Nefrologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com nefologia.
Nerfologia
Picto infobox med.png
KidneyStructures PioM.svg
Sistema Urinário
Foco Problemas relacionados aos rins e seu bom funcionamento
Doenças significativas Hipertensão, câncer renal,
Testes significativos tests Biópsia renal, urinálise

Nefrologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento clínico das doenças do sistema urinário, em especial o rim. Por vezes, essas doenças só afetam os rins mas é necessário sublinhar que, na maior parte dos casos, as doenças que afetam os rins são doenças gerais, como a diabetes Mellitus, a hipertensão arterial e algumas doenças imunológicas, que provocam lesões em vários órgãos e também nos rins. A utilização inadequada de alguns medicamentos de uso corrente, como os analgésicos e os anti-inflamatórios, por exemplo, também pode provocar lesões renais. Se não forem diagnosticadas precocemente e se não forem tratadas corretamente, as doenças renais podem provocar perda progressiva da função renal e evoluir para a insuficiência renal crónica.[1][2]

Na maioria dessas situações, a perda de função renal pode ser evitada se os doentes forem observados precocemente e seguidos numa consulta de nefrologia. A realidade é que muitos doentes só são enviados tardiamente para um médico nefrologista, habitualmente quando já têm insuficiência renal moderada ou grave e, nessas condições, a insuficiência renal já tem um carácter irreversível. Muitas vezes, o melhor que o nefrologista pode fazer é impedir ou retardar o agravamento da doença renal, que já tem vários anos de evolução.[3]

A origem etimológica da palavra vem do grego (nephros, rim + logos, tratado), sendo nefrologia o estudo dos rins, de sua fisiologia e enfermidades do néfron, a unidade morfológica e funcional do rim.[4]

Escopo[editar | editar código-fonte]

A nefrologia diz respeito ao diagnóstico e tratamento de doenças renais, incluindo distúrbios eletrolíticos e hipertensão , e ao atendimento daqueles que necessitam de terapia renal substitutiva , incluindo pacientes em diálise e transplante renal .  A palavra 'diálise' é de meados do século 19: via latim, da palavra grega 'dialusis'; de 'dialuein' (dividido, separado), de 'dia' (separado) e 'luein' (liberado). Em outras palavras, a diálise substitui a função primária (excretora) do rim, que separa (e remove) o excesso de toxinas e água do sangue, colocando-os na urina. [5]

Muitas doenças que afetam o rim são distúrbios sistêmicos não limitados ao próprio órgão e podem exigir tratamento especial. Exemplos incluem condições adquiridas, como vasculites sistêmicas (por exemplo, vasculite por ANCA) e doenças autoimunes (por exemplo, lúpus ), bem como condições congênitas ou genéticas, como doença renal policística .[6]

Os pacientes são encaminhados para especialistas em nefrologia após uma urinálise, por vários motivos, como lesão renal aguda , doença renal crônica , hematúria , proteinúria , cálculos renais , hipertensão e distúrbios de ácido/base ou eletrólitos .

Referências

  1. Kalantar-Zadeh, Kamyar; McCullough, Peter A; Agarwal, Sanjay Kumar; Beddhu, Srinivasan; Boaz, Mona; Bruchfeld, Annette; Chauveau, Philippe; Chen, Jing; de Sequera, Patricia (junho de 2021). «Nomenclature in nephrology: preserving 'renal' and 'nephro' in the glossary of kidney health and disease». Journal of nephrology (3): 639–648. ISSN 1121-8428. doi:10.1007/s40620-021-01011-3. Consultado em 30 de novembro de 2021 
  2. «Professor Priscilla Kincaid-Smith, nephrologist | Australian Academy of Science». www.science.org.au (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2021 
  3. Nephrology. [S.l.]: Bionika Media 
  4. P., Hamburger, Jean. Crosnier, J. (Jean) Grünfeld, J. (1979). Nephrology. [S.l.]: Wiley. OCLC 4504745 
  5. Held, Philip J.; Port, Friedrich K.; Wolfe, Robert A.; Stannard, David C.; Carroll, Caitlin E.; Daugirdas, John T.; Bloembergen, Wendy E.; Greer, Joel W.; Hakim, Raymond M. (1 de agosto de 1996). «The dose of hemodialysis and patient mortality». Kidney International (em inglês) (2): 550–556. ISSN 0085-2538. doi:10.1038/ki.1996.348. Consultado em 23 de maio de 2022 
  6. Romagnani, Paola; Remuzzi, Giuseppe; Glassock, Richard; Levin, Adeera; Jager, Kitty J.; Tonelli, Marcello; Massy, Ziad; Wanner, Christoph; Anders, Hans-Joachim (23 de novembro de 2017). «Chronic kidney disease». Nature Reviews Disease Primers (em inglês) (1): 1–24. ISSN 2056-676X. doi:10.1038/nrdp.2017.88. Consultado em 23 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.