A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nils Holgerssons Underbara Resa Genom Sverige
A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia
Nils Holgerssons Underbara Resa Genom Sverige
Autor (es) Selma Lagerlöf
Idioma sueco
País  Suécia
Género literatura infantojuvenil
Espaço onde decorre a história Suécia
Lançamento 1906 e 1907 (2 volumes)
Edição portuguesa
Tradução Maria de Castro Henriques Osswald (1893-1988)
Editora Editora Educação Nacional de Afonso Machado (Rua do Almada, 125, Porto, Portugal)
Lançamento 1936[1]
Edição brasileira
Editora Nórdica
Lançamento 1985
ISBN 8570070330

A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia - em sueco Nils Holgerssons underbara resa genom Sverige - é um romance da escritora sueca Selma Lagerlöf, publicado em dois volumes, entre os anos de 1906 e 1907.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Alfred Dalin, diretor de uma escola de Husqvarna, fez à Selma Lagerlöf a proposta de um livro para crianças das escolas primárias, que ensinasse a história e a geografia de seu país. Selma aceitou, elaborando extensa pesquisa e viagens de estudo, concluindo entre 1906 e 1907 essa obra, alcançando tamanho sucesso que pôde realizar seu sonho: comprar novamente sua casa, Mårbacka, em 1910.

Sobre tal obra diria, ironicamente, Oscar Wilde: "Não, uma mulher não é capaz de escrever assim. O livro escreveu-se nela[2] ".

Características[editar | editar código-fonte]

A autora soube combinar sua experiência pedagógica com seu talento de narradora. Utiliza fantasias sobre o tema do "Mapa da Suécia", de Snoilsky: Öland é uma borboleta petrificada de asas arrancadas, Blekinge uma escada de três degraus, Hälsingland uma folha com nervuras, Estocolmo a cidade que flutua sobre as águas.[3] O livro propõe uma lição de moral: a exaltação do trabalho, da boa vontade e da caridade, e passa valores tais como o respeito à natureza, a importância do trabalho em grupo e a integridade.

Sumário[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Nils, um menino preguiçoso e desobediente que se diverte em maltratar os animais, num domingo em que os pais haviam ido à igreja, aprisiona um duende e, como castigo, é transformado também em duende. Ao subir nas costas de Mårten, um dos gansos de sua propriedade, a ave resolve, num impulso, seguir os gansos selvagens na primavera, e Nils segue viagem com eles.

Inicialmente assustado, depois mais confiante, atravessa a Suécia nas costas do ganso, participando de várias aventuras no mundo dos animais. Entre essas aventuras conhece os lapões, quase salva uma cidade que só aparece a cada cem anos, e se torna amigo de vários animais.

Sete meses depois, tendo aprendido muito e se tornado uma pessoa melhor, volta à casa de seus pais e à forma humana novamente, mostrando aos poucos que é capaz de sacrificar a própria felicidade à dos outros.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Traduções e publicações em língua portuguesa[editar | editar código-fonte]

  • Editora Educação Nacional de Afonso Machado, no Porto, Portugal, tradução de Maria de Castro Henriques Osswald, sendo a primeira edição em 1936, a 2ª em 1944, a 3ª em 1948, 4ª edição s. d. e a 5ª em 1963.
  • Editora Itatiaia.
  • Publicações Europa-América, Lisboa, Portugal, tradução de Ana Rabaça, edição em 1990 (Coleção Clássicos). Edição em 2000 (Coleção Grandes Clássicos do Século XX).
  • Editora Melhoramentos, usou a tradução de Maria de Castro Henriques Osswald (Coleção Alvorada da Vida).
  • Editora Relógio d’Água, usou a tradução de Maria de Castro Henriques Osswald (Coleção Universos Mágicos).
  • Editora Nórdica, Rio de Janeiro, como “A Viagem Maravilhosa de Nils Holgersson através da Suécia”, tradução de Manoel Paulo Ferreira, 1985, 437 páginas, ilustrações de Bertil Lybeck (feitas em 1931), ISBN 85-7007-033-0.
  • Edições Micael, como “A Viagem Maravilhosa de Nils Holgersson através da Suécia”, tradução de Manoel Paulo Ferreira, 2010, ISBN 9788599830109.

Melhores livros[editar | editar código-fonte]

Em 1999, a empresa francesa de distribuição de bens culturais Fnac e o jornal parisiense Le Monde fizeram uma sondagem para descobrir os 100 melhores livros do século XX, quando 17 000 franceses responderam à pergunta "Que livros ficaram na sua memória?" (« Quels livres sont restés dans votre mémoire ? »)[4] . “A maravilhosa Viagem de Nils Holgersson Através da Suécia” ficou entre esses 100 melhores livros.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • LAGERLÖF, Selma (1985), A Viagem Maravilhosa de Nils Holgersson através da Suécia, Rio de Janeiro: Editorial Nórdica. ISBN Trad. Manoel Paulo Ferreira. Ilustrações de Bertil Lybeck. ISBN 85-7007-033-0
  • LAGERLÖF, Selma (1962), De Saga em Saga, Rio de Janeiro: Editora Delta. ISBN Trad. Mário Teles. Estudo Introdutivo de Élie Poulenard. Coleção Prêmio Nobel de Literatura.

Notas

  1. A segunda edição de “A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia”, pela Editora Educação Nacional, consta ser de 1944, in: Bibliotecas Municiapis de Lisboa. A edição de 1936 pode ser considerada, portanto, a 1ª edição, in: Memória de África (página visitada em 31/07/11)
  2. Contracapa. In: A Viagem Maravilhosa de Nils Holgersson através da Suécia (1985). Rio de Janeiro: Nórdica
  3. POULENARD, Élie. Estudo Introdutivo. In: LAGERLÖF, Selma. De Saga em Saga (1962). Rio de Janeiro: Editora Delta
  4. Écrivains et choix sentimentaux, Josyane Savigneau, Le Monde, 15-10-1999. (em francês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]