Canal de televisão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde julho de 2012).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Canal de televisão e tipos de emissoras, numa definição técnica, é uma faixa do espectro de radiofrequência com largura definida (No Brasil, ocupa 6 MHz) a ser utilizado para difusão de sinais de sons e imagens que são captados por Televisores. Há 12 canais na faixa de VHF (2 a 13) e 69 na faixa de UHF (14 a 83). Há também os canais em microondas (SHF) e os de satélite, de frequência muito mais alta e que requerem receptores especiais. Estes receptores normalmente entregam o sinal para o televisor em um canal de VHF.

VHF[editar | editar código-fonte]

Os canais de VHF regulamentados no Brasil são os seguintes:

Canal - faixa (MHz)
  • 2 - 54 a 60
  • 3 - 60 a 66
  • 4 - 66 a 72
  • 5 - 76 a 82
  • 6 - 82 a 88
  • 7 - 174 a 180
Canal - faixa (MHz)
  • 8 - 180 a 186
  • 9 - 186 a 192
  • 10 - 192 a 198
  • 11 - 198 a 204
  • 12 - 204 a 210
  • 13 - 210 a 216

UHF[editar | editar código-fonte]

Em UHF os 69 canais ocupam as faixas de 470 MHz a 890 MHz.

Canal - faixa (MHz)
  • 14 - 470 MHz a 476 MHz
  • 15 - 476 MHz a 482 MHz
  • 16 - 482 MHz a 488 MHz
  • 17 - 488 MHz a 494 MHz
  • 18 - 494 MHz a 500 MHz
  • 19 - 500 MHz a 506 MHz
  • 20 - 506 MHz a 512 MHz
  • 21 - 512 MHz a 518 MHz
  • 22 - 518 MHz a 524 MHz
  • 23 - 524 MHz a 530 MHz
  • 24 - 530 MHz a 536 MHz
  • 25 - 536 MHz a 542 MHz
  • 26 - 542 MHz a 548 MHz
  • 27 - 548 MHz a 554 MHz
  • 28 - 554 MHz a 560 MHz
  • 29 - 560 MHz a 566 MHz
  • 30 - 566 MHz a 572 MHz
  • 31 - 572 MHz a 578 MHz
  • 32 - 578 MHz a 584 MHz
  • 33 - 584 MHz a 590 MHz
  • 34 - 590 MHz a 596 MHz
  • 35 - 596 MHz a 602 MHz
  • 36 - 602 MHz a 608 MHz
  • 37 - 608 MHz a 614 MHz - Não utilizado para TV - Reservado para radioastronomia;
  • 38 - 614 MHz a 620 MHz
  • 39 - 620 MHz a 626 MHz
  • 40 - 626 MHz a 632 MHz
  • 41 - 632 MHz a 638 MHz
Canal - faixa (MHz)
  • 42 - 638 MHz a 644 MHz
  • 43 - 644 MHz a 650 MHz
  • 44 - 650 MHz a 656 MHz
  • 45 - 656 MHz a 662 MHz
  • 46 - 662 MHz a 668 MHz
  • 47 - 668 MHz a 674 MHz
  • 48 - 674 MHz a 680 MHz
  • 49 - 680 MHz a 686 MHz
  • 50 - 686 MHz a 692 MHz
  • 51 - 692 MHz a 698 MHz
  • 52 - 698 MHz a 704 MHz
  • 53 - 704 MHz a 710 MHz
  • 54 - 710 MHz a 716 MHz
  • 55 - 716 MHz a 722 MHz
  • 56 - 722 MHz a 728 MHz
  • 57 - 728 MHz a 734 MHz
  • 58 - 734 MHz a 740 MHz
  • 59 - 740 MHz a 746 MHz
  • 60 - 746 MHz a 752 MHz
  • 61 - 752 MHz a 758 MHz
  • 62 - 758 MHz a 764 MHz
  • 63 - 764 MHz a 770 MHz
  • 64 - 770 MHz a 776 MHz
  • 65 - 776 MHz a 782 MHz
  • 66 - 782 MHz a 788 MHz
  • 67 - 788 MHz a 794 MHz
  • 68 - 794 MHz a 800 MHz
  • 69 - 800 MHz a 806 MHz
  • Nota: os canais 70 a 83, no Brasil, não são utilizados para serviço de televisão, por serem reservados ao serviço de telefonia móvel celular.

Tipos de canal de televisão no Brasil[editar | editar código-fonte]

Emissora[editar | editar código-fonte]

Emissora é um local de onde instalando um transmissor e antena pode-se gerar sons e imagens por emissão de radiofrequência. Também onde fica a geradora de determinado canal de TV, que abriga estúdios e equipamentos necessários ao seu funcionamento. A alguns tipos de emissoras exibidoras são elas:

Emissora geradora[editar | editar código-fonte]

É a emissora que gera conteúdo para todo o país, por meio de antenas uhf/vhf, por parabólicas e tv a cabo.

Emissora filial[editar | editar código-fonte]

É a emissora que faz parte do grupo da geradora, mas que gera conteúdo regional para determinada cidade e região.

Emissora afiliada[editar | editar código-fonte]

Como a filial, a afiliada tem o intuito de transmitir conteúdo local e retransmitir o nacional através da cidade sede para toda região.

Estação Retransmissora / Repetidora[editar | editar código-fonte]

Assim como uma emissora, essas também são dotadas de transmissor e antena, mas não geram conteúdo, apenas retransmitem imagens e sons para determinada localidade onde estão instaladas, geralmente com o intuito de expandir a cobertura de uma emissora. O sinal a ser retransmitido pode ser enviado a estação retransmissora por rede de micro-ondas, enlaces de VHF/UHF ou por satélite, neste caso sendo recebido pela instalação de antenas parabólicas.

Emissora Sucursal[editar | editar código-fonte]

Tem a finalidade de retransmitir o conteúdo de determinada emissora, mas também mostrar conteúdo local, como links e entrevistas ao vivo. Esse tipo de emissora se baseia em uma filial.

Emissora Microgeradora[editar | editar código-fonte]

Segundo lei federal brasileira, todas as estações retransmissoras situadas dentro da Amazônia Legal podem inserir publicidade local e não somente o conteúdo de sua geradora, transformando-se em microgeradora.[1]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.