Bertranda de Monforte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bertranda de Monforte
Bertranda e Filipe
Rainha dos Francos
Reinado 1092–1108
Predecessor Berta da Holanda
Sucessor Adelaide de Saboia
Cônjuge Fulque IV, conde de Anjou
Filipe I de França
Descendência
Fulque de Jerusalém
Cecília, condessa de Tripoli
Casa Casa de Montfort(por nascimento)
Casa de Capeto(por casamento)
Pai Simão I de Montfort
Mãe Inês, condessa de Évreux
Nascimento c. 1070
Morte c. 1117
Religião Cristianismo

Bertranda de Monforte (ca. 1070 — ca. 1117) foi rainha consorte de França, casada com Filipe I de França. Filha de Simão I de Montfort e de Inês de Évreux.

Casou em primeiras núpcias com Fulque IV, conde de Anjou que, fascinado pela sua beleza em 1089, terá abandonado a esposa para se casar com Bertranda. Juntos tiveram um filho e herdeiro, Fulque V, que participaria das cruzadas, seria rei de Jerusalém e avô do primeiro rei plantageneta inglês, Henrique II da Inglaterra.

Mas em 1092 a sua beleza célebre atraiu também a atenção do rei Filipe I de França, que repudiou a sua esposa Berta da Holanda para raptar Bertranda. O seu casamento realizou-se a 27 de Maio desse mesmo ano, apesar de ambos ainda terem esposos vivos, o que criou um conflito entre o rei e o papado até cerca de 1104. Desta união nasceram:

Abadia de Fontevraud, onde Bertranda passou os últimos anos da sua vida

Estes acontecimentos tiveram a oposição do bispo Ivo de Chartres. A 16 de Outubro de 1094, o concílio de 32 bispos em Autun pronunciou a excomunhão do rei. Chegado a França para retomar a reforma gregoriana e excomungar novamente o rei, a 27 de Novembro de 1095 o papa Urbano II pregou a Primeira cruzada no concílio de Clermont. Declarado anátema, Filipe não participou das cruzadas, apesar de o seu irmão Hugo I de Vermandois ter sido um dos principais intervenientes, juntamente com Raimundo IV de Toulouse.

Quando Filipe morreu em 1108, Bertranda tentou, sem sucesso, fazer um filho de ambos subir ao trono, em oposição ao herdeiro legítimo, Luís VI de França, filho de Berta da Holanda. De acordo com o cronista Orderic Vitalis, Bertranda teria enviado uma carta a Henrique I da Inglaterra para lhe pedir que prendesse Luís. Também teria tentado matar este, primeiro por artes da bruxaria, e depois por envenenamento. Verdade ou não, Luís herdou o trono e, segundo Guilherme de Malmesbury, Bertranda de Monforte era ainda jovem e bela quando tomou o véu na abadia de Fontevraud, onde faleceria a cerca de 1117.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Precedida por:
Berta da Holanda
Armas da dinastia capetiana
Rainha de França

1092 — 1108
Sucedida por:
Adelaide de Saboia


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bertranda de Monforte