Hematologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Hematologia é o ramo da Biologia que estuda o sangue. A palavra é composta pelos radicais gregos: Haima (de haimatos), "sangue" e lógos, "estudo, tratado, discurso".

A Hematologia estuda, principalmente, os elementos figurados do sangue: hemácias (glóbulos vermelhos), leucócitos (glóbulos brancos) e plaquetas. Estuda, também, a produção desses elementos e os órgãos onde eles são produzidos (órgãos hematopoiéticos): medula óssea, baço e linfonodos.

Além de estudar o estado de normalidade dos elementos sanguíneos e dos órgãos hematopoiéticos, estuda as doenças a eles relacionadas.

Especialização[editar | editar código-fonte]

A especialidade médica responsável por essa área é a da hematologia e hemoterapia. Médicos especializados em hematologia são conhecidos como hematologistas. O trabalho de rotina inclui principalmente o cuidado e o tratamento de pacientes com doenças hematológicas, embora alguns podem também trabalhar no laboratório de hematologia com a visualização de laminas de sangue e de medula óssea sob o microscópio , interpretando vários resultados de testes hematológicos. Hematologia é uma sub-especialidade da clinica médica muito ligada com a oncologia, tratando doenças como leucemia e linfoma. Hematologistas podem se especializar ainda mais ou têm interesses especiais, por exemplo, em:

No Brasil , para se tornar um médico hematologista é necessário , após a faculdade, fazer 2 anos de especialização em clinica médica. Após isso é necessário fazer mais um processo seletivo de acesso a especialidade de hematologia e hemoterapia, com duração de mais 2 anos, totalizando assim ao menos 10 anos de formação em tempo integral e dedicação exclusiva. Após esse tempo o médico hematologista ainda poderá fazer mais 1 ano em alguma área relacionada como por exemplo transplante de medula óssea.[2]

Doenças hematológicas[editar | editar código-fonte]

Algumas doenças hematológicas incluem:

Exames laboratoriais[editar | editar código-fonte]

Exames utilizados na investigação hematológica incluem:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. http://www.abhh.org.br/associacao/institucional/titulos-e-certificacoes/
  2. http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/resolucao02_2006.pdf