Dinastia Plantageneta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Plantageneta
Armorial de Plantageneta
País:
Títulos:
Fundador: Godofredo V de Anjou
Último soberano: Ricardo III de Inglaterra
Ano de fundação: 1126
Ano de dissolução: 1485
Linhagem secundária: Dinastia de Lencastre e dinastia de Iorque

Plantageneta é o sobrenome de um conjunto de monarcas britânicos, conhecidos como dinastia Plantageneta ou Angevina (de Anjou), que reinaram em Inglaterra entre 1154 e 1399. O nome tem na sua origem a giesta (plant genêt em língua francesa), que o fundador da casa Godofredo V de Anjou escolheu para símbolo pessoal.

Os Plantagenetas são originários do Condado de Anjou, actualmente parte de França, e chegam ao poder em Inglaterra através do casamento de Godofredo ou Godofredo V de Anjou, fundador da dinastia, com Matilde de Inglaterra, a herdeira de Henrique I. O primeiro rei Plantageneta foi Henrique II, filho de ambos. A dinastia Plantageneta é um ramo da dinastia de Anjou, à qual Godofredo pertencia.

Além da Inglaterra e de suas possessões francesas, os plantagenetas ascenderam ao trono da Sicília no século XII e adquiriram domínios no mediterrâneo oriental, participando de ações militares no âmbito das Cruzadas. Desse conjunto de territórios sob posse de uma mesma dinastia advém o termo Império Angevino.

O fim da dinastia Plantageneta é considerado pelos historiadores ingleses como ocorrido em 1485, mas o ramo direto se extinguiu com a deposição de Ricardo II em 1399, quando a Inglaterra passou a ser governada por um ramo secundário da Dinastia Plantageneta, a dinastia de Lencastre, que governaria o reino até 1471, quando a dinastia de Iorque, outro ramo Plantageneta, assumiu o poder no contexto da Guerra das Duas Rosas. Esta por sua vez seria tirada do poder pela dinastia Tudor em 1485, ano que marcou o fim da dinastia Plantageneta.

Outros membros da dinastia[editar | editar código-fonte]