Henrique V de Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Henrique V
Rei da Inglaterra e Lorde da Irlanda
Herdeiro e Regente da França
Rei da Inglaterra
Reinado 21 de março de 1413
a 31 de agosto de 1422
Coroação 9 de abril de 1413
Predecessor Henrique IV
Sucessor Henrique VI
Esposa Catarina de Valois
Descendência
Henrique VI de Inglaterra
Casa Lencastre
Pai Henrique IV de Inglaterra
Mãe Maria de Bohun
Nascimento 16 de setembro de 1386
Monmouth, Principado de Gales
Morte 31 de agosto de 1422 (35 anos)
Castelo de Vincennes, Vincennes, França
Enterro Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra

Henrique V (Monmouth, 16 de setembro de 1386Vincennes, 31 de agosto de 1422), foi rei de Inglaterra entre 1413 e 1422. Fez parte da dinastia de Lencastre e era filho do rei Henrique IV e Maria de Bohun.

Henrique de Monmouth (assim conhecido por ter nascido no castelo de Gales com o mesmo nome) foi criado longe da corte, uma vez que não era descendente de um pretendente à coroa. Em 1399, o seu pai revoltou-se contra o primo Ricardo II de Inglaterra, acabando por depô-lo e subir ao trono. Esta mudança conferiu um novo estatuto a Henrique, agora herdeiro da coroa e como tal Duque da Cornualha e Príncipe de Gales. Estes títulos não eram só nominais. Henrique encarregou-se desde muito cedo da administração de Gales e em 1403, com apenas 16 anos, liderou os ingleses na batalha de Shrewsbury, que pôs fim à revolta organizada por Henry Percy. Apesar de seriamente ferido em batalha, Henrique sobreviveu e continuou no terreno, lutando até 1408 contra Owain Glyndwr, outro rebelde galês. A partir de 1410, Henrique assumiu o controle da administração, devido ao estado de saúde do pai, cada vez mais débil.

Finalmente em 20 de março de 1413, Henrique de Monmouth sucede a seu pai como Henrique V. As suas primeiras medidas foram no sentido de pacificar os conflitos internos derivados da violenta subida ao poder do seu pai. Foram emitidas amnistias e reinstituídos como herdeiros os filhos de homens que se opuseram a Henrique IV e morreram por isso. Livre de pressões internas, Henrique dedicou-se à política externa, nomeadamente à sua pretensão à coroa de França e à resolução da guerra dos cem anos que durava já desde 1337. A campanha de 1415 foi marcada pelo sucesso da batalha de Azincourt (25 de outubro), onde as suas reduzidas tropas derrotaram o grosso do exército francês e dos seus aliados. Em 1417, Henrique renova as hostilidades e conquista a Normandia, enquanto os franceses se encontravam divididos pelas disputas entre Armagnacs e borgonheses. Ruão cai em janeiro de 1419 e em agosto Henrique acampa com o seu exército sob as muralhas de Paris. Em setembro João o Temerário, Duque da Borgonha é assassinado e a capital perde qualquer esperança de salvamento. Depois de seis longos meses de negociações, Henrique é declarado herdeiro e regente de França pelo tratado de Troyes e casa com a princesa Catarina de Valois a 2 de junho de 1420.

Tudo parecia apontar para a união pessoal com a França e Henrique retirou-se, no auge do seu poder, para Inglaterra. A visita a casa durou pouco tempo. Em 1421, o seu irmão Tomás, Duque de Clarence, morreu na batalha de Baugé e obrigou Henrique a regressar ao teatro de operações. O inverno passado em campanha, no cerco de Meaux, enfraqueceu-lhe a saúde e o rei acabou por morrer de disenteria em agosto de 1422. O corpo foi transladado para Londres e encontra-se sepultado na Abadia de Westminster.

Henrique V foi sucedido pelo filho homónimo, então um bebé de oito meses, longe de representar o líder forte que se desejava para manter os princípios do tratado de Troyes. Assim, quando Carlos VI de França morreu poucos meses depois, o seu filho ficou à vontade para ignorar os acordos e, apesar de deserdado, reclamar a coroa francesa. Só em 1801 os reis ingleses abdicaram dessa pretensão.


Henrique V de Inglaterra
Casa de Lencastre
Ramo da Casa de Plantageneta
16 de setembro de 1387 – 31 de agosto de 1422
Precedido por
Henrique IV
Coat of Arms of Henry IV & V of England (1413-1422).svg
Rei da Inglaterra e Lorde da Irlanda
21 de março de 1413 – 31 de agosto de 1422
Sucedido por
Henrique VI
Duque da Aquitânia
1400 – 31 de agosto de 1422
Precedido por
Ricardo II
Coat of Arms of the Prince of Wales (Modern).svg
Príncipe de Gales
15 de outubro de 1399 – 21 de março de 1413
Sucedido por
Eduardo de Westminster