Tokio Hotel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Tokio Hotel
Georg Listing, Bill Kaulitz, Tom Kaulitz e Gustav Schäfer.
Informação geral
Origem Magdeburgo
País  Alemanha
Gênero(s) Rock Alternativo
Período em atividade 2001 - atualmente
Gravadora(s) Island Records
Cherrytree Records
Universal Music
Página oficial www.tokiohotel.com
Integrantes Bill Kaulitz
Tom Kaulitz
Georg Listing
Gustav Schäfer

Tokio Hotel é uma banda alemã fundada em Magdeburgo em 2001 pelos irmãos Bill Kaulitz e Tom Kaulitz e seus amigos Georg Listing, Gustav Schäfer e Sylvanas Windrunner.

Depois de gravar um CD-Demo inédito sob o nome de Devilish e ter seu contrato rescindido com a Sony BMG, o quarteto libera seu primeiro álbum em língua alemã, Schrei, como Tokio Hotel pela Island Records em 2005. Schrei vendeu mais de 1,5 milhão de cópias no mundo e teve quatro singles top cinco na Alemanha e na Áustria.[1]

Em 2007 a banda lança seu segundo álbum Zimmer 483, e o primeiro álbum em inglês, Scream, que tiveram vendas de mais de um milhão de cópias em todo o mundo ajudando a banda a ganhar seu primeiro MTV Europe Music Award para "Best Interact". O Zimmer 483 gerou três singles top cinco na Alemanha, enquanto Scream, gerou dois singles que atingiram o top vinte em novos territórios, como Portugal, Espanha e Itália.

Em Setembro de 2008 ganhou seu primeiro MTV Video Music Award para Best New Artist. Eles também ganharam o prêmio headliner no MTV Europe Music Awards 2008, realizado em Liverpool, em 6 de Novembro de 2008.

Desde o início de sua carreira, o Tokio Hotel já vendeu mais de 8 milhões de CDs e DVDs[2] , ganhou 160 discos de Ouro e 63 de Platina e recebeu mais de 100 prêmios internacionais.

História[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

A banda Tokio Hotel foi fundada pelo vocalista Bill Kaulitz, o guitarrista Tom Kaulitz, o baixista Georg Listing e o baterista Gustav Schäfer.

Bill e Tom, que são gêmeos idênticos, e fazem música juntos desde a infância, foram musicalmente estimulados pelo padrasto, Gordon Trümper, que é guitarrista de uma banda ativa de Magdeburg. Em 2001, durante uma apresentação em Magdeburg, feita apenas com Tom na guitarra e Bill no teclado e vocal, os gêmeos, que estavam com 11 anos, acabaram conhecendo Gustav Schäfer de 12 e Georg Listing de 13 anos. Enquanto Bill e Tom Kaulitz, sob o nome de Black Question Mark, cantavam no palco, Listing e Schäfer, que conhecia cada música a partir de outras escolas, assistiam ao show da plateia. Os dois garotos, apelidados pelas fãs de “G’s”, já eram conhecidos da escola de música, e, como a dupla precisava de um baixista e de um baterista eles se juntaram aos gêmeos, nascendo aí uma grande amizade e uma banda. Sob o nome Devilish (Diabólico), eles logo começaram a tocar em pequenos concertos e shows de talento.

Em 2003, após perder uma aposta com Tom, Bill se inscreveu em um concurso de música para crianças de até 15 anos, o Star Search. Ele chegou às quartas de final mas acabou perdendo para um garoto que cantava Rap. Depois da aparição na TV Alemã, Bill Kaulitz foi contatado pelo produtor musical Peter Hoffmann, que foi até sua cidade assistir a uma das apresentações da banda. Hoffmann contou com presença de David Jost, Pat Benzer e Dave Roth na equipe de criação e produção, e foram eles que ajudaram os membros da banda na composição de suas músicas e ainda os incentivaram a aprender a tocar outros instrumentos. Pouco depois a banda fechou contrato com a gravadora Sony BMG e gravou um CD Demo intitulado “Devilish”. No entanto, pouco antes do lançamento do seu primeiro álbum, a Sony encerrou seu contrato com a banda.

