Yvonne Maggie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Yvonne Maggie
Nascimento 3 de setembro de 1944 (74 anos)
Cidade do Rio de Janeiro<.
 Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasil
Ocupação Antropóloga e escritora

Yvonne Maggie (Rio de Janeiro, 3 de setembro de 1944) é uma antropóloga e escritora brasileira. Professora Emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi considerada pela Revista Época um dos cem brasileiros mais influentes do ano de 2009.[1] Paralelamente à carreira, é autora do blog «A vida como ela parece ser», do site G1, da Globo.com.[2]

A antropóloga foi agraciada com os prêmios Érico Vannucci Mendes (1992) e Arquivo Nacional de Pesquisa do Ministério da Justiça (1991). É ainda Comendadora da Ordem Nacional do Mérito Científico, Cientista do Nosso Estado pela Faperj desde 2008 e pesquisadora do CNPq desde 1977.

Como escritora, lançou Divisões perigosas: políticas raciais no Brasil contemporâneo (2007),[nota 1] Medo do feitiço: relações entre magia e poder no Brasil, *Raça como retórica: a construção da diferença (2002),[nota 2] e Guerra de orixá: um estudo de ritual e conflito.[nota 3]

Notas

  1. Em coautoria com quatro outros autores.
  2. Junto com Claudia Rezende.
  3. Edições em 1975, 1977 e 2001.

Referências

  1. «Professora Yvonne Maggie é eleita uma das pessoas mais influentes do Brasil pela revista Época». Revista Exame. Consultado em 19 de agosto de 2014 
  2. Yvonne Maggie (2015). «A vida como ela parece ser – blog oficial». Globo.com. Consultado em 18 de janeiro de 2015