Blois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Blois
—  Comuna francesa França  —
Ponte sobre o Loire em Blois.
Ponte sobre o Loire em Blois.
Brasão de armas de Blois
Brasão de armas
Blois está localizado em: França
Blois
Localização de Blois na França
47° 35' N 1° 20' E
País  França
Região Blason-fr-en-Region-Centre.svg Centro
Departamento Blason département fr Loir-et-Cher.svg Loir-et-Cher
Área
 - Total 37,45 km²
Altitude 73 m (240 pés)
Altitude máxima 135 m (443 pés)
Altitude mínima 63 m (207 pés)
População (2010)[1]
 - Total 46 492
    • Densidade 1 241,4/km2 
Gentílico: Blésois
Código Postal 41000
Código INSEE 41018
Sítio http://www.ville-blois.fr

Blois é uma comuna francesa na região administrativa do Centro, no departamento Loir-et-Cher. Estende-se por uma área de 37,45 km², com 49 318 habitantes, segundo os censos de 1999, com uma densidade 1317 hab/km².

Geografia[editar | editar código-fonte]

Blois situa-se às margens do Loire, a meio caminho entre Tours e Orléans. Estendendo-se às duas margens do último rio selvagem da Europa, ela delimita e une a pequena Beauce (margem direita/norte) e a Sologne (margem esquerda/sul).

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A etimologia do nome Blois é obscura. Autores do Século XIX derivam Blois do bretão-celta bleiz (o lobo),[2] apoiados pelo fato de que importantes colônias bretãs se tenha instalado ao longo do vale do Loire a partir do estuário no final do Baixo-Império (século V).

A primeira forma atestada data do século VI e é indireta. Ela faz referência ao "habitantes de Blois" sob termo blesenses. No século VII, Blois é designada por blesis ou blezis. Moedas do período Merovíngio indicam bleso castro, enquanto que na época carolíngia designa-se Blois por blesum castrum ou castrum blesense (a fortaleza de Blois).

A evolução lingüística do Latim blesum resulta regularmente em francês a bleis, blais, e depois Blois.

História[editar | editar código-fonte]

As grandes obras de urbanização iniciadas em 1959 permitiram a descoberta de vestígios atestando a presença de um habitat no final da independência gaulesa e de um centro urbano durante a época galo-romana. Nessa época, a cidade situava-se no caminho que ligava Chartres a Bourges.[3]

Blois aparece pela primeira vez em 410, quando foi conquistada pelo chefe bretão Iuomadus, que dali expulsou o "cônsul" Odo, provavelmente de origem germânica. Ele funda ali um Estado autônomo ou semi-autônomo que se manterá até a tomada da cidade por Clóvis em 491.[4]

Em 851, Blois é pilhada pelo chefe viking Hasting.[5] Uma outra fonte indica que a cidade foi pilhada duas vezes em 854, e depois por volta de 856-857.[6]

Em 1171, Blois foi uma das primeiras cidades da Europa a acusar os judeus de crimes rituais, em conseqüência do desaparecimento inexplicado de uma criança cristã. Entre 30 e 35 judeus (em uma comunidade de cerca de 130 pessoas) foram queimados vivos em 26 de maio de 1171.[7]

Na Idade Média, Blois foi a sede de um condado cuja dinastia possuía igualmente o condado de Champagne antes de ascender ao trono de Navarra. Charles de Blois foi um candidato sem sucesso ao ducado da Bretanha e foi beatificado.

Em 4 de julho de 1562, como Beaugency, Blois foi tomada e pilhada, mas pelos católicos do marechal de Saint-André, e, da mesma maneira que em Beaugency, as mulheres foram estupradas.

Em 7 de fevereiro de 1568, os protestantes do capitão Boucard pilham e incendeiam a cidade, estuprando e matando os católicos. Os franciscanos são atirados nos poços de seus conventos. As igrejas são arruinadas.[8]

Em 1588-1589, a Assembléia dos Estados Gerais se reúne em Blois. Em 23 e 24 de dezembro de 1588, Henrique III manda assassinar o duque de Guise em seu castelo de Blois.

Após a mudança dos reis para Paris, Blois perdeu seu estatuto de residência real, junto com o fasto e a atividade econômica que acompanhavam a corte. Henrique IV também transferiu para Fontainebleau a rica biblioteca de Blois.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Blois

Referências

  1. Populations légales des communes en vigueur au 1er janvier 2013 (em francês) www.insee.fr. INSEE (dezembro de 2012). Página visitada em 3 de abril de 2013.
  2. Imago Mundi - Blois
  3. Sous la direction de Yves Denis. Histoire de Blois et de sa région. Toulouse: Privat, 188, ISBN 2-7089-8258-3, p18-p19
  4. Léon Fleuriot. Les Origines de la Bretagne. Paris : Payot, 1980, ISBN 2-228-12711-6
  5. Michel Dillange. Les Comtes de Poitou Ducs d'Aquitaine (778-1204). La Crèche : Geste éditions, 1995. ISBN 2-910919-09-9, p 56
  6. Sous la direction de Yves Denis. Histoire de Blois et de sa région. Toulouse : Privat, 188, ISBN 2-7089-8258-3, p34
  7. Sous la direction de Yves Denis. Histoire de Blois et de sa région. Toulouse : Privat, 188, ISBN 2-7089-8258-3, p40
  8. Bruno Guignard. Blois de A à Z. Alan Sutton. 2007. ISBN 978-284910-621-1
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.