Em 2005, a Universal Music Group apareceu com um plano de marketing e um contrato para os rapazes. O empresário do grupo, David Jost, acabou convencendo-os de que Devilish não era um nome popular, e que isso estaria dificultando o sucesso da banda. Sendo assim, Devilish tornou-se Tokio Hotel. "Tokio", a ortografia alemã da cidade japonesa Tóquio, foi escolhido devido ao amor deles pela cidade, e "Hotel", devido às suas constantes turnês e estadias em hotéis. A Universal continua com eles até hoje fazendo um grande sucesso – a banda é considerada uma das maiores bandas, não só na Alemanha, mas em toda a Europa e nos Estados Unidos.

 Discografia[editar | editar código-fonte]

Schrei (2005)[editar | editar código-fonte]

Novo lógotipo adotado pela banda em 2014 após o lançamento do seu álbum Kings of Suburbia.

O primeiro single, "Durch den Monsun" ("Monsoon"), foi um grande sucesso, figurando entre as melhores músicas no Official Media Control (site alemão): começou na posição #15 no dia 20 de Agosto de 2005 e, eventualmente, chegou a #1 em 26 de Agosto de 2005, evento que também ocorreu no ranking musical austríaco. O segundo single, "Schrei" ("Scream"), subiu para a quinta posição no ranking alemão. Essas duas canções foram escritas pelo vocalista Bill Kaulitz, juntamente com seu grupo de produtores.

Seu álbum de estreia, Schrei, foi lançado em 19 de Setembro de 2005, e a Federação Internacional da Indústria Fonográfica Alemã, posteriormente, atribuiu uma certificação platina por vender mais de 200.000 cópias. Em 2006, um terceiro e quarto single, "Rette Mich" ("Rescue Me") e "Der letzte Tag" ("Final Day"), foram liberados; eles também atingiram primeira posição não só na Europa, mas em vários outros países. "Der letzte Tag" continha um B-side chamado "Wir schließen uns ein", que também foi acompanhado por um vídeo musical.

Schrei, So Laut Du Kannst (2006)[editar | editar código-fonte]

Uma nova versão do álbum "Schrei" com a voz do vocalista Bill Kaulitz ainda melhor (já que seu primeiro álbum fora lançado quando ainda era muito jovem) foi lançada. Eles regravaram três faixas e incluíram quatro faixas bônus.

Nesse mesmo a banda lançou uma outra versão de Schrei ao vivo.

Zimmer 483 (2007)[editar | editar código-fonte]

Zimmer 483 Tour (2007)

O primeiro single do seu segundo álbum Zimmer 483 (Room 483), denominado "Übers Ende der Welt" (mais tarde re-lançado em Inglês "Ready, Set, Go!"), Foi liberado em 26 de Janeiro de 2007 e rapidamente atingiu #1.

Zimmer 483 foi lançado na Alemanha em 23 de Fevereiro de 2007, juntamente com uma edição de luxo do álbum contendo um DVD.

O segundo single, "Spring nicht" ("Don't Jump") foi lançado em 7 de Abril. A turnê que acompanha o lançamento do álbum, The Zimmer 483 Tour, foi programada para iniciar em Março de 2007, mas foi adiado por duas semanas.

Um terceiro single, "An deiner Seite" (Ich bin da) ("By Your Side"), foi libertado em 16 de Novembro. Continha também o B-side "1000 Meere" ("1000 Oceans"), com um clip também produzido.

Com 12 faixas inéditas, o álbum tem uma nova sonoridade rock apaixonante; melodias mais finas e uma guitarra mais pesada marcam as músicas. O álbum ganha mais espaço, mas é principalmente a imagem do vocalista que marca toda uma geração.

Zimmer 483 Live in Europe (2007)[editar | editar código-fonte]

O sucesso de álbum Zimmer 483 logo ganha uma turnê europeia, então um CD e um DVD são gravados com todas as faixas ao vivo. A turnê estava prevista para Março, mas como os rapazes não estavam completamente satisfeitos, foi adiada e só começou em Novembro do mesmo ano.

Scream (2007)[editar | editar código-fonte]

Com a repercussão da banda no resto do mundo, os integrantes decidiram investir em um álbum todo em inglês. Diferentemente de seus álbuns em alemão, que nunca receberam lançamentos oficiais fora do mundo de língua alemã, o álbum foi lançado em 4 de Junho de 2007 em toda a Europa. Na Alemanha ele foi lançado como Room 483, a fim de enfatizar a continuidade de seu último álbum alemão, Zimmer 483.

