Bobby Green (lutador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bobby Green
Data de nascimento 9 de Setembro de 1986 (27 anos)
Local de nascimento Estados Unidos Inland Empire, California
Outros nomes King
Nacionalidade Americano
Residência 1.78 m
Altura 1.78 m
Peso 70 kg
Divisão Peso Leve
Peso Meio Médio
Envergadura 185 cm
Luta por Fontana, California
Equipe Pinnacle Jiu-Jitsu
Graduação      Faixa Preta em Jiu Jitsu Brasileiro
Anos ativo 2008-presente
Cartel no MMA
Total 27
Vitórias 22
Por nocaute 8
Por finalização 9
Por decisão 5
Derrotas 5
Por nocaute 1
Por finalização 2
Por decisão 2
Outras informações
Bobby Green no Sherdog

Bobby Green (Inland Empire, 01986-09-09 9 de setembro de 1986) é um lutador americano de artes marciais mistas, atualmente compete no Peso Leve do Ultimate Fighting Championship. Profissional desde 2008, Green fez seu nome na Costa Leste. Ele foi o Campeão Peso Leve do King of the Cage. Green fez uma aparição na MTV/MTV2 no reality show Bully Beatdown.[1]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Começo da carreira[editar | editar código-fonte]

Green fez sua profissional no MMA em Janeiro de 2008. Ele acumulou o rapidamente o recorde de 8-1 lutando em eventos na Califórnia e no México.

Green chamou a atenção do Affliction Entertainment e lutou no segundo (e final) card, o Day of Reckoning. Ele perdeu para Dan Lauzon por finalização no primeiro round. Green foi deduzido com dois pontos no primeiro round, na luta que foi dada como uma das mais violentas pelo Sherdog.[2]

Com a derrota, Green começou um caminho de sucesso pela promoção do King of the Cage. Em 25 de Fevereiro de 2010, Green derrotou Rick Legere por nocaute técnico no primeiro round para se tornar Campeão Meio Médio Junior do King of the Cage no KOTC Arrival.[3] Ele eventualmente defendeu o título contra Tim Means. Em 21 de Abril Green derrotou Dom O'Grady por decisão unânime para vencer o Título Peso Leve do King of the Cage.

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

Em 14 de Julho de 2011, foi anunciado que Green assinou um contrato de quatro lutas com o Strikeforce. Foi anunciado originalmente que Green faria sua estréia contra Milton Vieira no Strikeforce Challengers: Gurgel vs. Duarte.[4] Porém, em 19 de Julho, foi anunciado que ele substituiria Lyle Beerbohm contra Gesias Cavalcante no Strikeforce: Fedor vs. Henderson.[5] A luta foi muito lá e cá, mas Green perdeu a luta por decisão dividida.

Sua próxima luta foi contra Charon Spain no Strikeforce Challengers: Larkin vs. Rossborough. Green venceu a luta por finalização no segundo round.[6]

Green era esperado para enfrentar Isaac Vallie-Flagg no Strikeforce Challengers: Britt vs. Sayers. Porém, Vallie-Flagg foi forçado à se retirar da luta com uma lesão e foi substituído por J.P. Reese. Ele venceu por finalização no terceiro round.

Em 19 de Maio de 2012, Green enfrentou James Terry no Strikeforce: Barnett vs. Cormier onde venceu por decisão dividida.

Green em seguida enfrentou Matt Ricehouse em 18 de Agosto de 2012 no Strikeforce: Rousey vs. Kaufman e venceu por decisão unânime.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Green enfrentou Jacob Volkmann em 2 de Fevereiro de 2013 no UFC 156.[7] Após uma luta lá e cá nos primeiros dois rounds, Green mostrou um ótimo chão, anulando as tentativas de Volkmann e após um ground and pound, forçando Volkmann a ceder as costas Green finalizou com um mata leão no terceiro round.[8] Sua performance lhe rendeu o prêmio de Finalização da Noite.

