Eduardo, o Príncipe Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Eduardo
Príncipe de Gales e Príncipe da Aquitânia
Esposa Joana de Kent
Descendência
Eduardo de Angoulême
Ricardo II de Inglaterra
Casa Plantageneta
Pai Eduardo III de Inglaterra
Mãe Filipa de Hainault
Nascimento 15 de junho de 1330
Palácio de Woodstock, Woodstock, Oxfordshire, Inglaterra
Morte 8 de junho de 1376 (45 anos)
Palácio de Westminster, Londres, Inglaterra
Enterro Catedral da Cantuária, Cantuária, Kent, Inglaterra

Eduardo de Woodstock, Príncipe de Gales (Woodstock, 15 de junho de 1330Londres, 8 de junho de 1376), conhecido na história como o Príncipe Negro, foi o filho mais velho e herdeiro do rei Eduardo III de Inglaterra. Eduardo tornou-se Duque da Cornualha em 1337, Príncipe de Gales em 1343 e da Aquitânia em 1362.

Desde cedo provou ser dotado para a guerra, mostrando a sua coragem com apenas 16 anos, na Batalha de Crécy, onde liderou um dos corpos de infantaria que resistiram à carga da cavalaria pesada francesa. Mais tarde, usando as inovações militares que desequilibraram a Guerra dos Cem Anos a favor de Inglaterra, como a utilização dos arqueiros ingleses e galeses armados de arcos longos de madeira de teixo, Eduardo manteve seguras as posições conquistadas em França, enquanto o seu pai se encarregava da frente escocesa. Após o sucesso da batalha de Poitiers, Eduardo regressa a Inglaterra.

A relação com o pai foi de confiança e respeito mútuos até 1361, data do casamento de Eduardo com Joana de Kent, sua prima direita e viúva. Esta união de amor, totalmente despropositada para a época, contrariou os planos diplomáticos de Eduardo III. Eduardo foi então nomeado Duque da Aquitânia e enviado para o continente para governar esta província. Durante a sua estadia, envolveu-se nos conflitos internos de Castela que acabaram por o arruinar financeiramente. O regresso a Inglaterra esteve longe de ser glorioso. Com a saúde e as finanças num estado débil, nunca mais se envolveu em campanhas militares. Eduardo morreu em junho de 1376 (um ano antes do seu pai) e encontra-se sepultado na Catedral da Cantuária.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eduardo, o Príncipe Negro


Eduardo de Woodstock, o Príncipe Negro
Casa de Plantageneta
15 de junho de 1330 – 8 de junho de 1376
Precedido por
Eduardo II
Coat of Arms of the Prince of Wales (Ancient).svg
Príncipe de Gales
12 de maio de 1343 – 8 de junho de 1376
Sucedido por
Ricardo II


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.