Scream contém versões em inglês de uma seleção de canções lançadas nos álbuns Schrei e Zimmer 483. "Monsoon", a versão em Inglês de "Durch den Monsun", foi o primeiro single do álbum. "Ready, Set, Go!" (a tradução de "Übers Ende der Welt") é o segundo single e foi lançado com o álbum juntamente com "By Your Side" (tradução de "An deiner Seite"). O terceiro sigle, "Don't Jump" (tradução de "Spring nicht") é lançado em seguida. Um vídeo para "Scream" (tradução de "Schrei"), também foi gravado e liberado para a iTunes Store no início de Março de 2008.

Humanoid (2009)[editar | editar código-fonte]

O quarto álbum tem o nome de Humanoid e foi lançado ao mundo em versões diferentes, uma em inglês e outra em alemão, no dia 2 de Outubro de 2009. Na época do lançamento o vocalista Bill Kaulitz declarara: "Quero que nosso álbum seja lançado com um nome que seja compreendido em todo o mundo".

Segundo David Jost, empresário da banda, as músicas do álbum são fortes, sombrias e cheias de solos de guitarra. O álbum apresenta uma tracklist que varia de 14 a 16 faixas, dependendo das versões, e ainda conta com músicas exclusivas compradas online através do iTunes.

Neste novo álbum o grupo mudou seu estilo musical deixando o lado mais melódico, marca de seus álbuns anteriores, e investindo num estilo que varia entre Pop Rock e Synthpop. Alguns de seus fãs consideraram que o novo álbum tem um estilo totalmente diferentes dos trabalhos anteriores, pois traz um rock mais futurista e faz uso de novos instrumentos, o piano e o teclado. O som inovador trouxe para a banda ainda mais reconhecimento.

Em Humanoid, foram lançado os singles Automatic e World Behind My Wall.

Welcome to Humanoid City Tour (2010)[editar | editar código-fonte]

A tour europeia intitulada de "Welcome to Humanoid City" para a promoção do álbum apresenta-se com novos cenários, marcantes na história do Tokio Hotel, além de figurinos e efeitos futuristas.

O álbum também ganha uma turnê mundial intitulada de "Welcome to Humanoide City Tour", com cenários e figurinos futuristas, explosões, piano pagando fogo, uma capsula da qual Bill entra e sai do palco e papéis picados jogados sobre a plateia com vários agradecimentos vindos dos integrantes da banda. Essa tinha sido a maior turnê da banda, que além da Europa, se apresentou no México, na América do Sul e na Asia.

Da turnê saiu uma outra versão em CD intitulada Humanoid City Live, onde foi lançado o single Darkside Of The Sun.

Best Of Tokio Hotel (2010)[editar | editar código-fonte]

A banda lançou em 13 de Dezembro de 2010 um álbum contendo dois CDs, um com 18 faixas em inglês, e outro com 18 faixas em alemão, além de um DVD com 18 clipes e 6 making offs. No Best of Tokio Hotel você ainda pode encontrar duas músicas inéditas, "Hurricanes and Suns" (2009) e "Mädchen aus dem All" (2003) com os videoclipes já postados do site oficial do Tokio Hotel.

O lançamento do CD no Brasil ocorreu no dia 18 de Janeiro de 2011.

Darkside of the Sun (2011)[editar | editar código-fonte]

Com as mesmas músicas do álbum Scream e Humanoid, além de músicas bônus e um DVD que contem alguns clipes da banda, bem como um documentário e uma sessão perguntas e respostas com os membros da banda.

Kings Of Suburbia (2014)[editar | editar código-fonte]

Depois de uma pausa de cinco sem nenhum trabalho novo, em 3 de Abril de 2014, foi divulgado um teaser, em seu canal oficial do Youtube, do novo CD da banda. No dia 8 de Agosto do mesmo ano, foi divulgado outro trailer, também em seu canal, sobre a volta da Tokio Hotel TV. O primeiro episódio foi liberado em 13 de Agosto de 2014, e então, todas as quartas-feiras eles liberavam um novo episódio.