Green era esperado para enfrentar Danny Castillo em 27 de Julho de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Moraga, porém uma lesão o tirou do evento.[9]

Greeen derrotou James Krause em 6 de Novembro de 2013 no UFC: Fight for the Troops 3, mas de forma polêmica, após ter acertado dois chutes na região genital de Krause e perder um ponto, Green acertou mais um chute um pouco acima, o árbitro Big John McCarthy entendeu que o chute havia sido ilegal e interrompeu a luta, depois de rever o ocorrido, McCarthy viu que foi um chute legal e deu a vitória para Green por nocaute técnico.

Green substituiu Jamie Varner e enfrentar Pat Healy em 14 de Dezembro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II.[10] Green controlou Healy na distância e com uma movimentação inteligente em pé pelos três rounds e venceu a luta por Decisão Unânime .

Green era esperado para enfrentar Abel Trujillo em 1 de Fevereiro de 2014 no UFC 169. Porém, uma lesão o tirou do evento, sendo substituído por Jamie Varner.[11]

Green era esperado para enfrentar Jim Miller em 26 de Abril de 2014 no UFC 172. Porém, uma lesão o tirou do combate, sendo assim substituído por Yancy Medeiros.

Green era esperado para enfrentar Abel Trujillo em 2 de Agosto de 2014 no UFC 176. No entanto, devido a uma lesão de José Aldo que faria o evento principal, o evento foi cancelado[12] e a luta entre Green e Trujillo movida para o UFC Fight Night: Bader vs. St. Preux em 16 de Agosto.[13] No entanto, devido a lesão de Michael Johnson, Green foi movido para a luta contra Josh Thomson em 26 de Julho de 2014 no UFC on Fox: Lawler vs. Brown. Seu substituto foi o inglês Ross Pearson.[14]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Josh Thomson UFC on Fox: Lawler vs. Brown 26/07/2014 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 22-5 Pat Healy Decisão (unânime) UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II 14/12/2013 3 5:00 Estados Unidos Sacramento, California
Vitória 21-5 James Krause Nocaute Técnico (chute no corpo) UFC: Fight for the Troops 3 06/11/2013 1 3:50 Estados Unidos Fort Campbell, Kentucky
Vitória 20–5 Jacob Volkmann Finalização (mata leão) UFC 156: Aldo vs. Edgar 02/02/2013 3 4:25 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Finalização da Noite; Estréia no UFC
Vitória 19–5 Matt Ricehouse Decisão (unânime) Strikeforce: Rousey vs. Kaufman 18/08/2012 3 5:00 Estados Unidos San Diego, California
Vitória 18–5 James Terry Decisão (dividida) Strikeforce: Barnett vs. Cormier 19/05/2012 3 5:00 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 17–5 J.P. Reese Finalização (mata leão) Strikeforce Challengers: Britt vs. Sayers 18/11/2011 3 2:25 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 16–5 Charon Spain Finalização (triângulo de braço) Strikeforce Challengers: Larkin vs. Rossborough 23/09/2011 2 2:54 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 15–5 Gesias Cavalcante Decisão (dividida) Strikeforce: Fedor vs. Henderson 30/07/2011 3 5:00 Estados Unidos Chicago, Illinois
Vitória 15–4 Dom O'Grady Decisão (unânime) KOTC: Moral Victory 21/04/2011 5 5:00 Estados Unidos Highland, California Ganhou o Título Peso Leve do KOTC.
Derrota 14–4 Tim Means Nocaute Técnico (desistência) KOTC: Inferno 07/10/2010 2 5:00 Estados Unidos Highland, California Perdeu o Título Peso Meio Médio Junior do KOTC
Vitória 14–3 Daron Cruickshank Finalização (guilhotina) KOTC: Imminent Danger 13/08/2010 2 2:39 Estados Unidos Mescalero, New Mexico Defendeu o Título Peso Meio Médio Júnior do KOTC
Vitória 13–3 Ricky Legere Jr. Nocaute Técnico (socos) KOTC: Arrival 25/02/2010 1 4:27 Estados Unidos Highland, California Ganhou o Título Peso Meio Médio Júnior do KOTC
Vitória 12–3 Charles Bennett Nocaute (socos) KOTC: Fight 4 Hope 17/12/2009 1 2:17 Estados Unidos Highland, California
Derrota 11–3 David Mitchell Finalização (toe hold) TPF 2: Brawl in the Hall 03/12/2009 1 0:54 Estados Unidos Lemoore, California Luta nos Meio Médios
Vitória 11–2 Sevak Magakian Nocaute Técnico (socos) Respect in the Cage 2 20/11/2009 1 2:24 Estados Unidos Pomona, California
Vitória 10–2 Jeff Torch Finalização (socos) KOTC: Jolted 03/10/2009 1 1:29 Estados Unidos Laughlin, Nevada
Vitória 9–2 John Ulloa Finalização (chave de braço) KOTC: Immortal 27/02/2009 1 N/A Estados Unidos San Bernardino, California
Derrota 8–2 Dan Lauzon Finalização (mata leão) Affliction: Day of Reckoning 24/01/2009 1 4:55 Estados Unidos Anaheim, California
Vitória 8–1 Toby Grear Nocaute Técnico TFA 11: Pounding at the Pyramid 12/07/2008 2 3:25 Estados Unidos Long Beach, California
Vitória 7–1 Rafael Salomao Nocaute Técnico Warriors Fighting Championship 28/06/2008 1 4:10 México Cidade do México
Vitória 6–1 Israel Giron Nocaute Warriors Fighting Championship 28/06/2008 1 2:47 México Cidade do México
Vitória 5–1 Santiago Manzanares Decisão (dividida) Warriors Fighting Championship 28/06/2008 3 3:00 México Cidade do México
Vitória 4–1 Raymond Ayala Finalização (estrangulamento) Total Fighting Alliance 10 22/03/2008 2 1:59 Estados Unidos Santa Monica, California
Vitória 3–1 Herman Terrado Finalização (guilhotina) COF 11: No Mercy 08/03/2008 3 1:28 México Tijuana
Derrota 2–1 Josh Gaskins Decisão (unânime) Valor Fighting: Fight Night 07/03/2008 3 3:00 Estados Unidos Tustin, California
Vitória 2–0 Enrique Briones Finalização (guilhotina) UCM 5 - Deadly Zone 23/02/2008 1 0:48 México Tijuana
Vitória 1–0 Neal Abrams Nocaute Técnico Total Fighting Alliance 9 19/01/2008 3 1:12 Estados Unidos Santa Monica, California

