The Private Lives of Elizabeth and Essex

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
The Private Lives of Elizabeth and Essex
Isabel de Inglaterra[1] (PT)
Meu Reino por um Amor[2] (BR)
Bette Davis como Elizabeth I
 Estados Unidos
1939 •  cor •  106 min 
Direção Michael Curtiz
Roteiro Norman Reilly Raine / Æneas MacKenzie
Elenco Bette Davis
Errol Flynn
Olivia de Havilland
Donald Crisp
Alan Hale
Vincent Price
Género aventura
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Private Lives of Elizabeth and Essex é um filme americano de 1939, do gênero drama biografia histórico, dirigido por Michael Curtiz, e com roteiro baseado na peça teatral Elizabeth the Queen, de Maxwell Anderson, que retrata o romance entre a rainha inglesa Elizabeth I e seu favorito Robert Devereux, 2º Conde de Essex. É um filme sobre a solidão dos poderosos e sobre a frieza do poder.

A peça, hoje pouco conhecida, chegou a fazer sucesso na Broadway, estrelada por Lynn Fontanne e Alfred Lunt.

É um consenso entre a crítica que a atuação de Bette Davis, como Elizabeth I, é muito superior à de Errol Flynn, como Devereux, pois neste caso a forma de interpretação sempre casual de Flynn não se adequou bem ao papel. A despeito disso, o filme agradou muito ao público e teve boa bilheteria.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme narra o relacionamento tanto político quanto pessoal entre a rainha inglesa Elizabeth I e Robert Devereux, conde de Essex que, durante algum tempo, chegou a ser seu favorito.

Devereux era muito inteligente, ativo e loquaz, além de bom estrategista militar. Era também descendente do rei Henrique IV, além de aparentado da própria rainha. Infelizmente, seu orgulho e arrogância dificultaram sua vida entre as intrigas da corte britânica de seu tempo.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Bette Davis .... Rainha Elizabeth I
Errol Flynn .... Robert Devereux, conde de Essex
Olivia de Havilland .... Lady Penelope Gray
Donald Crisp .... Francis Bacon
Alan Hale .... Hugh O'Neill, conde de Tyrone
Vincent Price .... Sir Walter Raleigh

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1940 (EUA)

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Isabel de Inglaterra (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. Meu Reino por um Amor no CinePlayers (Brasil)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.