25143 Itokawa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Gráficos sobre observações de radar de Goldstone e de Arecibo sobre o asteroide Itokawa

O asteroide 25143 Itokawa ou simplesmente Itowaka é um asteroide com órbita próxima a da Terra visitado pela sonda Hayabusa e que se a missão obtiver sucesso, será a primeira vez que amostras de um asteroide deverão chegar a Terra.

O asteroide 25143 Itokawa é um asteroide da família de Apollo e é também um asteroide que intercepta a órbita de Marte.

O Itokawa foi descoberto em 1998 pelo projeto denominado de LINEAR. Este asteroide recebeu este nome em honra a Hideo Itokawa, um cientista da área de foguetes espaciais japonês. Itokawa possui um tipo espectral asteroide tipo S.

Missão Hayabusa[editar | editar código-fonte]

A sonda japonesa Hayabusa chegou nas proximidades de Itokawa em 12 de setembro de 2005 e inicialmente permaneceu a uma distância de 20 km do asteroide. Mais tarde estacionou a apenas 7 km do asteroide. Em 20 de novembro a sonda pousou sobre o asteroide por 30 minutos, mas não teve sucesso em recolher amostras de solo. Em 25 de novembro, num segundo pouso, a sonda teve sucesso ao capturar amostras do asteroide.

Nome de detalhes topográficos de sua superfície[editar | editar código-fonte]

Certas características topográficas de vulto deste asteroide foram nomeadas. Os nomes não são oficiais, mas eles foram escolhidos de acordo com as linhas estabelecidas pela International Astronomical Union.

Descrição do solo Tipo de terreno Motivo para o nome Notas
Mar das Sereias "Mar" de poeira Sereia da Mitologia grega Um trocadilho em relação ao nome original da sonda Hayabusa que era MUSES-C
Baia de Uchinoura Cratera possivelmente erodida Uchinoura Space Center, Japão Nomeado em relação a base de lançamento da sonda Hayabusa
Deserto de Woomera Cratera possivelmente erodida Woomera, Sul da Austrália Nomeada depois de escolhido como local de pouso da sonda