, maiores taxas de quadros por segundo, estereoscopia 3D, e recursos adicionais para a PlayStation Network. Os dois jogos, enquanto são fundamentalmente diferentes em jogabilidade e história, são tematicamente conectados, com Shadow sendo considerado uma sequência espiritual à Ico. Ambos os jogos foram aclamados pela crítica em seus lançamentos originais, enquanto a própria coleção remasterizada foi avaliada positivamente pelos críticos.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ver artigos principais: Ico e Shadow of the Colossus

Em Ico, o jogador controla um garoto chamado Ico, amaldiçoado por ser uma criatura com chifres em sua cabeça, e trancado num remoto castelo vazio próximo de sua aldeia. Ico consegue libertar-se e depara-se com uma jovem garota frágil, Yorda, que é perseguida por criaturas-sombra que tentam arrastá-la a uma diferente região. Ico ajuda Yorda a escapar, por fim descobrindo que a mãe da garota, a Rainha que reside no castelo está tentando usar Yorda para prolongar sua própria vida.

Shadow of the Colossus é considerado uma sequência espiritual à Ico, e depois declarado por seu criador, Fumito Ueda, como uma prequência ambientada no mesmo mundo de Ico[4][5]. O jogador controla um rapaz chamado Wander, que busca trazer a vida de volta ao corpo de Mono, uma moça importante para ele, completando a tarefa de matar dezesseis bestas que vagam aquelas terras. Junto de sua égua Agro, Wander localiza cada um dos covis e destrói as bestas, motivado pela oportunidade de reencontrar-se com Mono.

Recursos remasterizados[editar | editar código-fonte]

O jogo e história central de ambos Ico (2001) e Shadow of the Colossus (2005) continuam intactas nas versões remasterizadas. Com a remasterização, ambos os jogos tiveram uma inspeção gráfica para permiti-los suportar as modernas telas de alta definição até 1080p. Com o PlayStation 3, os dois jogos apresentam uma correção na cadência de 30 quadros por segundo; a versão original de Shadow para o PlayStation 2 era notável por forçar os limites do antigo console e frequentemente sofria queda de quadros.[6] Ambos os jogos suportam estereoscopia 3D, levando vantagem do design original dos jogos com considerações em relação à visualização da profundidade do campo, evidenciada pelas grandes paisagens.[7] Os dois jogos da coleção suportam som surround 7.1.[8]

A remasterização de Ico foi baseada na versão europeia do jogo, que apresentava conteúdo adicional que não apareceu na versão original do jogo lançada na América do Norte, assim como alguns puzzles alterados dos lançamentos originais. Especificamente, após a conclusão do jogo, o jogador pode reiniciar o jogo vendo as traduções em inglês do misterioso idioma que Yorda, a companheira do jogador-personagem, fala, e um modo de dois jogadores com o segundo jogador no controle de Yorda.[9] Embora houvesse considerações pela inclusão de suporte ao controle de movimento PlayStation Move[10], o jogo final não entrega isso.

A coleção inclui conteúdo bônus, incluindo dios XMB Dynamic Themes e um exclusivo conteúdo de vídeo para Ico, Shadow of the Colossus, e o próximo jogo de Ueda, The Last Guardian.[11]


Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Antes do anúncio da Collection, outras duas coleções de jogos do PlayStation 2 foram feitas para o PlayStation 3; a coleção God of War, e a coleção Sly Cooper. Havia um forte interesse por parte de Fumito Ueda, o líder de projeto de ambos Ico e Shadow, de preparar uma coleção do tipo para os jogos da Team ICO.[12] Inicialmente, Ueda não estava "tão empolgado" sobre portar os jogos, já que eles foram projetados especificamente para o hardware do PlayStation 2.[13] Ueda também notou que tal conversão poderia ser difícil devido às complexidades que a Team ICO teve que criar para forçar os limites técnicos do PlayStation 2, mas sentiu que isso ainda era possível.[14] Como o PlayStation 3 tornou-se mais popular, e os consoles de PlayStation 2 tornaram-se menos, Ueda reconsiderou seu posicionamento para permitir que outros consoles conhecessem estes jogos.[13] Ueda notou que tal lançamento dependeria dos executivos da Sony.[12]

