Brain Salad Surgery

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brain Salad Surgery
Álbum de estúdio de Emerson, Lake & Palmer
Lançamento 19 de novembro de 1973
Gravação 1973
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 44:59
Gravadora(s) Manticore Records
Produção Greg Lake
Cronologia de Emerson, Lake & Palmer
Último
Último
Trilogy
(1972)
Welcome Back My Friends to the Show That Never Ends
(1974)
Próximo
Próximo


Brain Salad Surgery é o quarto álbum de estúdio da banda britânica de rock progressivo Emerson, Lake & Palmer, lançado em 1973 e primeiro pela gravadora Manticore Records.

A faixa mais conhecida é "Karn Evil 9 - 1st Impression, Part 2" (famosa pelo bordão Welcome back my friends to the show that never ends...). "Karn Evil 9" como um todo teve que ser originalmente dividida nos lados A e B do álbum. O CD estadunidense também dividia a faixa, mas lançamentos posteriores apresentavam a obra em uma só faixa.

O álbum continha o que de mais avançado existia em instrumentos musicais eletrônicos até então. Keith Emerson foi o primeiro e único músico a utilizar o protótipo Moog Constelation desenvolvido pela Moog Music Inc, apresentando pela primeira vez um sintetizador polifônico. Nos créditos do álbum, o aparato é descrito como Moog polyphonic ensemble, e pode ser mais claramente ouvido nas faixas Benny The Bouncer e Karn Evil 9: 3rd Impression. O protótipo foi entregue por Emerson de volta à Moog Music após o final das turnês deste álbum, e não foram produzidas outras unidades.[1]

Na faixa instrumental "Toccata", baseada no primeiro concerto para piano de Alberto Ginastera, efeitos especiais de sintetizador foram produzidos não por Keith Emerson mas por Carl Palmer, usando a técnica recém desenvolvida de sintetizadores de bateria. Ginastera aparentemente não ligou para a utilização de sua obra pela banda, nem cobrou seus direitos autorais. Pelo contrário, o compositor gostou da nova versão.

As letras foram co-escritas por Greg Lake e seu companheiro e ex-membro do King Crimson Peter Sinfield.

A capa do álbum foi desenhada por H. R. Giger, que também criou Alien.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Jerusalem" (William Blake, Hubert Parry como adaptado por Keith Emerson, Greg Lake e Carl Palmer) – 2:44
  2. "Toccata" Adaptação do primeiro concerto para piano de Ginastera (Alberto Ginastera, arranjos por Emerson) – 7:22
  3. "Still...You Turn Me On" (Lake) – 2:53
  4. "Benny the Bouncer" (Emerson, Lake e Peter Sinfield) – 2:21
  5. "Karn Evil 9" (Emerson, Lake, Sinfield) – 29:54
    • "Karn Evil 9: 1st Impression, Pt. 1" (Emerson, Lake, Sinfield) – 8:43
    • "Karn Evil 9: 1st Impression, Pt. 2" (Emerson, Lake) – 4:46
    • "Karn Evil 9: 2nd Impression" (Emerson, Lake) – 7:07
    • "Karn Evil 9: 3rd Impression" (Emerson, Lake) – 9:03
  6. "The Making of Brain Salad Surgery" (somente no lançamento de 1996 pela Rhino Records)

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Gravações adicionais[editar | editar código-fonte]

Duas canções gravadas durante as sessões de Brain Salad Surgery não foram incluídas no álbum:

  • A instrumental "When the Apple Blossoms Bloom in the Windmills of Your Mind I'll Be Your Valentine", que acabou aparecendo no lado B do single de "Jerusalem"
  • A canção "Brain Salad Surgery", que surpreedemente não apareceu no álbum de mesmo nome, mas foi lançada em um flexi-disc promocional com trechos do álbum e também no lado B do single de "Fanfare for the Common Man"

Ambas as canções também foram incluídas na compilação Works Volume II.

Recepção e crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[2]

Na crítica do Allmusic.com, o álbum é considerado o mais ambicioso e bem-sucedido da banda[2] .

Referências

  1. Moog Constelation.
  2. a b Eder, Bruce. Emerson, Lake & Palmer: Brain Salad Surgery > Review (em inglês) no Allmusic. Acessado em 21 Junho 2011.