Clojure

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Clojure
Clojure-glyph.svg
Paradigma funcional
Surgido em 2007
Criado por Rich Hickey
Estilo de tipagem: forte, dinâmica
Compiladores JVM, CLR
Dialetos: Lisp, Scheme, Common Lisp
Influenciada por Lisp, Prolog, ML, Haskell, Erlang
Licença: Eclipse Public License

Clojure, na informática, é uma variante moderna de Lisp, desenvolvida por Rich Hickey. Clojure roda sobre a Java Virtual Machine (JVM).

Introdução[editar | editar código-fonte]

Clojure é um dialeto moderno da linguagem de programação Lisp, Scheme e Common Lisp e roda na Java Virtual Machine ou CLR (Common Language Runtime). É um paradigma de linguagem de programação funcional. Como a linguagem Lisp, a sintaxe Clojure é construída em S-expressions.

Rich Hickey desenvolveu Clojure porque queria um Lisp moderno em programação funcional, que tivesse simbiótica a plataforma Java e concebido para multiconcorrência. Esta concorrência é caracteriza pelo conceito de identidades, que representam uma série de estados imutáveis ao longo do tempo e, tendo os valores imutáveis, qualquer número pode trabalhar em paralelo. Clojure fornece vários tipos de referência mutáveis para transição entre estados.

Característica da Linguagem[editar | editar código-fonte]

  • Uma linguagem compilada produzindo um bytecode JVM
  • Desenvolvimento dinâmico
  • Ênfase na recursividade
  • Concorrência

Exemplos de código[editar | editar código-fonte]

(println "Olá, Mundo!")

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikilivros Livros e manuais no Wikilivros
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.