Nefroblastoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tumor de Wilms)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nefroblastoma
Especialidade oncologia
Classificação e recursos externos
CID-10 C64
CID-9 189.0
ICD-O: 8960/3
OMIM 194070 607102
DiseasesDB 8896
MedlinePlus 001575
eMedicine med/3093 ped/2440
MeSH D009396
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Tumor de Wilms ou nefroblastoma é um tumor dos rins que tipicamente ocorre em crianças, sendo raro em adultos.

Seu nome é um epônimo em homenagem ao Dr. Max Wilms, um cirurgião alemão (1867-1918), que foi a primeira pessoa a descrever este tipo de tumor.[1]

Representa aproximadamente 7% das neoplasias que ocorrem em crianças.[2]

Pode ocorrer em um ou em ambos os rins. Histologicamente é composto por elementos que se assemelham ao tecido renal normal: blastêmico, estromal e epitelial. Uma característica importante do Tumor de Wilms é a sua associação com outras doenças congênitas, incluindo aniridia, hemi-hipertrofia (aumento de um lado da face ou do corpo), e outras anomalias congênitas, habitualmente do sistema genitourinário.

O Tumor de Wilms consiste habitualmente em uma massa solitária, que surge em qualquer parte dos rins. Em geral, é nitidamente demarcado e variavelmente encapsulado. Esse tumor cresce até atingir um certo tamanho, deformando a estrutura renal

Estadiamento[editar | editar código-fonte]

  • Estágio 1: limitam-se ao rim e podem ser excisados com a superfície capsular intacta
  • Estágio 2: estende-se pela superfície capsular, mas podem ser excisados
  • Estágio 3: extensão do tumor limita-se ao abdome
  • Estágio 4: metástase hematogênica, acometendo mais comumente os pulmões

Sinais clínicos[editar | editar código-fonte]

Os sinais clínicos comuns consistem em uma grande massa abdominal assintomática e hipertensão. Com frequência, o tumor é descoberto ao acaso, e não raro a mãe o descobre dando banho no filho. Algumas crianças podem apresentar dor abdominal, vômito ou ambos. Verifica-se a presença de hematúria microscópica e macroscópica em 17 a 25% dos casos. A TC é feita confirmar o diagnóstico.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. WhoNamedIt.com: Max Wilms
  2. www.sbp.com.br (PDF) http://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/publicacoes/C-Doc-Cientifico-Oncologia-Epidemiol-30-mar-17.pdf. Consultado em 4 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)