Em 3 de Setembro foi divulgado, em seu site oficial, a capa e o nome de seu novo CD, Kings Of Suburbia, que seria lançado no dia 3 de Outubro de 2014. No dia 5 de Setembro de 2014 o CD foi liberado para pré-venda em várias lojas online tais como iTunes e Amazon. O CD foi lançado com versão normal (CD), versão deluxe (CD+DVD) e versão super deluxe (CD+DVD, Box-Set), sendo que essa última esgotou logo no dia seguinte (6 de Setembro de 2014) na Alemanha, Espanha e Itália. No dia 9 de Setembro de 2014 esgotou em todos os outros lugares.

No dia 10 de Setembro de 2014 foi anunciado nas suas redes sociais que seria liberado, exclusivamente no iTunes, uma faixa do CD a cada sexta-feira até o lançamento oficial do álbum no dia 3 de Outubro de 2014. O primeiro vídeo clipe foi lançado no dia 12 de Setembro de 2014 com a música "Run, Run, Run".

Em 17 de setembro Tokio Hotel anunciou em sua página do Facebook o segundo single promocional "Girl Got a Gun". A canção foi lançada em 19 de setembro, enquanto um vídeo da música, dirigido por Kris Moyes, foi lançado em 23 de Setembro.

O principal single do Kings of Suburbia, "Love Who Loves You Back", foi lançado digitalmente em 26 de setembro, enquanto o videoclipe, dirigido por Marc Klasfeld, foi lançado em 30 de setembro.

O segundo principal single do álbum, "Feel It All", teve seu vídeo clip filmado em Berlim. Ele foi lançado em março de 2015, dando suporte a turnê "Feel It All World Tour 2015".

Kings of Suburbia é bem diferente dos trabalhos anteriores. Ele traz uma mistura de diferentes gêneros como rock alternativo, pop rock e música eletrônica. Como Bill e Tom passaram esses últimos anos em Los Angeles, a principal influência para o álbum foi a vida noturna da cidade. A maioria das canções foi escrita pela banda e todo o álbum foi mixado e produzido por Tom Kaulitz. 

Feel It All World Tour (2015)[editar | editar código-fonte]

A turnê da banda deu início em Março de 2015 e só terminou em Novembro do mesmo ano. Apesar de mais intimista, pois os rapazes quiseram uma aproximação maior com o público dando ao show um clima de balada, o que fez com que o número de ingressos vendidos fosse limitado, foi a turnê que esteve no maior número de cidades. Ela passou pelo Brasil e por várias cidades da América Latina. Esteve em 14 cidades dos Estados Unidos e outras 19 apenas Russia, além de vários outros países da Europa.

Infelizmente a turnê não passou por Portugal.

Apresentações[editar | editar código-fonte]

Welcome to Humanoid City Tour[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

A banda fez seu primeiro show em São Paulo, com a turnê Welcome to Humanoid City Tour. A apresentação aconteceu dia 23 de Novembro de 2010 no Via Funchal e reuniu mais de 5 mil fãs da banda, sendo a grande maioria deles, de faixa etária entre 12 e 25 anos. A logística por trás da turnê não trouxe ao Brasil o show completo, somente o básico: telões, a moto e o piano. Todos os integrantes usavam os mesmos trajes da turnê europeia, que o faziam brilhar no escuro. A plateia fez com que o vocalista se sentisse a vontade: “Nós estamos tão longe de casa, obrigado por fazer com que São Paulo pareça como casa para nós. Obrigado a todos”. O último “Obrigado” Bill Kaulitz disse em português.[3]

O Tokio Hotel concedeu uma coletiva de imprensa no Hotel Fasano, horas antes do show, onde ficou espantado com uma fã que viajou 25 horas de ônibus para vê-los "Mesmo? Mais de 25 horas?”" Perguntou Bill impressionado. "E eu achei que fosse duro para nós, que vivemos na estrada e acabamos de chegar de um voo de 30 horas. Mas é gostoso dividir esses momentos com os fãs", completou.[4]

No dia seguinte, após o concerto, a banda seguiu para o Peru, onde também tinham datas marcadas. Sua turnê pelas Américas ainda passou pelo Chile e México, onde aconteceu o último show da Welcome To Humanoid City Tour.

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Apareceram pela primeira vez em solo lusitano em 2005 para os EMA (European Music Awards) da MTV. Na altura não eram conhecidos pelo povo português.

