Constança de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Constança de França (1078 - c.1124 ou 14 de Setembro de 1226) era filha do rei Filipe I de França com Berta da Holanda e foi a consorte do soberano cruzado Boemundo I, primeiro príncipe de Antioquia.

A sua mãe foi repudiada pelo pai devido a Bertranda de Monforte, o que causou um conflito com a Igreja que levou à excomunhão do rei e à proclamação de interdictos (o equivalente à excomunhão, aplicada a um território) sobre o reino da França.

Casou-se em primeiras núpcias, em 1093-1095, com o conde Hugo I de Champagne, Troyes e Blois, mas separou-se dele em 25 de Dezembro de 1104, talvez devido a Huggo ter outra relação. Em 1106, Boemundo I de Antioquia veio solicitar reforços para o seu principado de Antioquia, seduzindo a corte e a princesa francesas. Do seu casamento com este, em Chartres, a c.25 de Março-26 de Maio de 1106, nasceu Boemundo II de Antioquia.

Aquando da morte do seu segundo marido, tornou-se regente do seu filho nos seus territórios da Itália. Aprisionada em Bari pelo senhor dessa cidade, Grimoaldo Alferanites, foi libertada em 1120 com a intervenção do conde Rogério II da Sicília, depois de concordar em renunciar ao domínio sobre esta cidade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.