Conrad Hall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conrad Hall
Nome completo Conrad Lafcadio Hall
Nascimento 21 de junho de 1926
Papeete, Taiti,
Polinésia Francesa
Morte 4 de janeiro de 2003 (76 anos)
Santa Mônica, Califórnia,
 Estados Unidos
Ocupação Diretor de Fotografia
Cônjuge Katharine Ross (1969-1975)
Virginia Schwartz
Susan Kowarsh-Hall
Oscares da Academia
Melhor Fotografia
1970 – Butch Cassidy and the Sundance Kid
2000 – American Beauty
2003 – Road to Perdition
BAFTA
Melhor Fotografia
1971 – Butch Cassidy and the Sundance Kid
2000 – American Beauty
2003 – Road to Perdition
IMDb: (inglês)

Conrad Lafcadio Hall (21 de junho de 1926 – 4 de janeiro de 2003) foi um diretor de fotografia estadunidense. Ele é mais conhecido por fotografar filmes como Cool Hand Luke (1967), Butch Cassidy and the Sundance Kid (1969), American Beauty (1999) e Road to Perdition (2002). Por seu trabalho, ele ganhou inúmeros prêmios, incluindo três Oscars.

Em 2003, Hall foi eleito um dos dez mais influentes cinematógrafos em uma pesquisa realizada com os membros do Sindicato Internacional de Cinematógrafos.[1]

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Hall nasceu em Papeete, Polinésia Francesa, em 1926. Ele estudou na Universidade do Sul da Califórnia, querendo estudar jornalismo, porém indo estudar cinema, se formando em 1949. Ele trabalhou em documentários, televisão e pequenos filmes, e como operador de câmera antes de se tornar um diretor de fotografia para os grandes estúdios na metade da década de 1960.

Hall venceu três vezes o Oscar de Melhor Fotografia pelos filmes Butch Cassidy and the Sundance Kid, American Beauty e Road to Perdition, o último postumamemnte. O espaço de 33 anos entre seu primeiro e último prêmio é um recorde da categoria.

Além disso, Hall foi indicado em Morituri (1965), The Professionals (1966), In Cold Blood (1967), The Day of the Locust (1975), Tequila Sunrise (1988), Searching for Bobby Fischer (1993) e A Civil Action (1998).

Morte[editar | editar código-fonte]

Hall morreu em 4 de janeiro de 2003 de complicações de seu câncer de bexiga no Hospital de Santa Monica.[2] Seu Oscar por Road to Perdition, que foi dedicado a ele, foi póstumo e entregue a seu filho, o também diretor de fotografia, Conrad W. Hall.

Hall foi, e até hoje é, referido por seus amigos e familiares como "Connie".

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fischer, Bob (16 de outubro de 2003). Top 10 Most Influential Cinematographers Voted on by Camera Guild The Free Library.
  2. Susman, Gary (6 de janeiro de 2003). Goodbye Entertainment Weekly.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]