Apenas em 2007 começaram a ser notados pelos fãs que devotamente davam a conhecer a banda. Conhecidos pelas extravagâncias das fãs, em 2007 atuaram no programa de televisão Família Superstar com a música Monsoon e Ready Set Go.

Em 2008 compareceram pela primeira vez em Lisboa para um concerto. O primeiro deles todos, a 16 de Março foi cancelado a última hora já quando os fãs se encontravam no dentro do Pavilhão Atlântico. Devido a uma laringite do vocalista, os restantes membros da banda juntamente com um tradutor dirigiram-se ao palco para informar a triste notícia. Meses depois tocaram pela primeira vez no festival Rock in Rio Lisboa e para felicidade dos fãs portugueses, um concerto a 29 de Junho, com repertório de Scream.

Dois anos, regressam na digressão europeia com o álbum Humanoid com uma sessão de autógrafos e um concerto a 7 de Abril de 2010 da Humanoid City Tour.

Ficheiro:Bill e Tom Kaulitz (2015).jpg
Tom & Bill Kaulitz (2015)

Feel It All World Tour[editar | editar código-fonte]

O segundo concerto da banda no Brasil aconteceu no dia 28 de agosto de 2015 no Citibank Hall, em São Paulo. Depois de muitos gritos ansiosos dos, aproximadamente, 1.500 fãs presentes, as luzes se apagaram e o local foi tomado pela ensurdecedora música eletrônica de abertura. Pouco tempo depois, Bill Kaulitz e sua banda subiram ao palco em silêncio, mas logo deram início a “We Found Us”, deixando o público ainda mais histérico.

A primeira parte do show foi formada por canções com batidas eletrônicas que fizeram o local do show tremer com as músicas “Girl Got a Gun”, “Darkside of the Sun” e “Covered in Gold”, que ele dedicou a "todas as pessoas com o coração partido". A segunda parte, não poderia ser mais diferente. Com um tom mais intimista e um pouco sombrio, a banda iniciou a canção “Invaded” seguida por “Run, Run, Run”, que o vocalista cantou acompanhado pelo irmão, Tom, ao piano. Mas foi ao cantar “Rescue Me” e "Automatic", que fazem parte dos discos mais antigos da banda, que ele levou o publico ao delírio.

Uma das surpresas da noite foi a presença de algumas fãs que foram convidadas a acompanharem os rapazes no palco durante a música "Kings of Suburbia". Bill interagiu com as garotas durante toda a música e depois agradeceu.

Além da batida eletrônica, jogos de luz com efeito neon e laser durante o show, o que mais chamou a atenção, novamente, foi o figurino do vocalista. Ele entrou na arena vestindo uma capa dourada e uma coroa de rei. Depois de retirar a capa e a coroa ele ainda trocou de roupa quatro vezes. Desta vez não houve luzes brilhando nas roupas, mas elas estavam ainda mais extravagantes, bonitas e alegres.

Tokio Hotel iniciou a última parte do show cantando a eletrizante “Stormy Weather” e continuando com “Masquerade”. Depois de apresentar "The Heart Get No Sleep" o palco escureceu novamente. Minutos depois o grupo retornou cantando "Love Who Loves You Back" e a tão esperada "Monsoon". Dizendo que eles amavam o Brasil e prometendo voltar em breve, Bill encerrou o show com “Great Day”, finalizando assim, a turnê no Brasil. Nunca mais voltaram.

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

VIVA Comet Awards[editar | editar código-fonte]

Foi criada em 1995 pela Nickelodeon da Alemanha. O VIVA Comet Awards é um prêmio de música concedido apenas aos artistas da Alemanha. De 2005 a 2008, foi concedido um prêmio especial, o Super Comet. Todas as três vezes, quem ganhou foi a banda alemã de rock Tokio Hotel.[5]

Cell phones & Far East Movement[editar | editar código-fonte]

Face o fim da "Welcome to Humanoid City tour", os irmãos Kaulitz lançaram um aplicativo intitulado de "BTK APP" no qual os fãs têm a oportunidade de estabelecer contato pessoal com os membros mais chegados da banda. Inicialmente lançado para iPhone iOS no dia 16 de janeiro de 2012 e mais cedo para sistemas Android OS no dia 19 de dezembro de 2011. Para além da aplicação que gerou milhões de downloads por todo mundo, os Tokio Hotel aderiram à "VIP CALL", um modo que permitiu aos membros da banda responderem a perguntas pessoais dos fãs, sempre que uma pergunta era respondida os membros da banda "telefonavam" de volta! As tarifas do VIP CALL não agradaram os fãs um vez que os preços eram altos compreendidos entre os 4.99 Euros por mês.

