Amikeca Reto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esperanto flag
Tópico sobre Esperanto
Esse artigo faz parte da série em desenvolvimento Esperanto
Gramática
Esperanto | Gramática | Alfabeto | Ortografia | Vocabulário | Correlativos | Preposições | Advérbios | Conjunções | Afixos | Pronomes | Signuno
História
História | Zamenhof | "Unua Libro" | Declaração de Boulogne | "Fundamento" | Manifesto de Praga | Discursos de Zamenhof
Cultura
Cultura | Esperantistas | Esperantujo | Cinema | Internacia Televido | La Espero | Bibliotecas | Literatura | Música | Falantes nativos | Cultura pop | Publicações | Símbolos | Dia de Zamenhof| Internacia Junulara Kongreso
Organizações e serviços
Amikeca Reto | Academia de Esperanto | Kurso de Esperanto | Pasporta Servo | TEJO | UEA
Críticas
Esperantido | Valor propedêutico | Reformas | Iĉismo | Esperanto X Ido | Interlingua | Novial
Wikimedia
Portal | Vikipedio | Vikivortaro | Vikicitaro | Vikifonto | Vikilibroj | Vikikomunejo | Vikispecoj
editar

Amikeca Reto ("Rede de Amizade", em Esperanto) era uma lista de pessoas que pretendiam colaborar e trocar ideias com outras pessoas ao redor do mundo por intermédio do Esperanto. Similar ao atual Pasporta Servo, diferenciava-se por uma maior ênfase nos valores culturais e educacionais dos visitantes. Os anfitriões apresentavam clubes, associações e locais de trabalho para seus hóspedes, além de introduzir alguns aspectos de sua própria rotina.

A rede foi criada em 1987, durante o 60º Congresso da Sennacieca Asocio Tutmonda (SAT), na cidade francesa de Boulogne-sur-Mer. Era uma organização sem fins lucrativos sob a organização da SAT, e que publicava semestralmente um livro contendo a lista dos participantes da rede.[1] Sua última edição foi lançada em 2002, e continha 400 endereços em 40 países diferentes. O livro também era usado para permitir o encontro de pessoas interessadas em trocar correspondências ou em serviços profissionais diversos, e também para intercâmbio cultural.

Depois de 2002[editar | editar código-fonte]

Depois do ano de 2002, foram paralisadas as publicações da Amikeca Reto e nenhuma nova edição foi lançada, até que em 2008, a SAT voltou a discutir sua renovação e mudanças para um novo sistema similar de relacionamento entre esperantistas.[2]

Referências

  1. Diversaj (em esperanto). Página visitada em 15 de janeiro de 2011.
  2. Disparition du fondateur de SERVAS (pdf) (em francês). La Sago (Abril de 2008).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]