As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Amazing Adventures of Kavalier & Clay
As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay (BR)
Autor (es) Michael Chabon
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Género ficção histórica
Editora Random House
Lançamento 19 de Setembro de 2000
Páginas 639
ISBN 0679450041
Edição portuguesa
Edição brasileira
Editora Editora Record
Lançamento Primeiro semestre de 2002
ISBN 8501061891

As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay (título original, em inglês,The Amazing Adventures of Kavalier and Clay) é um livro escrito por Michael Chabon e publicado em 2000 (no Brasil, em 2002)[1] , vencedor do Prêmio Pulitzer em 2001 na categoria ficção.

O livro acompanha a vida de seus personagens-título, um artista tcheco e um escritor do Brooklin – ambos judeus -, antes, durante e depois da Segunda Guerra Mundial. Kavalier & Clay tornam-se figuras importantes da nascente indústria de histórias em quadrinhos durante a sua Era de Ouro; vários eventos no livro são inspirados pela vida de artistas de quadrinhos atuais, principalmente Jerry Siegel e Joe Shuster, criadores do Superman. Outras figuras histórias aparecem em papéis menores, incluindo Salvador Dali, Orson Welles e Fredric Wertham (autor de Seduction of the Innocent).

Um dos temas principais do livro é o papel proeminente de escritores e artistas judeus não apenas no campo das histórias em quadrinhos, mas na cultura popular de ficção e fantasia norte-americana. Além da razão pragmática (muitos ilustradores judeus acabaram trabalhado em revistas em quadrinhos por terem trabalho negado em campos mais “respeitáveis”), Chabon sugere que quadrinhos e revistas pulp foram cruciais para o surgimento de uma mitologia norte-americana única, que permitia a imigrantes e exilados sonharem com heroísmos, e que ocorreu de um aspecto da tradição judaica encaixar-se bem com esta mitologia, exemplificado na epígrade de Will Eisner, descrevendo este aspecto como “para problemas impossíveis, soluções impossíveis”.

Uma adaptação para o cinema vem sendo planejada (a ser dirigida por Stephen Daldry), enquanto a Dark Horse Comics vem publicando diversas aventuras do personagem Escapista, baseada nas histórias do super-herói descritas no livro, parcialmente escritas por Chabon.[2]

Em Abril de 2010, a Devir Livraria no Brasil sob o título As Incríveis Aventuras do Escapista.[3]

Em Novembro do mesmo ano foi lançado Os Escapistas', sobre três autores que sonham em publicar histórias com o Escapista[4] .

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O livro começa em 1939 com a chegada de Josef Kavalier como um refugiado em Nova York, quando ele vai morar com seu primo de 17 anos Sammy Klayman. Além de compartilharem interesse em desenho, os dois também são fãs do ilusionista judeu Harry Houdini, e compartilham diversas conexões com Houdini; Kavalier (assim como Jim Steranko) estudou a arte do escapismo, que o ajudou a fugir da Europa, enquanto Klayman é filho do Molécula Maravilha, o homem-forte de um teatro de vaudeville.

Klayman consegue para Kavalier um trabalho como ilustrador para uma empresa de produtos de novidades que, devido ao recente sucesso do Superman, está tentando entrar no negócio das histórias em quadrinhos. Mudando seu nome para Sam Clay, Klayman começa a escrever histórias de aventuras, e os dois recrutam diversos outros adolescentes do Brooklyn para produzir a revista Amazing Midget Radio Comics. A revista apresenta seu personagem, o Escapista, um super-herói anti-fascista que combina as habilidades de (entre outros) Harry Houdini, Batman, O Fantasma e O Pimpinela Escarlate; o escapista se torna tremendamente popular, mas, como de fato ocorreu a muitos na época, os escritores e os artistas recebem uma parcela mínima do sucesso da publicação. Kavalier and Clay custam a perceber que estão sendo explorados, uma vez que possuem problemas particulares: Kavalier está tentando resgatar sua família dos nazistas, e se apaixonou por uma garota boêmia que se torna sua inspiração artística, enquanto Clay está explorando um secreto relacionamento homossexual.

Kavalier deixa sua possível-futura-noiva grávida e Clay quando, levado pelo ódio aos nazistas, se alista na marinha. Após uma aventura na Antártida que o leva à beira da morte, ele retorna como um psicologicamente ferido recluso em Nova York, e o desfecho do livro acompanha a tentativa destes três personagens em reconstruir suas famílias e a encontrar uma nova direção criativa nos quadrinhos.

Referências

  1. As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay (em português). Universo HQ. Página visitada em 10/05/2010.
  2. The Amazing Adventures Of the escapist - volume 1 (em português). Universo HQ. Página visitada em 10/05/2010.
  3. Devir lança coletânea de aventuras do Escapista (em português). Universo HQ (23/04/2010). Página visitada em 10/05/2010.
  4. Carlos Costa sobre release (19/11/2010). Devir lança Os Escapistas, por Brian K. Vaughan. HQ Maniacs.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]