Bandeira da União Soviética

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da União Soviética
Bandeira da União Soviética
Aplicação
FIAV 111000.svgFIAV normal.svg
Proporção 1:2
Adoção 12 de Novembro de 1923
Cores
  Vermelho
  Amarelo
FIAV reverse.png Reverso da bandeira soviética

A primeira bandeira oficial da União Soviética foi adotada em julho de 1923. Tinha o aspecto proporcional de 1:4 com o brasão de armas do Estado no centro. Esta foi a bandeira oficial por quatro meses, sendo substituída depois pelo conhecido estilo do "martelo e foice" em 13 de novembro de 1923.

A bandeira da União Soviética consistia em uma bandeira vermelha plana, com um martelo cruzado com uma foice e uma estrela vermelha na ponta desta. O martelo simbolizava os trabalhadores industriais da nação, enquanto a foice simbolizava os agricultores. A estrela vermelha representava o domínio do Partido Comunista. O reverso da bandeira era vermelho, liso.

Uma modificação na bandeira foi adotada em 15 de agosto de 1980 deixando-a de cor vermelha sólida, sem martelo, foice ou outros símbolos no reverso. Além disso, a cor recebeu brilho naquela época.

Com a dissolução da URSS em 25 de dezembro de 1991, a bandeira deixou de ser uma bandeira nacional. No entanto, em 15 de abril de 1996, o presidente russo Boris Iéltsin assinou um decreto presidencial dando à bandeira soviética (chamada de bandeira da vitória, após ter sido hasteada sobre o Reichstag em 1º de maio de 1945) um status semelhante àquele da bandeira nacional.

Em 2007, a Câmara Superior do Parlamento da Rússia votou a favor da volta da foice e do martelo à Bandeira da Vitória, a bandeira oficial do Exército russo.

Os símbolos soviéticos foram removidos há dez anos ainda no governo de Boris Ieltsin.

Em meio à nostalgia pelo período soviético, a decisão de restaurar a foice e o martelo foi aprovada no país.

Depois do voto, o chefe do comitê parlamentar de nacionalismo disse que a Bandeira da Vitória era um dos poucos símbolos que continuam a unir todos os russos.

Retirar a foice e o martelo, segundo o analista de política russa da BBC, Steven Eke, prejudicou as fundações da Rússia moderna, mas também existe, segundo Eke, nostalgia pela União Soviética.

Nos últimos anos o hino nacional da era soviética tem sido novamente cantado - mas com a letra diferente, e muitas estátuas e monumentos da época foram retirados dos depósitos[1]

No parada militar russa de 9 de maio de 2009, a bandeira soviética com a foice e o martelo foi desfilada junto da bandeira russa, tal como a tradição na época soviética.[2] [3] [4]

História[editar | editar código-fonte]

Bandeiras das Repúblicas da União Soviética[editar | editar código-fonte]

À semelhança da bandeira federativa, as bandeiras das repúblicas soviéticas mantinham no reverso o padrão do obverso, exceptuando a foice, o martelo e a estrela.

Repúblicas dissolvidas[editar | editar código-fonte]

Estandartes militares[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bandeira da União Soviética

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre comunismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.