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.mtv.com/shows/bully_beatdown/season_3/cast_member.jhtml?personalityId=14510
  2. http://www.sherdog.com/news/articles/6/StrikeforceM-1-Fedor-vs-Henderson-Preview-34220
  3. http://mmarecap.com/news/King_Of_The_Cage_Arrival_Results_And_Recap-1073%7CKOTC
  4. http://mmajunkie.com/news/24394/milton-vieira-vs-bobby-green-targeted-for-strikeforce-challengers-18.mma
  5. http://www.addictedmma.com/story-News_3777_Lyle-Beerbohm-No-Longer-On-Strikeforce-Fedor-vs-.php
  6. http://mmajunkie.com/news/25414/strikeforce-challengers-19-medical-suspensions-five-fighters-face-long-layoffs.mma
  7. http://www.mmajunkie.com/news/2012/12/strikeforce-lightweight-bobby-green-meets-jacob-volkmann-at-ufc-156
  8. http://sportv.globo.com/site/eventos/combate/noticia/2013/02/vindo-do-strikeforce-bobby-green-estreia-finalizando-jacob-volkmann.html
  9. http://www.mmajunkie.com/news/2013/07/tim-means-replaces-bobby-green-faces-danny-castillo-at-ufc-on-fox-8
  10. Bobby Green replaces Jamie Varner, meets Pat Healy at UFC on FOX 9 (em Inglês). mmajunkie.com (12 de Novembro de 2013).
  11. Abel Trujillo gets new opponent for UFC 169 main card (em Inglês). mmajunkie.com (31 de Dezembro de 2013).
  12. Sem opções para substituir José Aldo x Chad Mendes, UFC 176 é adiado. combate.com (8 de Julho de 2014).
  13. With UFC 176 scrapped, Green-Trujillo, Formiga-Makovsky go to UFC Fight Night 47. mmajunkie.com (8 de Julho de 2014).
  14. Bobby Green faces Josh Thomson, Abel Trujillo now awaits new matchup. mmajunkie.com (11 de Julho de 2014).