O trabalho de conversão para a coleção foi feito por Bluepoint Games, que anteriormente havia realizado a remasterização para a coleção God of War.[15] Os funcionários da Team ICO ajudaram no processo. Ueda considerou Bluepoint Games como "verdadeiros artesãos" neste empenho com a portabilidade, através de seus entendimentos dos fundamentos de Ico e Shadow e paixão pelos jogos.[13] Embora Ueda quisesse que os portes fornecessem imagens de estereoscopia 3D, ele elogiou Bluepoint por seu trabalho na afinação do efeito 3D, levando vantagem da escala e câmera fornecidas pelos jogos existentes; Ueda declarou que os desenvolvedores "tornaram isso em algo além do que imaginei".[13] Foi considerado adicionar novo conteúdo aos dois jogos. Um exemplo que Ueda pensou foi adicionar colossos que foram cortados da versão de PlayStation 2 de Shadow. No fim, Ueda e a equipe decidiram não incluir isso, preocupando-se que tais adições poderiam ser consideradas "prematuras" pelos jogadores, e ao invés disso optaram por continuar "fiéis ao trabalho de base".[13]

A coleção foi anunciada formalmente na Tokyo Game Show 2010.[16] Nos meses anteriores, a existência da coleção foi insinuada por rumores da indústria e aparecimentos da coleção em catálogos de vendedora online.[17]

Nas regiões da América do Norte e Europa/PAL, os dois jogos foram lançados como uma única coleção.[18] Esta versão também apresenta uma capa de caixa com duas faces, com as artes de capa originais da versão de PlayStation 2 de ambos os jogos viradas ao lado interior da caixa. Por conta das críticas em relação à arte de capa original de Ico lançada na América do Norte, a versão norte-americana da coleção usou a capa europeia/japonesa por Ueda. Entretanto, cópias bilíngues do Canadá não incluem as artes de capa com duas faces, elas possuem um lado interior branco.[19]

No Japão, eles foram lançados como títulos separados,[20] embora varejistas tenham vendido um conjunto de caixa de colecionador contendo ambos os jogos e material adicional.[21]


Recepção[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Eurogamer 9/10[22]
Game Informer 9,75/10[9]
IGN 8,5[23]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 92%[24]
Metacritic 92/100[25]

A coleção recebeu fortes elogios dos críticos de jogos no lançamento, não somente baseados nos títulos originais mas também nas melhorias feitas no porte de alta definição.[26]

