Arlete Montenegro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Arlete Montenegro
Nascimento 15 de outubro de 1938 (75 anos)
São Paulo, SP
IMDb: (inglês)


Arlete Montenegro (São Paulo, 15 de outubro de 1938) é uma atriz brasileira de cinema e televisão. É também dubladora.

Começou no rádio, depois indo para a televisão e teatro. Nome frequente nas telenovelas brasileiras nos anos sessenta e setenta atuou em diversas emissoras, como Rede Record, TV Excelsior, Rede Tupi entre outras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[1] [editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • 1976 - O Conto do Vigário[2]
  • 1978 - Meus Homens, Meus Amores
  • 1980 - Palácio de Vênus
  • 1981 - O Sexo Nosso de Cada Dia
  • 1981 - Sexo, Sua Única Arma
  • 1982 - Tessa, a Gata .... Sonia[3]
  • 1982 - As Safadas
  • 1983 - Tudo na Cama
  • 1987 - Júlia e os Pôneis

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Embora tenha dublado atrizes como Jane Fonda, Lana Turner e Shirley MacLaine, foi como intérprete de Bette Midler que atuou com maior frequência, vide os filmes Amigas Para Sempre, Cuidado Com As Gêmeas e a primeira dublagem do filme Abracadabra. Em Mulher Nota Mil dublou a personagem-título e nos desenhos animados deu vida à Senhora Puff em Bob Esponja e a Lyly Monstro em Os Monstros. Dublou também alguns personagens em animes, como Sailor Galáxia em Sailor Moon, Madame Durwin em Cybercops, Urânia em Jem e as Hologramas e Vovó Ursa em Ursinhos Carinhosos.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Dentre estas podemos destacar o Troféu Roquete Pinto e o prêmio Aplauso de dublagem (1993).

Referências

  1. Alfredo Sternheim (]). Arlete Montenegro: Fé, Amor e Emoção (em português). Imprensa Oficial de São Paulo pp. 163. Página visitada em 10 de maio de 2012.
  2. Cinemateca Brasileira O Conto do Vigário [em linha]
  3. Cinemateca Brasileira Tessa, a Gata [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.