Após a confirmação pela CherryTreeRec, Bill Kaulitz gravou um dueto com Far East Movement, música intitulada de If I die tomorrow que saiu no álbum "Dirty Bass" em meados de maio de 2012. Foi confirmada pela própria banda que o vídeo-clip seria gravado e que Bill faria parte do mesmo. Infelizmente, o vídeo-clip nunca chegou a ser gravado.

O sucesso[editar | editar código-fonte]

Após a bem sucedida ideia de lançar um álbum em Inglês (Scream), Tokio Hotel começou a ganhar fama ao redor do mundo. Primeiro veio a França, onde conseguiram tocar para um público recorde de 500 mil pessoas embaixo da famosa Torre Eiffel. Depois vieram os outros países da Europa e em seguida todos os continentes sabiam quem era Tokio Hotel. Hoje são conhecidos em mais de 160 países.

Em entrevistas recentes os rapazes afirmaram que já estavam trabalhando nas músicas do próximo trabalho e garantiram que o novo CD não demoraria tanto para ser lançado dessa vez, sendo assim, talvez haja novidades em 2017.

Perguntados sobre qual o era segredo para estarem juntos há tanto tempo (eles comemoraram 10 anos de carreira em 2015), Tom afirmou que eles se consideram como irmãos, afinal cresceram e vivenciaram tudo juntos. Disse que há discussões, mas tudo se resolve rapidamente e sem mágoa, como ocorre em qualquer família, porque se conhecem muito bem. Bill reiterou dizendo que tudo tem a ver com química, que eles são muito amigos e não se imaginam não estando juntos, o que foi confirmado pelos rapazes que estavam ao seu lado; também disse que entre eles não há disputa, pois cada um sabe o seu lugar no grupo e está confortável fazendo o que gosta. Brincando ele falou: "Sempre ficou muito claro que quem vai estar na frente da capa do CD serei eu, então não há guerrinha de egos aqui". Ele terminou a declaração rindo, assim como seus três companheiros que novamente assentiram em concordância.

Trabalhos Paralelos[editar | editar código-fonte]

Japão[editar | editar código-fonte]

Tokio Hotel juntou-se a MTV, Lady Gaga e mais outras estrelas Japonesas e entrou para o Video Music Aid Japan com a intuito de arrecadar altas quantias em dinheiro para a Cruz Vermelha Japonesa e ajudar o Japão como um todo depois do acontecimento de Março de 2011. A premiação do VMAJ aconteceu em 25 de junho de 2011 no Japão, e a quantia arrecadada ultrapassou mais de 5 milhões de dólares.

Vale lembrar que Tokio Hotel também ajuda outras instituições carentes na Alemanha, no Chile e em Los Angeles.

Alice in Wonderland[editar | editar código-fonte]

Fizeram parte da trilha sonora de Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas 2010) com a música "Strange" em que cantam com a cantora estoniana Kerli, sendo ela a sétima faixa do CD.

Billy[editar | editar código-fonte]

Em 2016 o vocalista Bill Kaulitz decidiu embarcar em um novo projeto. Sob o nome artístico BILLY, ele lançou, no dia 20 de Maio, um EP com 5 músicas intitulado "Im Not Ok". O novo trabalho teve como objetivo expressar, através da música, como foi encontrar e perder um grande amor.

A primeira música oficial do EP, "Love Don’t Break Me", foi lançada em 29 de abril, e é uma balada minimalista/eletrônica que reflete um novo som e um crescimento impressionante na paleta musical de Billy.

Para o novo projeto, Billy escreveu músicas em colaboração com os produtores musicais Pioner, Shiro Gutzie e seu próprio irmão gêmeo, Tom Kaulitz. "Eu queria ir para o estúdio e experimentar novos sons sem ficar retido criativamente" adicionou Billy. "Eu criei um ambiente para mim mesmo onde não havia pressão e eu seria capaz de simplesmente criar novas coisas sem me preocupar com vendas, promoções ou planos de divulgação. O objetivo era focar na criação".