Durante as semanas de seu lançamento, o jogo foi o mais vendido de todas as plataformas tanto na América do Norte quanto no Japão, segundo dados de vendas da Amazon.com.[27]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sid Shuman (December 10, 2010). «Shadow of the Colossus in 3D: Eyes On, Hands On». PlayStation Blog. Sony Computer Entertainment Japan. Consultado em 9 de dezembro de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Joscelyne, Svend (3 de junho de 2011). «Team ICO Remakes Dated for Japan». SPOnG. Consultado em 3 de junho de 2011 
  3. Lynch, Phil (7 de junho de 2011). «ICO & Shadow of the Colossus Classics HD Coming 28 September». Sony Computer Entertainment Europe. Consultado em 7 de junho de 2011 
  4. GameSpot site staff, ed. (2005). «The Long-Awaited Spiritual Successor to ICO Arrives Mid-February in Europe». GameSpot. Consultado em 1 de julho de 2006 
  5. McNamara, Andy & Berghammer, Billy (2006). «Colossal Creation: The Kenji Kaido and Fumito Ueda Interview». Game Informer. Consultado em 9 de julho de 2006. Cópia arquivada em 27 de abril de 2006 
  6. Leadbetter, Richard (8 de setembro de 2011). «Ico/Shadow of the Colossus: PS2 vs. PS3». Eurogamer. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  7. Gallagher, James (16 de setembro de 2010). «Fumito Ueda Interview». Sony Computer Entertainment of Europe. Consultado em 16 de setembro de 2010 
  8. Banks, David (8 de setembro de 2011). «Two Classic Games Get Facelifts and a PlayStation 3 Release». Wired. Consultado em 8 de setembro de 2011 
  9. a b Juba, Joe (8 de setembro de 2011). «Ico and Shadow of the Colossus Collection». Game Informer. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  10. Anderson, Joe (19 de setembro de 2010). shadow-of-the-colossus-may-support-move/ «PS3 Ico and Shadow of the Colossus may support Move» Verifique valor |url= (ajuda). VG247. Consultado em 19 de setembro de 2010 
  11. Orry, Tom (21 de julho de 2011). «Ico & Shadow of the Colossus PS3 to include bonuses». Videogamer.com. Consultado em 1 de agosto de 2011 
  12. a b Leone, Matt (25 de setembro de 2009). «Fumito Ueda Wants To See ICO and Shadow of the Colossus on PS3». 1UP.com. Consultado em 26 de maio de 2010 
  13. a b c d e Gifford, Kevin (14 de setembro de 2011). «Fumito Ueda Reflects on Ico, Shadow of the Colossus Remakes». 1UP.com. Consultado em 14 de setembro de 2011 
  14. Tolito, Stephan (29 de setembro de 2009). «Shadow Of The Colossus Creator Hints At Movie Involvement, Wants PS3 Ports». Kotaku. Consultado em 26 de maio de 2010 
  15. Leadbetter, Richard (10 de setembro de 2011). «Tech Analysis: Ico and Shadow of the Colossus Collection HD». Eurogamer. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  16. Orland, Kyle (13 de setembro de 2010). «Retail Listing, Media Report Point To Team Ico PS3 Collection». Gamasutra. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  17. Pigna, Kris (26 de maio de 2010). «Ico, Shadow of the Colossus HD Collection Rumored for Q1, 2011». 1UP.com. Consultado em 26 de maio de 2010 
  18. Shuman, Sid (16 de setembro de 2010). «Ico and Shadow of the Colossus Collection hits PS3 Spring 2011 with 3D». Sony Computer Entertainment of America. Consultado em 16 de setembro de 2010 
  19. McElroy, Griffin (8 de setembro de 2011). «Ico and Shadow of the Colossus has reversible boxart, Last Guardian not at TGS». Joystiq. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  20. Gantayat, Anoop (14 de setembro de 2010). «Ico and Shadow of the Colossus Remakes Confirmed». IGN. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  21. Spenser (17 de junho de 2011). «Ico And The Shadow Of The Colossus In A Deluxe Package Just For Japan». Siliconera. Consultado em 18 de junho de 2011 
  22. Dorlan, Christian (8 de setembro de 2011). «Ico & Shadow of the Colossus Collection HD - Review». Eurogamer. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  23. Clements, Ryan (8 de setembro de 2011). «Ico & Shadow of the Colossus Collection Review». IGN. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  24. «The ICO & Shadow of the Colossus Collection». GameRankings. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  25. «The Ico and Shadow of the Colossus Collection (PS3)». Metacritic. Consultado em 10 de setembro de 2011 
  26. Cowan, Danny (28 de setembro de 2011). «Critical Reception: The ICO & Shadow of the Colossus Collection». Gamasutra. Consultado em 28 de setembro de 2011 
  27. Cowan, Danny (30 de setembro de 2011). «Saling The World: ICO & Shadow of the Colossus Collection Heads Domestic Charts». Gamasutra. Consultado em 30 de setembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]