Viacom (original)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viacom
Viacom, Inc.
Logotipo da empresa até tornar-se CBS Corporation
Tipo Conglomerado de Mídia
Indústria Radiodifusão, produção cinematográfica, e Publicação
Fundação 3 de maio de 1971
Fundador(es) CBS
Destino Dividida em Viacom e CBS Corporation
Encerramento 31 de dezembro de 2005
Sede Nova York,  Estados Unidos
Proprietário(s) National Amusements
Presidente Summer Redstone
Empregados 38.350 (2005)
Produtos MTV, CBS, Paramount Pictures, Infinity Broadcasting, BET e outras...
Subsidiárias MTV Networks, Simon & Schuster, CBS, Paramount Pictures
Valor
de mercado
Aumento US$ 87,0 Bilhões (Março/2001)[1]
Faturamento Aumento US$ 25,4 Bilhões (2000)[2]
Significado
da sigla
Video &
Audio
Communications
Antecessora(s) CBS Films, Inc.
Sucessora(s) CBS Corporation (atual empresa)
Viacom (spin-off)

Viacom original começou como a CBS Films, Inc., divisão de distribuição de televisão da CBS. Em 1971, a divisão foi renomeada para Viacom (Video&Audio Communications), e em 1973 foi desmembrada, em meio a novas regras da FCC proíbem redes de televisão de possuir empresas de distribuição (as regras foram posteriormente revogadas). A partir de 31 dezembro de 2005, mudou seu nome para a CBS Corporation. A empresa atualmente conhecida como a Viacom também foi estabelecida nessa data e é um spin-off nova empresa criada durante a divisão da Viacom.

História[editar | editar código-fonte]

A Primeira aquisição foi em 1978 quando a empresa comprou a Sonderling Broadcasting, dando-lhe as estações de rádio em Nova Iorque, Washington, Houston e San Francisco, e uma estação de televisão, WAST (agora WNYT) em Albany, Nova York.

Mais tarde naquele ano, a Viacom comprou a WHNB, em New Britain, Connecticut, mudando suas letras de chamada para WVIT. A década de 1980 viu a Viacom triagem através das estações com várias Sonderling sendo doados, trocados, ou ser o núcleo para empresas novas, por exemplo, WOL em Washington lançou a Radio One grupo, que hoje é o maior proprietário Africo-Americano sobre as sociedades de radiodifusão.

Em 1983, a Viacom comprou KSLA-TV em Shreveport, Louisiana, e WHEC-TV, em Rochester, Nova York.

Em 1985, a Viacom comprou a Warner-Amex Satellite Entertainment, proprietária da MTV e Nickelodeon, rebatizando a empresa MTV Networks. A Viacom também recebeu as ações da Warner-Amex na Showtime Networks, Inc., que incluia Showtime e The Movie Channel.

Em 1986, foi comprada pela National Amusements, a National Amusements manteve o nome da Viacom e fez uma série de grandes aquisições no início de 1990. Em 1993, adquiriu a Paramount Communications, dona da Paramount Pictures e comprou a Blockbuster, em 1994.

A aquisição da Blockbuster deu Viacom acesso a grandes produtoras de televisão controlada pela empresa de Aaron Spelling, Spelling Entertainment, juntamente com suas próprias produções.

Em 1999, a Viacom fez sua maior aquisição até à data, comprou a CBS Corporation por US$ 35,6 Bilhões.[3] A fusão foi aprovada em 2000, trazendo canais como TNN (agora Spike TV) e Country Music Television (CMT), bem como unidades de produção da CBS. A TNN e CMT foram fundidos no MTV Networks quase que imediatamente.

Em novembro de 2000, a Viacom concluiu a compra da Black Entertainment Television (BET).[4] Tal como acontece com TNN/Spike TV e CMT, foi imediatamente integrada a MTV Networks, causando revolta entre alguns trabalhadores da BET na área de Washington (onde BET era transmitida antes da fusão). Como resultado, BET acabou integrada a MTV Networks.

Em 2002, a Viacom comprou o TMF, que na época era de radiodifusão, na Bélgica e na Holanda, também em 2002, Viacom, adquiriu as ações restantes da Infinity Broadcasting.

Em abril de 2003, a Viacom, adquiriu o restante do Comedy Central por US$ 1,23 bilhão.[5] Em junho de 2004, a Viacom comprou a empresa de mídia alemã VIVA Media AG por US$ 360 milhões.[6] No mesmo mês, foram anunciados planos de venda da participação da Viacom na Blockbuster mais tarde naquele ano, por meio de uma oferta de troca,

Em 2005, a National Amusements dividiu a Viacom em Viacom e CBS Corporation, sendo a última sua verdadeira sucessora. A atual empresa com o nome Viacom é um spin-off que possui a MTV Networks, BET Networks e a Paramount.

Referências[editar | editar código-fonte]