O conteúdo híbrido e artístico do projeto também incluiu um estonteante curta em preto e branco dirigido por Shiro Gutzie e Davis Factor, que veio acompanhado de um livro de fotos com imagens selecionadas do filme e outras fotos originais feitas pelos diretores. O ambicioso projeto artístico conta ainda com uma série de grandiosas artes estampadas. "Eu não queria fazer um lançamento tradicional no meu projeto solo" disse Billy, "eu queria ter liberdade para explorar outras áreas da minha vida pelas quais eu sou apaixonado como arte e moda, e achei que um projeto musical puro não satisfaria a visão que tenho de um artista solo".

O livro de fotos que incluiu a edição limitada de vinil branco de "Love Don’t Break Me" teve sua pré-venda anunciada no dia 30 de março, com as primeiras 300 cópias autografadas por Billy. O livro de 50 dólares, disponível exclusivamente no site oficial de Billy, vendeu mais de mil cópias nas primeiras 12 horas.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Tokio Hotel
Álbuns de estúdio

Ao longo dos anos de carreira a banda compôs músicas que nunca chegaram aos ouvidos da sua legião de fãs. Algumas foram produzidas para os seus antecedentes álbuns de estúdio Schrei (2005), Zimmer 483 (2007), Scream/Room483 (2007) e Humanoid (2009).

Título Compositores Notas
'Hurricanes and Suns' Dave Roth, Patrick Benzer, David Jost, Tom Kaulitz and Bill Kaulitz
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
  • Foi seguidamente lançada no álbum Best Of(2010)
'Therapy' Patrick Benzer, Desmond Child, David Jost, Tom Kaulitz and Dave Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
  • O título foi anunciado pela ASCAP
'Riot in Demand' David Roth, David Jost, Bill Kaulitz, Patrick Benzer
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
  • Esta música possuía um dueto com um artista desconhecido
'The Infinite' David Roth, David Jost, Bill Kaulitz
  • Deixou de ser incluída no álbum Scream (2007)
  • Versão Inglesa da música 'Unendlichkeit' do álbum Schrei (2005)
'Madchen Aus Dem All' Dave Roth, Dave Jost, Frank Ramond, Tom Kaulitz
  • Música gravada em 2003, mas deixou de ser incluída no álbum Schrei(2005)
  • Foi seguidamente lançada no álbum Best Of(2010)
'Kalt Einfach' Dave Roth, Dave Jost, Bill Kaulitz
  • Deixou de ser incluída no álbum Zimmer 483(2007)
'Geh' Dave Jost, Bill Kaulitz, Tom Kaulitz
  • Deixou de ser incluída numa re-edição de Zimmer 483(2007)
  • Foi seguidamente lançada no single An Deiner Seite.
'Alles wird gelogen' Frank Ramond, Dave Roth, Dave Jost, Peter Hoffman
  • Deixou de ser incluída no álbum Schrei(2005)
'The End Of the World' Mitch Allan, Patrick Benzer, Kara Dioguardi, David Jost, David Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
'Schnee in Meinem Herz' Bill Kaulitz, Patrick Benzer, David Jost, David Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
'Hast Du Auch' Bill Kaulitz, Patrick Benzer, David Jost, David Roth, Guy Chambers
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
'Hass und Begierde' Bill Kaulitz, Patrick Benzer, David Jost, David Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
  • Era para ter sido incluída no álbum Best Of(2010) como versão alemã de 'Hurricanes and Suns', porém ter sido removida.
'We Stay Forever' Patrick Benzer, David Jost, David Roth, Tom Kaulitz
  • Deixou de ser incluída no álbum Scream(2007)
  • Versão Inglesa da música 'Wir Sterben Niemals Aus' do álbum Zimmer 483(2007)
'Willkommen' Bill Kaulitz, Patrick Benzer, David Jost, David Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Zimmer 483(2007)
'Einmal' Tom Kaulitz, Patrick Benzer, David Jost, David Roth
  • Deixou de ser incluída no álbum Humanoid(2009)
  • Versão Alemã da música "That Day"

Turnês[editar | editar código-fonte]

Ano Turnê
(2005-06) Schrei Tour
(2007-08) Zimmer 483 Tour
(2008-09) 1000 Hotels World Tour
(2010) Welcome to Humanoid City Tour
(2015) Feel it All World Tour 2015

Links Oficiais da Banda[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Tokio Hotel