Atentado ao USS Cole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atentado ao USS Cole
O rebocador USNS Catawba (T-ATF-168), a frente, rebocando o USS Cole logo após o atentado.
Local Áden, Iêmen
Data 12 de outubro de 2000
11:18 (UTC+3)
Arma(s) Barco (ataque suicida)
Mortes 17
Feridos 39
Responsável(is) al-Qaeda

O Atentado ao USS Cole foi um ataque suicida feito contra o destroyer USS Cole (DDG 67)‎ da Marinha dos Estados Unidos em 12 de outubro de 2000, enquanto este estava reabastecendo no porto de Áden, no Iêmen.[1] Cerca de 17 marinheiros americanos foram mortos e outros 39 ficaram feridos.[2] [3]

O grupo terrorista islâmico al-Qaeda assumiu a autoria do ataque. A resposta da Administração Clinton foi considerada tímida, com pouca ação militar direcionada contra os responsáveis.[4]

O MV Blue Marlin transportando o Cole para a sua base em Pascagoula.

Referências

  1. "Burden of Proof", CNN. Página visitada em 27 de maio de 2010.
  2. Department of Defense Casualty release. Acessado em 30 de janeiro de 2012.
  3. USS Cole Investigation: New Clues Discovered in Deadly Bombing (em inglês) Cable News Network (18 de outubro de 2000). Página visitada em 21 de maio de 2012.
  4. Jeremy Lewis. International Terrorism and Response: notes Huntingdon College. Página visitada em 4 de março de 2007.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Atentado ao USS Cole
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.