Armin van Buuren

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Armin van Buuren
Informação geral
Também conhecido(a) como Gaia, Perpetuous Dreamer, Rising Star (mais)
Nascimento 25 de Dezembro de 1976 (37 anos)
Local de nascimento Leiden
 Países Baixos[1]
Gênero(s) Trance, trance progressivo
Ocupação(ões) DJ, Produtor, Remixador, Compositor, Músico, Pianista
Instrumento(s) Sintetizador, máquina de ritmos, computador pessoal
Período em atividade 1995 - presente
Gravadora(s) Países BaixosArmada (2003 - presente)
Afiliação(ões) Alibi, Major League, Gaia, Triple A (mais)
Página oficial arminvanbuuren.com

Armin van Buuren (Leiden, 25 de dezembro de 1976) é um DJ e produtor musical dos Países Baixos, especialista em trance. Ele foi o DJ número 1 em 2013, tendo ganho a votação dos Top 100 DJs da DJ Magazine por um recorde de 5 vezes, incluindo 4 anos consecutivos entre 2007–2010 e novamente em 2012.[2] Está actualmente em 2º no Top da DJ Magazine tendo sido ultrapassado por Hardwell. Desde 2001, van Buuren tem apresentado um programa de rádio semanal chamado A State of Trance, que diz ter cerca de 25 milhões de ouvintes por semana em 26 países,[3] o que seria um dos programas mais ouvidos em todo o mundo. Seu álbum de estúdio de 2008, Imagine, alcançou o topo da parada musical neerlandesa, um feito inédito por um artista de música eletrônica na história musical do país.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Armin van Buuren começou a produzir e compor suas próprias músicas aos 14 anos e deu início a sua carreira de DJ em um club local chamado Nexus, em sua cidade natal. Terminou o colegial por volta de 1995 e iniciou faculdade de direito ainda naquele ano. Enquanto isso, Armin transformava seu simples "estúdio no quarto" em um verdadeiro estúdio profissional, onde inicialmente foram produzidos grandes sucessos de sua carreira, tais como Touch Me e Communication, faixas clássicas do trance que ainda são constantemente executadas em suas apresentações pelo planeta.

Armin é dono de uma simplicidade e carisma sem igual, quando questionado sobre qual seria sua inspiração musical, ele afirma: " Qualquer coisa boa!" e deixa o recado para os jovens djs: "Não sejam prisioneiros de seus próprios estilos". Armin define seu som como sendo algo "Liberal, eufórico, enaltecedor, melódico e energético". Embora seja um defensor inflamado e protetor da tocha do trance, seus sets típicos incorporam faixas de techno, electro, minimal e house underground, assim como o tech trance mais tradicional, e criam momentos de excitação e surpresa que nunca falham na hora de colocar a casa abaixo e corresponder às mais altas expectativas dos fãs.

A State Of Trance[editar | editar código-fonte]

Armin também possui um dos mais consagrados programas de radio semanal, o A State Of Trance, também chamado de ASOT, é transmitido pela DI.FM. O programa, que começou em 2001 em uma pequena rádio holandesa, continuou a crescer muito em 2008, sendo reproduzido cada vez. Hoje é transmitido em mais de 40 estações de FM em todo o mundo. Cresceu a ponto de virar uma grande referência internacional e semanal do trance e mostra como a internet é uma ferramenta poderosa para a música. Em 17 de março de 2011, quando o programa completou 10 anos de transmissão atingindo a marca de 500 episódios, Armin realizou uma grande festa para celebrar este momento tão importante de sua vida e carreira, que contou com a participação de convidados especiais como: Lange, Cosmic Gate, Gareth Emery, Ferry Corsten, Markus Schulz, Above & Beyond, Paul Oakenfold e muitos outros. Em 2012, seu programa completou a marca de 550 episódios e para comemorar esta marca, Armin realizou uma turnê que percorreu 5 continentes em 4 semanas, junto a ele participarão convidados como: Lange, Cosmic Gate, Gareth Emery, Ferry Corsten, Markus Schulz, Above & Beyond, Dash Berlin, Ørjan Nilsen entre outros.

Atualmente o programa é transmitido pela rádio Dance Paradise [1]. Uma grande conquista da cena Trance no Brasil, que infelizmente ainda caminha a passos lentos no estilo, enquanto países como Argentina e Chile já possuem um bom amadurecimento e popularidade da cena como um todo.

O sucesso[editar | editar código-fonte]

Em 2002, Armin foi eleito o Nº 4 na lista de 100 Tops DJs da revista DJ Magazine, considerada a bíblia da música eletrônica. No ano seguinte ele saltou para o 3º lugar e assim permaneceu durante 3 anos seguidos. Em 2006, foi para o 2º lugar, perdendo apenas para o alemão Paul van Dyk, até que em 2007, Armin van Buuren conquista o 1º lugar na mais consagrada lista de Tops DJs do mundo. O título de DJ número 1 do mundo foi conquistado por Armin aos seus 30 anos de idade. Por ter realizado tanta coisa durante seus 12 anos de carreira, este não poderia ter chegado em melhor hora. Em 2008 ele ganhou o título de melhor do mundo outra vez, em 2009 continuou com sendo o melhor do mundo, novamente pela DJ Mag. Em 2010 Armin manteve a liderança, sendo pelo 4ºano consecutivo eleito DJ Nº1 do mundo pela DJ Mag, anunciado em 27 de Outubro, no Ministry Of Sound, em Londres, um recorde inédito. Em 2011 perde o lugar para David Guetta. Já em 2012 Armin volta a ser eleito o melhor DJ do mundo.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbums de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbums de remixes[editar | editar código-fonte]

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

DJ Mixes[editar | editar código-fonte]

A State of Trance Series[editar | editar código-fonte]

A State of Trance Year Mix Series[editar | editar código-fonte]

  • A State of Trance Year Mix 2005
  • A State of Trance Year Mix 2006
  • A State of Trance Year Mix 2007
  • A State of Trance Year Mix 2008
  • A State of Trance Year Mix 2009
  • A State of Trance Year Mix 2010
  • A State of Trance Year Mix 2011
  • A State of Trance Year Mix 2012
  • A State of Trance Year Mix 2013

Universal Religion Series[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Armin van Buuren – Armada Music. Página visitada em 17 de dezembro de 2011.
  2. 17 DJs da Armada no Top 100 da DJ Mag – Armin é Nº 1 de novo!. Página visitada em 19 de outubro de 2012.
  3. Sobre – A State of Trance. Página visitada em 2 de dezembro de 2011.
  4. Armin van Buuren – Imagine. dutchcharts.nl. Página visitada em 25 de março de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Prêmios e realizações
Precedido por:
Erol Alkan
Mixmag DJ número 1
2007
Sucedido por:
n/a
Precedido por
n/a
Beatport Music Awards: Melhor Artista de Trance
2008–2010
Sucedido por
n/a
Precedido por:
Paul van Dyk
DJ Magazine DJ número 1
2007–2010
Sucedido por:
David Guetta
Precedido por:
David Guetta
DJ Magazine DJ número 1
2012
Sucedido por:
Hardwell
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Países Baixos


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.