Vintersorg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vintersorg
Informação geral
Origem Skellefteå
País  Suécia
Gênero(s) Viking/Folk Metal, Progressive Metal
Período em atividade 1994-presente
Gravadora(s) Napalm Records
Integrantes Vintersorg, Mattias Marklund
Ex-integrantes Vidvandre

Vintersorg é uma banda sueca de folk/viking metal com elementos de black metal, e em uma tradução literal significa "Tristeza de Inverno". O nome da banda foi retirado da série Isfolket de Margit Sandemo, onde a personagem Vintersorg é o filho de um grande líder pagão.

Nos primeiros três álbuns da banda, Vargher (Marcus E. Norman) - também em Havayoth, Naglfar e Ancient Wisdom - foi responsável pela programação da bateria. De acordo com uma entrevista, Vintersorg (Andreas Hedlund) costumava cantar a linha da bateria para Vargher que as transcrevesse. Em Cosmic Genesis, Vintersorg programou a bateria sozinho.

As letras remetem a assuntos como paganismo, natureza, astronomia, ciência e filosofia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O projeto começou com uma banda completa, chamada Vargatron (O trono do lobo) em 1994 com a intenção de levar o black metal a novas dimensões. O objetivo era misturar um vocal limpo, guitarras acústicas e riff's pesados.

Depois de muitas mudanças na formação da banda o projeto foi arquivado em 1996. O vocalista e guitarrista, Vintersorg, decidiu continuar sozinho a banda tocando também os demais instrumentos.

O Ep Hedniskhjärtad, lançado no verão de 1998, foi o resultado. E mais tarde no mesmo ano o álbum Till Fjälls atingiu relativo sucesso. A paixão de Vintersorg pela música folk ficou evidente e ficou ainda mais exposta no álbum Ödemarkens Son, lançado em 1999.

Para o lançamento de Cosmic Genesis, Vintersorg procurou explorar novos ambientes para continuar sua jornada. Uma atmosfera mais penumbrosa e progressiva foi abordada, assim como uma nova variedade de estilos vocais e arranjos, mas sem nunca esquecer a velha essência. Nesse período um segundo guitarrista, Mattias Marklund, se juntou à banda como membro integral.

Os álbuns Visions from the Spiral Generator e The Focusing Blur possuem uma aura mais progressiva e melódica, atingindo um aspecto mais vasto, ainda há muita atitude de uma banda de metal, mas foi projetado através de uma energia mais sofisticada e complexa. Inspirado no tema Cosmos. Grandes mestres como Asgeir Mickelson e Steve DiGiorgio se sentiram atraídos a completar as visões artísticas do Vintersorg.

O novo trabalho em estúdio da banda foi lançado este ano. O álbum intitulado Jordpuls, traz de volta os elementos musicais que tornaram famoso o projeto - como vocais em sueco - que eram integralmente contidos nos álbuns anteriores ao Cosmic Genesis.

Formação[editar | editar código-fonte]

Formação atual[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Ao vivo
  • Nils Johansson - teclado, programação (1998-presente)
  • Johan Lindgren - baixo (2004-presente), baixo em Solens rötter
  • Benny Hägglund - bateria (2009-presente)
  • Tyr (Jan Erik Torgersen) - baixo (2003-2004)
  • Andreas Stenlund - guitarra (2001-2002)
Em estúdio
  • Vargher – teclado em Hedniskhjärtad, Till fjälls e Ödemarkens son
  • Cia Hedmark – vocais femininos em Hedniskhjärtad, Till fjälls e Ödemarkens son, e violino em Ödemarkens son, vocais femininos em Norrskenssyner.
  • Andreas Frank – solo de guitarra em "För kung och fosterland" & "Asatider" no Till fjälls
  • Nisse Johansson – teclados adicionais em Till fjälls e sintetizador analógico, edição de loop em Visions from the Spiral Generator e hammond em "Universums dunkla alfabet"
  • Steve DiGiorgio - baixo em Visions from the Spiral Generator e The Focusing Blur
  • Asgeir Mickelson - bateria em Visions from the Spiral Generator e The Focusing Blur
  • Lars Are Nedland - órgão hammond em Visions from the Spiral Generator e órgão hammond, vocais, e composições em The Focusing Blur

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]